Requião a Lula: tem que mexer na economia; ouça entrevista a PHA

lula_requiao_dilma

“Política econômica da Dilma é igual a do Aécio”

Nesta quarta-feira (9), o Presidente Lula  se reuniu com senadores do PMDB e do PT na casa do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). Um dos presentes foi o senador Roberto Requião (PMDB-PR), que conversou com Paulo Henrique Amorim, por telefone, sobre o encontro.

Leia a íntegra:

PHA: Senador, o senhor esteve no encontro do Presidente Lula com 25 outros senadores na casa do Renan Calheiros, presidente do Senado. O que o senhor disse ao Presidente Lula?

Requião: Eu e os senadores falamos da impossibilidade de se manter essa política econômica. A Presidenta Dilma governa com as propostas do Aécio Neves, com uma política econômica da oposição. Imagine se é hora de aumentar o tempo de aposentadoria das mulheres, quando, na verdade, Brasil e Estônia são os dois únicos países que não taxam os lucros dos acionistas.

Veja se é hora de aumentar o empréstimo consignado dando como garantia o FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) através de bancos privados que cobram 3% de juros, quando o Governo poderia entregar esse projeto para a Previdência Social operando por meio da Caixa Econômica. Resolveria o problema da Previdência e baixaria os juros.

Temos uma política dominada pelos interesses do capital e pelos interesses que a Dilma derrotou na eleição.  O grito do conjunto foi a volta das propostas de  campanha.

PHA: Inclusive dos pemedebistas presentes?

Requião: Todos presentes.

PHA: E com relação ao impasse político, agravado com o sequestro do Presidente Lula pelo juiz Moro?

Requião: O Lula teve a solidariedade. Todos têm que receber por suas práticas. Mas, por lei, ele só poderia ser levado coercitivamente se tivesse se recusado e, na prática, se tivesse se recusado pela segunda vez. É assim que procede a Justiça brasileira.

PHA: Se tratou nesse encontro da possibilidade do Lula ser ministro para ter foro privilegiado?

Requião: Não por isso. Aventou-se a hipótese de Lula ser ministro para, junto com a Dilma, reconciliar com o eleitorado. Uma possibilidade de uma volta aos compromissos eleitorais de campanha, mas o Lula não demonstrou interesse para isso. Na verdade, ele mais escutou do que falou.

PHA: O que o Lula foi fazer nesse encontro, senador?

Requião: Escutar e saber o que os senadores pensam da situação política e econômica. O problema é a economia, pois todos os outros teriam um tratamento normal se não fosse a decepção com a economia.

PHA: O senhor acha que existe a disposição do juiz Moro de prender o Lula? Acabou de sair a notícia que o promotor Conserino denunciou Lula por ocultação de patrimônio e lavagem de dinheiro.

Requião: Eu acho que o promotor gosta muito é de aparecer. Parece que, segundo denúncias que escutei, é sócio do filho de um famoso bicheiro de São Paulo. Não tenho certeza, mas ouvi falar. O Lula tem que responder pelos atos, mas é evidente que estão promovendo espetáculos para a mídia. O que pretendem atingir não é o Lula e sim o Estado brasileiro. Porque atrás disso vem as propostas de privatização do petróleo, do Banco Central, e um limite no endividamento do país, acabando com as políticas cíclicas. Foi o que os EUA fizeram na última crise, que aumentaram o endividamento e colocou a economia para funcionar.

PHA: E quem não deixa o Obama se endividar é o Partido Republicano do Trump?

Requião: Mas mesmo assim colocou a economia para funcionar. Os juros nos EUA estão a 0,25% ao ano. Então, precisamos mexer na economia. Colocar R$ 100 bilhões das reservas cambiais para a construção civil. Tudo isso foi aventado e o Lula escutou.

A minha posição foi essa: que a economia é o problema e estamos sem norte na economia.

O que achou da reunião lá em SP?  [ Ato em defesa da liberdade de expressão e contra a tentativa da Rede Globo de censurar blogs e mídias alternativas realizado no Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo em 7 de março de 2016]. Assista  ao discurso do senador aqui.

PHA: Muito boa. Temos que impedir o Eduardo Guimarães de ser preso pelos procuradores.

6 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. I simply want to say I am just very new to blogs and honestly liked you’re page. Most likely I’m want to bookmark your blog post . You actually come with fabulous articles and reviews. Regards for revealing your web site.

  2. Este é o PMDB, só faz o que interessa, que vergonha.

  3. Interessante, Requião momento nenhum sai em defesa de lula, apenas diz que ele deve pagar pelo que fez.

    Mas oque ele fez? Isso ta parecendo discurso de oposição
    Aliado a pretensão de Requião se candidatar a presidência em 2018…. Ele ta pensando só no lado dele.

  4. Com este apoio todo a este governo inescrupuloso, Requião perde meu voto se for candidato a presidência… é aquela velha história, diga com quem andas que direi quem és

  5. Nas economias do Lula ninguém mexe

    • PENSEI QUE A DILMA FOSSE A PRESIDENTA DA REPUBLICA DA PACOVA???
      *-O blog e a cúpula que está no poder Têm que mexer nas atitudes e na ética! O Requião deveria se aposentar… muitas asneira proferidas!Já votei nesse político! Grato