8 de abril de 2016
por Esmael Morais
29 Comentários

Com 81% de reprovação, Beto Richa assume no Paraná liderança pelo golpe

tucanos_golpeO governador Beto Richa (PSDB), mesmo com 81% de reprovação, segundo pesquisa divulgada nesta sexta-feira (8), assumiu  no Paraná a liderança do movimento pelo golpe contra a presidente Dilma Roussefff (PT).

Investigado pela Procuradoria-Geral da República (PGR), por corrupção na Receita Estadual, o tucano vinha escondendo sua posição, mas hoje ele se uniu à cúpula do PSDB, em São Paulo, que anunciou apoio “unânime” em favor do golpe de Estado.

Contraditoriamente, não há nenhuma investigação contra a presidente Dilma.

Já os tucanos que pedem impeachment da petista, todos eles que aparecem na foto acima, são investigados por corrupção. Leia mais

8 de abril de 2016
por Esmael Morais
5 Comentários

Para 82%, Temer sabia da corrupção; Dilma sobe pela primeira vez

O vice-presidente Michel Temer (PMDB) sabia dos esquemas de corrupção e lavagem de dinheiro que ocorriam na Petrobrás e no governo. Esta é a opinião de 82,2% dos brasileiros, segundo o instituto Paraná Pesquisas.

De acordo com o levantamento, 48,4% acreditam que a presidente Dilma Rousseff (PT) conseguirá concluir o mandato ante 47,1% que acreditam que ela será afastada.

A presidente teve melhora nos índices de aprovação. Todos os institutos apontavam entre 8 e 10% aprovação. Agora, segundo a Paraná Pesquisas, Dilma tem 16,2% de avaliação positiva.

Dilma tem no Brasil a mesma taxa de reprovação que tem o governador Beto Richa (PSDB) em Curitiba, a capital do Paraná e do grampo.

No cenário eleitoral mais crível para 2018, há um repeteco do que foi em 2014, ou seja, Marina Silva (Rede) lidera com 24,8%; em segundo aparece José Serra (PSDB), com 18%;  e em terceiro lugar, com 15,4%, surge o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

O instituto Paraná Pesquisas entrevistou 2.044 eleitores em 24 estados e 162 municípios brasileiros entre os dias 03 e 06 de abril 2016. A margem estimada de erro é de 2%.

Leia a íntegra da pesquisa:

http://www.esmaelmorais.com.br/wp-content/uploads/2016/04/brasil_pr_pesquisa.pdf

Leia mais

8 de abril de 2016
por Esmael Morais
26 Comentários

Sem Terra assassinados iriam acampar contra o golpe em Brasília

Os dois trabalhadores rurais Sem Terra, assassinados ontem (7), no município de Quedas do Iguaçu, região central do Paraná, iriam viajar para Brasília onde acampariam na Esplanada dos Ministérios em defesa da democracia e contra o golpe no país.

O Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra (MST), liderado por João Pedro Stédile, vai comandar uma megaocupação no Distrito Federal a partir deste domingo (10).

As duas vítimas que tombaram numa emboscada, segundo a organização do MST, eram Vilmar Bordim, de 44 anos, casado, pai de três filhos e Leomar Bhorbak, de 25 anos, que deixa a esposa grávida de nove meses.

Até que se prove contrário, não há relacionamento direto entre o assassinato desses dois trabalhadores rurais com as tensões fascistas em todo o país. Mas já há quem coloque esses dois primeiros cadáveres na conta da Lava Jato.

Leia mais

8 de abril de 2016
por Esmael Morais
14 Comentários

DataEsmael divulga Placar do golpe: 321 contra e 171 a favor

O DataEsmael realizou levantamento sobre o posicionamento dos deputados federais acerca do golpe de Estado em andamento, que a velha mídia convencionou chamar de “impeachment” da presidente Dilma Rousseff.

Até às 14 horas de hoje, 321 deputados se manifestaram contra o golpe ante 171 favoráveis ao afastamento da presidente.

Para aprovar o impeachment no plenário da Câmara, serão necessários 342 votos — ou dois terços dos 512 parlamentares. Portanto, falta exatamente a mesma quantia: 171.

Nesta sexta-feira (8), a Folha de S.Paulo divulgou pesquisa do Datafolha que reconhece ser matematicamente impossível aprovar o impeachment na Câmara.

Os números do instituto DataEsmael, que nunca errou uma sondagem, estão dentro da margem de erro da Câmara. A rigor, não há método científico que mensure a “trairagem” em qualquer parlamento do mundo.

