O drama do fechamento de turmas e escolas pelo governador Beto Richa

fechando

Professor Piva, do município de Almirante Tamandaré, região metropolitana de Curitiba, faz um apelo dramático para que o governador Beto Richa (PSDB) não feche a Escola Jardim Apucarana; segundo o mestre, trata-se do único equipamento público disponível para a comunidade de seis mil pessoas; “Por favor, não entre para a história como o sujeito que fechou escola, repense, autorize a abertura do 6º ano”, implora o professor, que emocionou seguidores no Facebook ao relatar que o estabelecimento foi condenado ao fechamento total até o ano de 2019; Beto Richa não está muito preocupado com a fama de quem fecha escolas; estima-se que o tucano tenha fechado na surdina milhares de turmas, que, no final das contas, equivaleria a 150 escolas em todo o Paraná; medida significa menos vagas para alunos, menos professores, menos funcionários, e salas superlotadas; tucano debocha dos paranaenses ao afirmar que “o melhor ainda está por vir”.

Uma postagem no Facebook conseguiu sintetizar e mostrar de maneira simples o estrago causado pelo fechamento de turmas nas escolas públicas estaduais.

Com o título “Cadê o 6° ano? Beto Richa mandou fechar”, de autoria do professor Piva Luiz Romeiro, o texto fala de uma escola em Almirante Tamandaré, Região Metropolitana de Curitiba.

A Escola Jardim Apucarana fica no bairro com o mesmo nome, onde, segundo professor Piva, vivem cerca de 6 mil pessoas. “Gente humilde e trabalhadora, que tem orgulho do seu único equipamento público, a escola, que hoje corre o risco de ser fechada”, comenta.

A escola funciona em um prédio do município e divide as instalações com outra municipal de educação infantil. A construção de uma escola estadual é uma reivindicação antiga da comunidade, um sonho. A prefeitura já separou até um terreno, mas, ao invés de construir, o governador Beto Richa (PSDB) quer é fechar a escola.

Neste ano foi fechada uma turma de 6° ano. O motivo do fechamento é que só houve 18 alunos matriculados, e pelos critérios do governo esse número é muito baixo.

Qualquer educador há de concordar que este é um bom número de estudantes para uma turma. Mas esses 18 alunos terão que procurar escolas em outros bairros, longe de casa. Provavelmente estudarão em turmas superlotadas. Muitos devem simplesmente desistir.

Além disso, se não há turma de 6° ano em 2016, ano que vem não haverá 7° ano, no outro acaba o 8° e a escola estará condenada a morrer em 2019.

O professor Piva conclui sua postagem perguntando se é justo que os 18 estudantes matriculados sejam impedidos de estudar? E faz um apelo: “Por favor, não entre para a história como o sujeito que fechou escola, repense, autorize a abertura do 6º ano”.

Mas parece que Beto Richa não está muito preocupado com a fama de quem fecha escolas. Pelo contrário. Estima-se que o tucano tenha fechado na surdina milhares turmas que, no final das contas, equivaleria a 150 escolas no Paraná.  Isto significa menos vagas para alunos, menos professores e funcionários e salas superlotadas. Ou seja, o tucano debocha dos paranaenses ao afirmar que “o melhor ainda está por vir”.

9 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. I simply want to say I am just very new to blogging and actually liked your web page. Probably I’m planning to bookmark your site . You surely come with amazing article content. Thanks for sharing with us your website page.

