Moro grampeou até o papa!

Nação está estarrecida com a “grampolândia” criada pelo juiz Sérgio Moro; operadores do Direito dizem que magistrado surtou (não há outra explicação); além de grampear ilegalmente a presidente da República, Dilma Rousseff, e o ex Luiz Inácio Lula da Silva, ele também bisbilhotou advogados – o que é outra violação da Lei; não é demais supor que o juiz da Vaza Jato tenha grampeado o papa Francisco; senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) acusa Moro de vazar interceptações ilegais para a Rede Globo; ideia do consórcio Moro-Globo seria derrubar Dilma e impedir a posse do ministro Lula.

Nação está estarrecida com a “grampolândia” criada pelo juiz Sérgio Moro; operadores do Direito dizem que magistrado surtou (não há outra explicação); além de grampear ilegalmente a presidente da República, Dilma Rousseff, e o ex Luiz Inácio Lula da Silva, ele também bisbilhotou  ministros do STF e advogados – o que é outra violação da Lei; não é demais supor que o juiz da Vaza Jato tenha grampeado o papa Francisco; senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) acusa Moro de vazar interceptações ilegais para a Rede Globo; ideia do consórcio Moro-Globo seria derrubar Dilma e impedir a posse do ministro Lula.

O juiz Sérgio Moro surtou, não há outra explicação.

Além de grampear ilegalmente a presidente da República, Dilma Rousseff, e o ex Luiz Inácio Lula da Silva, o magistrado também bisbilhotou advogados.

O magistrado interceptou ilegalmente os telefones centrais do escritório Teixeira, Martins e Advogados, que defende Lula.

Se Moro rasgou a Constituição para ouvir a República e monitorar até ministros do Supremo Tribunal Federal, como se chutasse o balde. Por isso, não é demais supor que o juiz da Vaza Jato também tenha grampeado o papa Francisco.

Os conteúdos são seletivamente vazados à Rede Globo, segundo denúncia da senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR). A ideia é derrubar Dilma e impedir a posse do ministro Lula.

Advogados têm direito à inviolabilidade telefônica garantia pelo artigo 7º, inciso II, do Estatuto do Advogado (Lei nº 8.906/1994). A OAB ainda permanece muda e calada.

Em tempo: ACM Neto já perdeu o título de “grampinho” faz horas.

Em tempo 2: surtados, juízes federais fizeram nesta tarde comício em Curitiba a favor do golpe.

Comentários encerrados.