Trabalhadores do Brasil se preparam para barrar golpe jurídico-midiático

O frustrado golpe jurídico-midiático expresso no sequestro do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, sexta-feira (4), deixou evidente a importância estratégica de sindicatos, centrais sindicais e movimentos sociais para barrar retrocessos democráticos no país. Os trabalhadores foram os primeiros a se mobilizarem contra a parceira Moro-Globo em São Bernardo do Campo, São Paulo e demais capitais e cidades brasileiras. A velha mídia se surpreendeu com a rápida resposta, nas ruas, da companheirada do ex-presidente. Há uma agenda de mobilizações articulada pela Frente Brasil Popular (FBP), que deve sacudir o país inteiro. O desafio, portanto, é utilizar essa energia aflorada para inverter a pauta conservadora no Congresso em relação à economia e à política.

O frustrado golpe jurídico-midiático expresso no sequestro do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, sexta-feira (4), deixou evidente a importância estratégica de sindicatos, centrais sindicais e movimentos sociais para barrar retrocessos democráticos no país. Os trabalhadores foram os primeiros a se mobilizarem contra a parceira Moro-Globo em São Bernardo do Campo, São Paulo e demais capitais e cidades brasileiras. A velha mídia se surpreendeu com a rápida resposta, nas ruas, da companheirada do ex-presidente. Há uma agenda de mobilizações articulada pela Frente Brasil Popular (FBP), que deve sacudir o país inteiro. O desafio, portanto, é utilizar essa energia aflorada para inverter a pauta conservadora no Congresso em relação à economia e à política.

O frustrado golpe jurídico-midiático expresso no sequestro do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, sexta-feira (4), deixou evidente a importância estratégica de sindicatos, centrais sindicais e movimentos sociais para barrar retrocessos democráticos no país.

Os trabalhadores foram os primeiros a se mobilizarem contra a parceira Moro-Globo em São Bernardo do Campo, São Paulo e demais capitais e cidades brasileiras. Até os cães de guarda da velha mídia se surpreenderam com a rápida resposta, nas ruas, da companheirada do ex-presidente.

A partir dessa tentativa de golpe, o movimento sindical deve refletir agora: ‘se está ruim com o governo Dilma, pode piorar muito mais ainda num golpe jurídico-midiático no país’.

O desafio, portanto, é utilizar essa energia aflorada para inverter a pauta conservadora no Congresso em relação à economia e à política. Há uma agenda de mobilizações sendo gestada pela Frente Brasil Popular (FBP), que deve sacudir o país inteiro.

Os representantes dos trabalhadores vão cristalizando a consciência de que vivem sob indisfarçável censura dos monopólios de comunicação quando o assunto é “direitos sociais”. Os barões da velha mídia sempre se perfilarão ao lado do poder econômico para subjulgar a classe laboral, sobretudo politicamente.

A tarefa posta aos trabalhadores brasileiros é muito mais do que defender a democracia, a legalidade, e as conquistas sociais: apresentar um novo projeto de desenvolvimento nacional que contemple o povo e garanta a paz.

Dilma criticou neste sábado o “espetáculo” da operação da 24ª fase da Lava Jato ao afirmar que Lula é muito importante para o país e para os trabalhadores. Ela tem razão, pois a barbeiragem do juiz Sérgio Moro — e da aliada Globo — enseja um “cavalo de pau” nesse status quo.

7 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. OS COXINHAS ESCOLHERAM O DIA 13 E O NUMERO 13 É O NUMERO DO NOSSO QUERIDO PT. ELES NOS AFRONTARAM.

  2. Frente Brasil Popular veio para ficar..

  3. Pois é Esmael, você podia de repente em um artigo tentar explicar como e por que a Globo, somente a Globo, teve acesso a sala ultra segura onde esta a documentação da lava jato. Será que foi dessa mesma forma que tiveram acesso a tantos outros documentos “vazados” anteriormente. Eu acho muito estranho que sempre o grupo Globo tem acesos aos “vazamentos”. Se esses documento estão em uma área tão segura, como pode “vazar”.

  4. Se deve tem que pagar, mas O show em rede nacional para elevar o ibope da Globo, Band, Record, SBT e etc….isso já é passar dos limites. E até como ex-presidente ele deveria ser melhor tratado, bem ou mal, qual foi o presidente brasileiro que fez algo pelo povão? Não me venham de FHC porque este instituiu no Brasil a FOME. E não sou partidário de partido algum, só não vejo o PT como o culpado por toda as desgraças do Brasil nos seus mais de 500 anos de existência. É como sempre falo para os amigos. Querem acabar com a corrupção no Brasil, com político mal caráter, com gente que só quer levar vantagens a qualquer custo. É simples!
    Façam um redescobrimento do Brasil e tragam para nos colonizar gente de bem e não penitenciários, prostitutas, gente de mal caráter e ética duvidosa e agitadores como os português fizeram, quem sabe aí a gente consiga acabar com está doença no Brasil chamada corrupção.

  5. Apareça dia 13/03/16 (Trezeee) as 14hs na praça Santos Andrade…preferencialmente com camisa do PT!

    • Sim e vamos todos fugir depois pelos Alpes da Serra do Mar, imitando o capitão Von Trap, fugindo do nazismo desta terra de reacionários insanos, tal qual em “A Noviça Rebelde”!!!!
      ACOOOOOOORDA JOÃO!!!!!!!!

  6. A Venezuela cada vez mais próxima…
    Lula já anunciou que está com metástase, em sua entrevista após a condução coercitiva orquestrada por Moro, Serra, FHC e picolé de chuchu.
    Assim, o nosso futuro presidente seria um Nicolás Maduro desses aí…
    Pobre do Brasil: tão longe de Deus, tão perto da Globo…