  2. Vcs sabem quantos alunos terminaram o ano letivo ano passado apenas 2 por isso

  3. Outro assunto – tutú, Esmael…
    Assunto – tutú, é aquele que já foi feijão fresquinho, prá comer com arroz.
    Envelheceu, não queríamos jogar fora, virou tutú…
    A única diferença é que Hermes, o Garfield do Centro Cívico, mais Marli Marlei Fernandes, o nosso ilustre deputado, o professor Lemos e Escrevemos, o articulista Professor Amor e Paixão e demais dirigentes sindicais e assemelhados, aparentemente e de forma solene, c… e andam para a situação.
    Estão longe de capitalizar politicamente, o apoio recebido pelo povo em nosso movimento grevista de 2015.
    Cadê a resposta pública de repúdio ao video de Trairano exibido à fórceps aos professores, durante a tragédia denominada Semana pedagógica de fevereiro de 2016????????
    Brigam por migalhas no interior do sindicato, cingido por asseclas de Richa,ensaiados para tal fim.
    A situação vai ficando cada vez mais difícil.
    Ricardo Bosta diz de boca cheia que o estado está saneado economicamente, mas não paga o que deve aos servidores (progressão e promoção em atraso, piso nacional e outros). Além disso, não fala que “saneou” o estado com o dinheiro da previdência dos servidores…
    Se fecharão mais turmas, se fecharão mais escolas…
    E a nossa outrora aguerrida APP, vai cada vez mais enfiando a viola no saco e apanhando igual mulher de malandro do piá de predio.
    Que tristeza…

  4. PSDB do Paraná suspeito de associação com auditores fiscais corruptos para recolha de propina na Receita estadual 11
    por Rcguerra • Sem-categoria
    Auditores acusados de corrupção doaram à campanha de Richa

    ESTELITA HASS CARAZZAI
    DE CURITIBA

    23/05/2015 02h00

    Na mira do Ministério Público após a descoberta de um esquema de corrupção e pagamento de propina na Receita estadual, auditores fiscais do Paraná doaram à campanha do governador Beto Richa (PSDB) e a outros 25 aliados quase R$ 1 milhão no ano passado, de acordo com levantamento da Folha.

    Contribuíram para o caixa eleitoral 291 dos 933 auditores do Estado, com doações individuais. Desses, 219 foram promovidos pouco antes da campanha, em maio. A maioria foi elevada ao teto da categoria, com salários de aproximadamente R$ 30 mil.

    O decreto que estabeleceu a promoção também é investigado pela Promotoria. Uma denúncia anônima sustenta que a mulher de Richa, Fernanda, teria condicionado as promoções às doações.

    Até agora, não há provas que corroborem a suspeita.

    Todas as doações levantadas pela Folha são legais e declaradas à Justiça Eleitoral.

    A Promotoria, porém, coloca parte delas em xeque, pois vieram de auditores de Londrina investigados sob suspeita de cobrar propina para reduzir ou até mesmo anular dívidas tributárias. Quinze já foram denunciados –todos fizeram doações, que somam R$ 41 mil, às campanhas.

    Um dos fiscais mencionou, em colaboração com a Justiça, que a campanha de Richa recebeu R$ 2 milhões de propina da Receita, em caixa dois, no ano passado. O governador nega. O fato ainda é alvo de investigação.

    Há suspeitas de que o mesmo esquema se replique em outras cidades do Paraná, e que as doações oficiais sejam uma forma de distribuir a propina, tal como aconteceu em obras da Petrobras.

    Em Curitiba, outra operação já foi deflagrada em maio para combater o mesmo esquema. Um auditor foi preso.

    NÚMEROS

    As doações dos auditores estão espalhadas pelo Estado, segundo as delegacias regionais em que atuam. Richa e aliados receberam 95% das contribuições da categoria. Dos 36 políticos beneficiados, 26 são da base do tucano.

    A campanha dele arrecadou R$ 290 mil. Seu ex-secretário da Fazenda e ex-chefe dos auditores Luiz Carlos Hauly (PSDB), –eleito deputado federal– recebeu R$ 80 mil de 39 servidores.

    Entre os que mais receberam estão o ex-subchefe da Casa Civil (R$ 107 mil), o líder do governo na Assembleia (R$ 40 mil) e o presidente do PSDB do Paraná (R$ 44 mil).

    Do total de doações, pouco mais de um terço foi feita em dinheiro vivo –R$ 390 mil.

    Chama a atenção a repetição dos valores doados: 70 auditores fizeram uma doação exata de R$ 3.600; a maioria para o ex-secretário Hauly, outros para o deputado Marcio Pauliki, do oposicionista PDT.

