guilherme_boulos (1)

| Comente agora

Leonardo Sakamoto, em seu blog, critica representantes do PSDB e do DEM que entram semana passada com representações junto ao Ministério Público Federal pedindo a investigação de Guilherme Boulos, líder do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST); segundo o blogueiro, soa hipócrita essa tentativa de criminalizar o ícone da ‘Frente Povo Sem Medo’ num ambiente em que a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) resiste ao governo federal gastando milhões de reais [diga-se públicos] para ocupar, na forma de anúncios, espaços nobres nos principais jornais e portais a fim de clamar pelo impeachment, além de produzir e distribuir um exército de patos de borracha amarelos pelo país; “… a narrativa para a criminalização de movimentos sociais tem sido anabolizada na mídia, nas redes sociais, nos espaços políticos”, anota o blogueiro, que ainda testemunha: “Guilherme Boulos é liderança do principal movimento social de massa deste país em termos de centralidade da pauta, capacidade de mobilização e visão de atuação hoje.”; Sakamoto vê surgimento do macarthismo à brasileira, que visa limpeza ideológica no país – um perigo para a democracia, portanto”.

Deixe uma resposta

Preenchimento obrigatório *.