Leia mais

8 de abril de 2016
por Esmael Morais
7 Comentários

Pesquisa: Beto Richa tem 81% de desaprovação em Curitiba

beto_richa_pesquisaO governador Beto Richa (PSDB) tem 81% de desaprovação em Curitiba, revela pesquisa IRG Consultoria/DataPicler.

O instituto entrevistou 1.100 eleitores na capital paranaense entre 28 de março e 3 de abril.

O levantamento  não captou o novo massacre, agora de sem terras, ocorrido ontem (7) no interior do estado. Leia mais

8 de abril de 2016
por Esmael Morais
44 Comentários

Fascistas cogitam linchar senadora Gleisi Hoffmann; assista ao vídeo

A senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) corre risco de morte, segundo postagens no perfil “República de Curitiba” no Facebook.

Militantes fascistas cercaram a petista ontem (7) à noite, no aeroporto de Curitiba, quando ela retornava de Brasília. O autor do vídeo chama-se Jofran Alves.

No aeroporto Afonso Pena, fascistas a hostilizaram com palavrões e xingamentos impublicáveis. Mas o mais grave ainda é que eles publicaram vídeo com comentários sugerindo o “linchamento” da parlamentar.

Gleisi participa na manhã desta sexta-feira (8), na Capital Nacional do Grampo, de uma audiência pública na Assembleia Legislativa do Paraná sobre o problema da imigração.

Os fascistas ficam ensandecidos a cada vazamento do Dr. Sérgio Moro, haja vista serem eles sua tropa de choque no front da política.

Volto à audiência na Assembleia Legislativa.

A senadora discute o problema das imigrações. Novamente, fascistas invadiram o local para retomar a hostilização contra Gleisi. Logo, se percebe que o ódio disseminado nas redes sociais não é espontâneo, pelo contrário, é articulado.

Alô, Ministério da Justiça! Não havia a determinação de punir severamente vazamentos seletivos?

E essa ameaça contra a vida de um senador da República?

Que são esses vazamentos seletivos senão com objetivo de desestabilizar a democracia?

O Blog do Esmael se solidariza com a senadora Gleisi Hoffmann, a qual orgulhosamente compõe nosso time de colunistas.

Leia mais

8 de abril de 2016
por Esmael Morais
5 Comentários

Coluna do Reinaldo de Almeida César: Sobre a (in)Segurança Pública do Paraná

MEM DE SÁ E A VIOLÊNCIA NO PARANÁ

Reinaldo de Almeida Cesar*

Conta o anedotário popular que, certo dia, numa sala de aula qualquer, a professora de Joãozinho – ele, sempre ele – perguntou-lhe na prova oral de história sobre “o que o governador-geral Mem de Sá fez pelo Brasil, na época colonial”.

Depois de ficar em silêncio por alguns segundos, não sabendo a resposta, Joãozinho encheu o peito e respondeu: “Professora, ele fez o que pode”.

***

O secretário Wagner Mesquita, que tantas vezes já elogiei aqui, candidata-se com muita velocidade a vestir os adereços de Mem de Sá, na visão do ladino Joãozinho, fazendo o que pode.

Numa escalada sem precedentes de crimes violentos patrimoniais por todo o Paraná, o secretário esforça-se, corre de um lado para outro, desdobra-se em busca de respostas à sociedade. Sem recursos, como Joãozinho, faz o que pode.

Policiais são assassinados em série, Londrina entra em pânico, e lá está o titular da SESP prometendo instituir força-tarefa e botar mais polícia na rua. Passados alguns dias, nada muda, e o governo até cassa a decisão judicial que mandava reforçar o efetivo policial na cidade.

Cascavel arde com os ônibus incendiados, e lá está o secretário montando o forte apache na cidade. Pergunte aos moradores do Oeste se sentiram alguma diferença, dias após a comitiva do secretário ter deixado a cidade.

Quem assistiu o primeiro e excelente “Tropa de Elite”, de José Padilha, sabe que enquanto a violência corre solta na periferia geográfica e social dos grandes centros, ela é desapercebida, passa a ser vista como corriqueira e quase normal, digamos até, tristemente compreensível. Agora, quando ela chega no andar de cima, a coisa muda de figura.

Foi o que aconteceu agora. Depois de uma série de assaltos em Curitiba, atingindo redes de supermercados e de farmácias, em salões de beleza onde até cabelo levaram, em conhecidas e tradicionais casas de comércio, depois que as residências de dez magistrados e oito promotores foram assaltadas, e depois de uma sequência de episódios violentos de arrastões com troca de tiros em restaurantes no Cabral, Juvevê e no Batel, a grande mídia já não teve mais como esconder: os crimes patrimoniais com violência explodiram em Curitiba.

