Janela da infidelidade antecipa fim do governo Beto Richa

Sob o signo da infidelidade partidária, governo Beto Richa (PSDB) acelera forte rumo ao que se pode chamar de "fim de feira"; troca-troca partidário na base governista antecipa disputa por 2018, tendo como antagonistas Ratinho Júnior, que migrou do PSC para o PSD, e a vice Cida Borghetti, mulher do capo do PP Ricardo Barros; Ratinho tem na retaguarda do Palácio Iguaçu o chefe de negócios e da Casa Civil, Eduardo Sciarra, em contradição com os interesses dos Barros; será que só o pedágio une o que a política desuniu?

Sob o signo da infidelidade partidária, governo Beto Richa (PSDB) acelera forte rumo ao que se pode chamar de “fim de feira”; troca-troca partidário na base governista antecipa disputa por 2018, tendo como antagonistas Ratinho Júnior, que migrou do PSC para o PSD, e a vice Cida Borghetti, mulher do capo do PP Ricardo Barros; Ratinho tem na retaguarda do Palácio Iguaçu o chefe de negócios e da Casa Civil, Eduardo Sciarra, em contradição com aparentes interesses da família Barros; será que só o pedágio une o que a política desuniu?

Sabe aquela sensação de fim de feira? Pois é, é exatamente isso que acomete o governo do Paraná, de Beto Richa (PSDB), com a abertura da janela da infidelidade, que permite aos políticos trocar de partido sem que sejam penalizados com a perda de mandato.

Richa completou um ano e dois meses deste segundo mandato, ou seja, falta ainda dois anos e 10 meses para concluí-lo. Ou seja, a agonia continua para o desespero dos paranaenses.

Mas por que raios chegou ao fim o governo tucano, antes mesmo do término da gestão? Que diabo tem a ver infidelidade partidária com Richa, se ele permanecerá no ninho?

Ora, a migração do secretário de Estado do Desenvolvimento Urbano (SEDU), Ratinho Junior, que trocou o PSC pelo PSD, antecipa a disputa pela sucessão do governador do PSDB, em 2018. Além disso, a movimentação extemporânea causa fissuras insanáveis nas paredes do Palácio Iguaçu.

Até as capivaras que habitam o Parque Barigui, em Curitiba, sabem que a vice-governadora Cida Borghetti (PP) sonha herdar a cadeira de Richa. Logo, a família do capo Ricardo Barros lutará com unhas e dentes para permanecer no comando do estado após desincompatibilização do titular que buscará o “foro privilegiado” no Congresso.

Desenha-se no horizonte, portanto, uma guerra palaciana entre as facções do PSD e do PP. Ratinho tem na retaguarda do Palácio Iguaçu o chefe de negócios e da Casa Civil, Eduardo Sciarra, em contradição com os interesses dos Barros. Ou será que só o pedágio une o que a política desuniu?

9 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. VEJAM A ATITUDE DESSE VAGABUNDO DO PARANÁ QUE É DEPUTADO FEDERAL:

    Hauly aparece na delação premiada de Luiz Antonio de Souza

    O advogado Eduardo Duarte Ferreira, que representa o auditor Luiz Antonio de Souza, denunciou agora a pouco, no programa do jornalista Barbosa Neto, na Rádio Brasil Sul, que o deputado Luiz Calos Hauly ( PSDB), que foi secretário de Fazenda no governo Beto Richa de 2009 a 2011, e seu assessor Amaury Escudeiro, que na época era diretor da Secretaria de Fazenda, teriam cobrado propina de empresas de confecção do Paraná para que tivessem benefícios no incentivo de ICMS.

    É a primeira vez que o deputado Luiz Carlos Hauly aparece nos depoimentos de Luiz Antonio de Souza e a informação consta na delação premiada que o auditor celebrou com o GAECO. Luiz Antonio de Souza é réu na Operação Publicano, que investiga um esquema criminoso formado por auditores fiscais da Receita, contadores, advogados e empresários, que teriam se unido para facilitar a sonegação fiscal mediante o pagamento de propina. A apuração abrange os crimes de corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro, concussão e formação de organização criminosa.

  2. VOCE SABE,OU COMO É FICHA LIMPA DA JUSTIÇA ELEITORAL,ELA É BEM SUJA,JÁ FICHA LIMPA E UM PAPEL BEM BRANCO SEM NADA,SABIA.NÃO VOTEM EM FICHA LIMPA ELA PODE ESTAR MUITO SUJA.

  3. ELES SÃO TODOS DIPLOMADOS pele justiça ELEITORAL COMO ficha LIMPA,VERGONHA.

  4. Se o Ratinho trocou de partido não voto mais nele!

  5. O que faz o roedor, para merecer o comando de um Estado do tamanho da França?? E que ele ajudou a quebrar junto com o Playboy… E ainda se agraciado com o Governo do Estado?? Só tá ai porque o pai é um boca-de-caçapa… É UM VAZIO…BIÔNICO…

  6. Mais uma eleição sem opção de candidatos. Que pena

  7. O PP, tornou-se famoso por ser o Partido da Propina. 80% dos deputados federais do PP estão envolvidos em corrupção, conforme noticias. Rezemos para que não ganhem aqui no Paraná.

  8. Para as eleições de 2018, tanto quanto para as eleições de 2016, na grande maioria das cidades, o que falta são nomes de confiança que mostrem a população que podem governar uma cidade, estado ou país.

  9. podem fazer o que quiser,2018 é Osmar Dias governador e Lula presidente.Quem é cida e ratinho