Blog do Esmael

A política como ela é em tempo real.

77% querem Cunha fora da Câmara, diz Datafolha

Pesquisa que mostra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) liderando a disputa de 2018, também revela neste domingo (10) que 77% dos brasileiros são favoráveis à cassação do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ); segundo números do Datafolha, os que querem Cunha fora da Câmara são próximos daqueles divulgados em março, quando o mesmo instituto revelou que 80% eram favoráveis à cassação. Em dezembro, esse índice era de 82%; levantamento ainda captou, paralelamente, crescimento de Lula na corrida pela Presidência, definhamento dos possíveis tucanos que estarão na peleja eleitoral -- Aécio Neves, Geraldo Alckmin e José Serra -- e da própria ex-senadora Marina Silva (Rede); sondagem ganha importância nesta semana decisiva de desenrolar do impeachment na Câmara, pois parlamentares de todos os partidos agem sempre ‘com um olho no peixe e outro no gato’, ou seja, veem a crescente dificuldade da oposição angariar 342 votos necessários – dois terços – para aprovar o afastamento da presidente Dilma Rousseff, por isso flertam com cargos e um futuro com Lula.

Pesquisa que mostra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) liderando a disputa de 2018, também revela neste domingo (10) que 77% dos brasileiros são favoráveis à cassação do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ); segundo números do Datafolha, os que querem Cunha fora da Câmara são próximos daqueles divulgados em março, quando o mesmo instituto revelou que 80% eram favoráveis à cassação. Em dezembro, esse índice era de 82%; levantamento ainda captou, paralelamente, crescimento de Lula na corrida pela Presidência, definhamento dos possíveis tucanos que estarão na peleja eleitoral — Aécio Neves, Geraldo Alckmin e José Serra — e da própria ex-senadora Marina Silva (Rede); sondagem ganha importância nesta semana decisiva de desenrolar do impeachment na Câmara, pois parlamentares de todos os partidos agem sempre ‘com um olho no peixe e outro no gato’, ou seja, veem a crescente dificuldade da oposição angariar 342 votos necessários – dois terços – para aprovar o afastamento da presidente Dilma Rousseff, por isso flertam com cargos e um futuro com Lula.

Na mesma pesquisa que mostra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) liderando a disputa de 2018, o Datafolha também revela neste domingo (10) que 77% dos brasileiros são favoráveis à cassação do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Os números dos que querem Cunha fora da Câmara são próximos daqueles divulgados em março, quando o mesmo instituto revelou que 80% eram favoráveis à cassação. Em dezembro, esse índice era de 82%.

Paralelamente, o Datafolha captou o crescimento de Lula na corrida pela Presidência, definhamento dos possíveis tucanos que estarão na peleja eleitoral — Aécio Neves, Geraldo Alckmin e José Serra — e da própria ex-senadora Marina Silva (Rede).

Essa sondagem do Datafolha ganha importância nesta semana decisiva de desenrolar do impeachment na Câmara.

Parlamentares de todos os partidos agem sempre ‘com um olho no peixe e outro no gato’, ou seja, veem a crescente dificuldade da oposição angariar 342 votos necessários – dois terços – para aprovar o afastamento da presidente Dilma Rousseff, por isso flertam com cargos e um futuro com Lula.

Resumo da ópera, segundo os deputados: é melhor um pássaro na mão do que dois voando…

Comentários desativados.