Leia mais

8 de abril de 2016
por Esmael Morais
9 Comentários

Impeachment não passará na Câmara, reconhece Datafolha

Até mesmo o Datafolha jogou a toalha em relação a aprovação do impeachment, cuja votação está prevista na Câmara para o próximo dia 17 de abril. A informação é do jornal Folha de S. Paulo, edição desta sexta-feira (8).

Segundo levantamento feito pelo instituto, de 21 de março a 7 de abril, entre os parlamentares, 60% deles dizem que darão votos favoráveis ao impedimento da petista.

Entretanto, os números são insuficientes para a instalação do processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff.

Pelas contas do Datafolha, são 308 deputados favoráveis ao golpe contra a democracia.

O DataEsmael, que nunca errou uma projeção, conta 321 deputados contra o impeachment depois do “fico” do Partido Progressista. Bastam apenas 172 para barrar o golpe.

O DataEsmael também apurou que 28 senadores votam “ideologicamente” contra o impeachment, ou seja, os golpistas não passarão nas duas Casas.

Leia mais

8 de abril de 2016
por admin
10 Comentários

Coluna do Bruno Meirinho: Donald Trump; a prova da decadência do Partido Republicano

Bruno Meirinho*

Nas primárias americanas para a escolha dos candidatos à presidência, o empresário Donald Trump se destaca como o preferido dentro do partido republicano. Até o momento, ele está em primeiro nas primárias do partido, embora não tenha maioria absoluta, pois disputa com outros dois candidatos que, somados, têm mais votos que ele.

Trump é uma figura caricata, já há muito famosa por seu estilo excêntrico e esbanjador. Os prédios de sua companhia, em Nova Iorque e Chicago, são famosos ícones dessas cidades. Sua riqueza vem de negócios na área do entretenimento, como cassinos, e iniciativas fraudulentas, como uma empresa de marketing multi-nível (uma espécie de pirâmide financeira) que levava seu nome.

Na sua candidatura à presidência, Trump pretende representar posições de extrema-direita que, neste caso, têm se confundido com mera ignorância e preconceito, como quando acusou os imigrantes latinos de serem ladrões e estupradores. Muitas vezes, seu discurso surreal parece convencer apenas seus leais seguidores, não tendo força para conquistar apoio para além da militância.

Com isso, à proeminência da candidatura Trump no interior do partido parece ser mais um sintoma da incapacidade dos republicanos disputarem a política nacional de forma consistente. Alguns integrantes do partido avaliam que Trump seria facilmente derrotado por Sanders ou Hillary, candidatos dos democratas. É o sinal da decadência repub Leia mais

8 de abril de 2016
por admin
6 Comentários

Coluna do Marcelo Belinati: ExpoLondrina, orgulho para Londrina, o Paraná e o Brasil

Download áudio

Marcelo Belinati*

De 7 a 17 de abril Londrina estará sediando um dos mais importantes eventos do agronegócio da América Latina, a 56ª Exposição Agropecuária e Industrial, a ExpoLondrina 2016.

Em 11 dias de festa a Expo deve receber aproximadamente 500 mil visitantes e movimentar mais de R$ 450 milhões (valores do evento em 2015) somente em negócios realizados dentro da feira, ou seja, cerca de 25% de todo orçamento anual da Prefeitura de Londrina. São números impressionantes e que marcam a grandeza desse evento que ocorre todos os anos..

Além disso, são mais de 400 empregos diretos temporários, pessoas contratadas para atuar na limpeza, organização, segurança, saúde, dentre outras tantas funções. Sem falar nos empregos indiretos que são criados por conta destes dias de festa.

Shows musicais com os artistas do momento, rodeios, restaurantes, lanchonetes, exposições temáticas, parque de diversão, exposição dos animais mais belos do Brasil, são alguns dos exemplos das atrações da feira que se realiza todos os anos no Parque de Exposições Ney Braga em Londrina.

A cidade fica repleta de visitantes, todos ganham, hotéis lotados, bares e restaurantes, lanchonetes, sorveterias, os taxistas, o comércio de maneira geral, shoppings, locais de entretenimento, enfim, toda cidade. É um período que faz lembrar tempos em que Londrina crescia mais do que qualquer Leia mais

8 de abril de 2016
por admin
Comentários desativados em O que diz a velha mídia nesta sexta

O que diz a velha mídia nesta sexta

20160408_MetroCuritiba_CapaJornais do Paraná ... 

Leia mais