    Outros 20 doaram exatos R$ 4.800, nesse caso para políticos mais próximos de Richa –Luiz Cláudio Romanelli (PMDB), atual líder do governo, e Valdir Rossoni (PSDB), deputado federal e presidente do partido.

    Em Londrina, epicentro das investigações, o volume arrecadado para os políticos locais chega a R$ 170 mil (incluindo o ex-secretário Hauly, que também é da cidade).

    Na região oeste, a candidata preferida dos auditores foi a mulher do prefeito de Foz do Iguaçu, Claudia Pereira (PSB), eleita deputada estadual. Ela arrecadou R$ 76 mil.

    Aos adversários de Richa, foram destinados R$ 78 mil. Só um auditor doou (R$ 5.750) a Roberto Requião (PMDB), que disputou o governo.

    OUTRO LADO

    Políticos e auditores fiscais ouvidos pela Folha afirmam que todas as doações foram legais e regulares, aprovadas pela Justiça Eleitoral, e negam que o dinheiro tenha vindo de fontes ilícitas.

    Auditor fiscal aposentado e presidente do sindicato da categoria no Paraná, José Carlos Carvalho diz que os servidores “fazem a doação que quiserem”, e que não há qualquer orientação para que o dinheiro seja direcionado a um candidato específico.

    “Cada um faz dentro da sua região, para quem ele quiser, como melhor entender”, disse. Carvalho nega que as doações tenham sido feitas em troca das promoções da categoria ou que sejam propina, e afirma que “todo o processo de promoção foi absolutamente regular”.

    Fernanda Richa diz que a denúncia é “inverídica e caluniosa”, e que jamais interferiu nos atos de competência do governador.

    O PSDB defendeu a legalidade das doações ao governador Beto Richa.

    O ex-subchefe da Casa Civil Guto Silva (PSC) afirmou ter uma “base sólida” junto aos auditores fiscais. “Não há nenhum inconveniente nisso. São doações legais e declaradas.”

    O líder do governo na Assembleia, Luiz Cláudio Romanelli (PMDB), também falou do vínculo com a classe para justificar as doações: “A maioria das doações, inclusive, veio de fiscais das mesmas regiões em que eu atuo”.

    Editoria de Arte/Folhapress

    Transcrito da Folha de São Paulo ; nos termos do artigo 46 da Lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998.‏

    Share this:
    TwitterEmailFacebook40ImprimirLinkedInGoogle

    Relacionado
    Empresas suspeitas de fraudar licitação do Metrô de SP pagaram R$ 5,8 milhões da campanha de Alckmin
    Em “Sem-categoria”
    Governo Alckmin (PSDB/SP) desqualifica denuncia e apuração da Justiça e mantém contratos suspeitos
    Em “Sem-categoria”
    Polícia Federal levanta indícios de que LULA recebeu propina da Camargo Corrêa
    Em “Sem-categoria”
    Navegação de Posts
    Um dia de fúria – Estresse crônico na polícia continua sendo negligenciado como estopim de atos violentos
    The New York Times – Cansado da criminalidade, Brasil aceita a contragosto a violência policial
    TA BRINCANDO disse:
    23/05/2015 ÀS 7:26
    QUAL É A NOVIDADE QUE O PSDBosta ESTA METENDO A MÃO

    aguardando disse:
    23/05/2015 ÀS 7:51
    sera que so foi no parana?

    AQUI NO TUCANISTÃO NÃO EXISTE CORRUPÇÃO disse:
    23/05/2015 ÀS 12:27
    Esse Beto Hitler precisa ser trazido para São Paulo para reaprender os príncípios da honestidade plena.

