Por Fruet, vereador Stica e secretário Cordiolli abandonam o PT

Vereador de Curitiba Jonny Stica oficializou nesta terça-feira (8) saída do Partido dos Trabalhadores; parlamentar pula janela da infidelidade para migrar em legenda da base do prefeito Gustavo Fruet (PDT); secretário Fundação Cultural, Marcos Cordiolli, também encaminhou carta de desfiliação ao diretório municipal; semana passada, vereador Pedro Paulo fora o primeiro a abandonaras fileiras; apesar das baixas, PT recebeu 50 novos pedidos de filiação nesse período.

Vereador de Curitiba Jonny Stica oficializou nesta terça-feira (8) saída do Partido dos Trabalhadores; parlamentar pula janela da infidelidade para migrar em legenda da base do prefeito Gustavo Fruet (PDT); secretário Fundação Cultural, Marcos Cordiolli, também encaminhou carta de desfiliação ao diretório municipal; semana passada, vereador Pedro Paulo fora o primeiro a abandonaras fileiras; apesar das baixas, PT recebeu 50 novos pedidos de filiação nesse período.

O vereador de Curitiba Jonny Stica oficializou nesta terça-feira (8) sua saída do Partido dos Trabalhadores. Ele aproveita a janela da infidelidade para migrar a outra legenda da base do prefeito Gustavo Fruet (PDT).

O secretário Municipal de Cultura (Fundação Cultural), Marcos Cordiolli, também encaminhou carta de desfiliação ao diretório municipal.

Na semana passada, o PT já havia recebido comunicado de desligamento do vereador Pedro Paulo.

De três eleitos em 2012, o partido agora conta apenas com uma vereadora, Professora Josete.

O curioso nisso tudo é que saíram três “pesos-pesados” em uma semana, mas o PT recebeu 50 novos pedidos de filiação nesse período. Ou seja, o fluxo de entrada é maior que o de saída.

Os petistas lançarão na capital paranaense candidatura própria com o deputado Tadeu Veneri.

Comentários encerrados.