moro_fora

| Comente agora

Autoritarismo e ilegalidades do professor Sérgio Moro foram reprovadas ontem (22) em sua própria casa, a UFPR, onde houve ato de juristas em defesa da democracia; juristas leram e aprovaram a Carta de Curitiba, na qual evocam as garantias constitucionais e a defesa do Estado Democrático de Direito; “Não vai ter golpe”, “Fora Moro, fascista, tucano e golpista”, foram algumas das palavras de ordem na plateia; OAB e a velha mídia também ganharam o carimbo de golpistas; “As concessões dos serviços públicos de rádio e televisão devem ser utilizadas como instrumento de ação política de grupos, instituições e organizações com o objetivo de desestabilizar o regime democrático”, avisaram à Globo; abaixo, a íntegra da Carta de Curitiba, link para subscrever o documento e o vídeo do evento.

Deixe uma resposta

Preenchimento obrigatório *.