    Aqui não existem CPIs, o MP só desencadeia operações televisivas para prender pés-de-chinélos, na ALESP todos estão satisfeitíssimos com o sucesso do Executivo; nosso Judiciário está tão folgado devido à baixa criminalidade, que usufrui de férias forenses, não trabalha aos sábados, domingos e feriados prolongados e mantém o populacho à distância. Nosso TCE fiscaliza tudo, de maneira tão rigorosa, que o ex-presidente, Dr. Robson Marinho, tinha tempo sobrando para se deliciar nas duas ilhas particulares que adquiriu, fruto de seu árduo trabalho naquele órgão.

    Aqui a única mácula foi culpa exclusiva dos franceses da Alston e dos alemães da Siemens, que vieram lá da Europa para corromper alguns diretores do sistema de transportes públicos paulista, obviamente, sem nenhum conhecimento por parte do nosso prôbo governador.

    Se não fosse São pedro que nos prejudica ( achoa que por inveja ) não mandando chuvas e do maldito mosquito da dengue, culpado pela epidemia que nos assola, São Paulo seria o paraíso aqui na Terra.

    A criminalidade está em vias de extinção. A cada semana os índices baixam e logo vamos ter que importar um bandido de outro estado, só para servir de cobaia em aulas de Direito Penal.

    Outro pequeno empecilho são esses professores esquerdopatas que insistem em manter uma greve injusta, porque recebem salário descomunais, muito acima do nível europeu e norte-americano.

    Policial aqui em SP, além dos polpudos salários, ainda ganham bonificações pelos eficazes serviços prestados e todos vivem extremamente felizes, respeitando os preceitos legais e trabalhando arduamente em benefício da população, que retribue tal eficiência, com a grande estima e consideração dispensadas à categoria.

    Vem pra cá Beto Hitler ! Venha para a terra do Dr. Paulo Maluf, do Adhemar de Barros, Orestes Quércia, e do trio angelical: Mario Covas, José Serra e Geraldo Alckimin, gente que jamais desviou um centavo do dinheiro público

    Seth Vader disse:
    23/05/2015 ÀS 13:10
    Dizem algumas más e antigas línguas que as recolhas da Polícia Civil já financiaram muitas campanhas por aí…

    jorge mendes disse:
    23/05/2015 ÀS 13:24

    exescravão disse:
    23/05/2015 ÀS 13:27

    VOTO DISTRITAL e VOTO IMPRESSO
    ===============================

    Não resolveriam, mas já ajudariam a evitar corrupção e fraudes eleitorais

    O problema é a reforma que o PT quer fazer, para cubanizar o Brasil com os “conselhos populares” e outras maldades contra o povo.

    SANTOS disse:
    23/05/2015 ÀS 16:44
    Exescravão:
    .
    Um dos poucos por aqui com visão futura da realidade (independente de partido).
    O fato mais estarrecedor é que tanto o decálogo de Lenin quanto livro The Naked Communist ,dentre outras excrescências esquerdopatas ,citam a violência e criminalidade social como um meio (dentre tantos outros) de dominação das massas para a tão sonhada ” revolução cultural ” . De fato os 60.000 mil homicídios que aqui todos os anos ocorrem , não acontecem por incompetências das autoridades vigentes muito pelo contrário, ocorre de forma proposital por conta da natureza atroz dos algozes que aqui ”governam” . assinado: alguém que enxerga.

    Pe.Quevedo disse:
    23/05/2015 ÀS 18:33
    PSDB corrupto?… Isso non ecziste!….Isso ser coisa de PT!

    E AGORA ??? disse:
    23/05/2015 ÀS 18:58
    DEPOIS DE MAIS DE 20 ANOS DE PSDB EM SP……………..TEMOS O ESTADO MAIS INVOLUÍDO DO BRASIL………

    NA PROPORÇÃO DE TEMPO, MESMOS GOVERNANTES NO PODER, ESTADO MAIS RICO DA FEDERAÇÃO………….

    A “MARIA FUMAÇA” DO BRASIL………
    __________________________________________________________________________________________________

    AINDA BEM QUE EXISTE ESSE BETO RICHA…………….OU RIXA ?……………….

