Ministro do STF diz que impeachment sem fato jurídico é golpe; assista

Ministro do Supremo Tribunal Federal, Marco Aurélio Mello, jogou um balde de água fria nos golpistas num momento em que eles fazem ginástica para encontrar um "crime" que justifique o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff; magistrado disse que presidente tem razão quando afirma que impeachment sem crime é golpe; "Acertada a premissa, ela tem toda razão. Se não houver fato jurídico que respalde o processo de impedimento, esse processo não se enquadra em figurino legal e transparece como golpe", declarou nesta quarta-feira (30); abaixo, assista ao vídeo.

Ministro do Supremo Tribunal Federal, Marco Aurélio Mello, jogou um balde de água fria nos golpistas num momento em que eles fazem ginástica para encontrar um “crime” que justifique o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff; magistrado disse que presidente tem razão quando afirma que impeachment sem crime é golpe; “Acertada a premissa, ela tem toda razão. Se não houver fato jurídico que respalde o processo de impedimento, esse processo não se enquadra em figurino legal e transparece como golpe”, declarou nesta quarta-feira (30); abaixo, assista ao vídeo.

O ministro do Supremo Tribunal Federal, Marco Aurélio Mello, jogou um balde de água fria nos golpistas num momento em que eles fazem ginástica para encontrar um “crime” que justifique o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Segundo o ministro, a presidente tem razão quando afirma que impeachment sem crime é golpe.

“Acertada a premissa, ela tem toda razão. Se não houver fato jurídico que respalde o processo de impedimento, esse processo não se enquadra em figurino legal e transparece como golpe”, disse nesta quarta-feira (30).

“É uma esperança vã (que o impeachment resolva a crise). Impossível de frutificar. Nós não teremos a solução e o afastamento das mazelas do Brasil apeando a presidente da República. O que nós precisamos, na verdade, nessa hora, é de entendimento, é de compreensão, é de visão nacional”, declarou o magistrado.

A manifestação do ministro do STF se dá na véspera do protesto contra o impeachment em todo o país. Apoiadores do governo — contra o golpe — concentrarão esforços em Brasília.

Abaixo, assista ao vídeo:

Comentários encerrados.