moro_judas

| Comente agora

Boneco simbolizando o juiz federal Sérgio Moro foi malhado na madrugada deste sábado (26), na República do Grampo, em Curitiba, seguindo a tradição cristã de malhar o Judas; fantoche (esquerda) foi pendurado em frente ao prédio da 13ª Vara da Justiça Federal; manifestantes já haviam apresentado semana passada, em São Paulo, o magistrado como “traidor” na Avenida Paulista; ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva também atribuiu ao chefe da Lava Jato a crise econômica que assola o país durante plenária de sindicalistas; enfraquecimento de Moro, que é alvo de protestos, acende a luz amarela no comitê central golpista (Globo), que pede para acelerar o golpe contra o mandato constitucional da presidente Dilma Rousseff — uma repetição do que foi o golpe contra o ex-presidente paraguaio Fernando Lugo — que consiste no “convencimento” de que ela tem de “renunciar” logo ao cargo, sem precisar votar o impeachment.

Deixe uma resposta

Preenchimento obrigatório *.