    ASSIM ALGUÉM IRÁ MOSTRAR AO BRASIL QUEM SÃO OS POLÍTICOS DO PSDBosta….

    exescravão disse:
    23/05/2015 ÀS 19:18
    SANTOS (23/05/2015 às 16:44)

    Obrigado.

    E concordo: quanto maior o MEDO de um povo, mais fácil é a instalação de um ESTADO TOTALITÁRIO que pode chamar Socialista, Comunista ou Nacional-Socialista (Nazismo) mas no fim das contas, são apenas a mesma coisa: um DITADOR, sua corte de criminosos e um POVO ESCRAVIZADO.

    É o império da bolinha, da desordem, dos gangsters, da prostituição em massa, do tráfico de menores, do crime industrializado e do comércio automobilístico disse:
    23/05/2015 ÀS 19:26
    Ufa……….., que susto. Por um momento achei que se tratava do Estado de São Paulo. Felizmente aqui impera a honestidade, a ordem e a Justiça, há vinte anos ou mais……..

    O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do comentarista que venha a ofender, perturbar a tranquilidade alheia, perseguir, ameaçar ou, de qualquer outra forma, violar direitos de terceiros.O autor do comentário deve ter um comentário aprovado anteriormente. Em caso de abuso o IP do comentarista poderá ser fornecido ao ofendido!…Comentários impertinentes ou FORA DO CONTEXTO SERÃO EXCLUÍDOS…Contato: [email protected]

    Insira seu comentário aqui…
    ESTATÍSTICAS DO SITE
    42,490,332
    CURTA O FLIT PARALISANTE NO FACEBOOK

    ÉTICA PROFISSIONAL DO SERVIDOR PÚBLICO CIVIL
    Toda pessoa tem direito à verdade. O servidor não pode omiti-la ou falseá-la, ainda que contrária aos interesses da própria pessoa interessada ou da Administração Pública. Nenhum Estado pode crescer ou estabilizar-se sobre o poder corruptivo do hábito do erro, da opressão ou da mentira, que sempre aniquilam até mesmo a dignidade humana quanto mais a de uma Nação. (Decreto n. 1171/1994)
    META
    Registrar-se
    Entrar
    Posts RSS
    RSS dos comentários
    WordPress.com
    POSTS RECENTES
    Policiais civis forjavam provas para extorquir vítimas em Taubaté, diz MP | Vale do Paraíba e Região | G1
    SE FOR VERDADE SERA O CAOS
    SE FOR VERDADE SERA O CAOS
    decisão – Mandado de segurança preventivo – aposentadoria policial civil
    Corregedoria correria tentará proteger o investigador Camilo Leonel

  5. hoje nascem menso crianças que na década passada, familias tem menos filhos. quem vai pgar infraestruturas ociosas? salas demais para alunos de menos? quero meu suado imposto investido sendo investido de maneira correta

    • Mal amanheceu e outro sem nome já correu postar em defesa do indefensável. Deve ter cópia da chave da tenda digital.
      Aplique o percentual de diminuição da taxa de natalidade na população estudantil e você verá que sua postagem não faz sentido.
      Viu como um bom ensino fundamental faz falta?

      • “faz sentido ” feche escolas e abra presídios, da para superfaturar mais, pois a cada rebelião tem que construir um presidio novo por que o anterior foi detonado, e quanto mais vagabundo for o material melhor. O pessoal foge da escola igual o diabo da cruz kkkkkkkkk

    • Estou abestada com o “acéfalo” faz sentido. Faz sentido sim imbecil puxa saco. É por pessoas assim que o Paraná tem o pior e mais corrupto governo de toda sua história. Vamos ver quem vai rir por último. Hoje nosso Estado não tem governo, a Educação não tem comando e ainda existem os pseudos chefes de NRES acreditando que mandam alguma coisa. Quem disse que vcs nos representam???
      Acorda bando de incompetentes. Ensaquem seus pertences e sumam .Vão encontrar outro puleiro……….

    • Rindo demais… é somente pedir o CPF na nota.
      Terá seu imposto de volta.