Greca anuncia “frente ampla” para disputar Prefeitura de Curitiba

Rafael Greca descartou sair do PMN para disputar a Prefeitura de Curitiba; ao Blog do Esmael, nesta terça-feira 1º, ex-prefeito disse estar empenhado na construção de uma "frente ampla" com PRB, DEM, PSC e PSD; "Vou tentar ser o líder de uma frente em favor de Curitiba. Sem eu ir para o partido dos outros. Se eu não conseguir isso, a cidade não quis a minha candidatura e vocês que fiquem com Fruet ou com o rapaz que é herdeiro de alguém", espinafrou Greca, referindo-se naturalmente ao prefeito Gustavo Fruet (PDT) e ao deputado Requião Filho (PMDB); na foto, o ex-prefeito reunido ontem (29) com lideranças do PRB, em Brasília.

Rafael Greca descartou sair do PMN para disputar a Prefeitura de Curitiba; ao Blog do Esmael, nesta terça-feira 1º, ex-prefeito disse estar empenhado na construção de uma “frente ampla” com PRB, DEM, PSC e PSD; “Vou tentar ser o líder de uma frente em favor de Curitiba. Sem eu ir para o partido dos outros. Se eu não conseguir isso, a cidade não quis a minha candidatura e vocês que fiquem com Fruet ou com o rapaz que é herdeiro de alguém”, espinafrou Greca, referindo-se naturalmente ao prefeito Gustavo Fruet (PDT) e ao deputado Requião Filho (PMDB); na foto, o ex-prefeito reunido ontem (29) com lideranças do PRB, em Brasília.

O ex-prefeito Rafael Greca (PMN) disse ao Blog do Esmael, nesta terça-feira (1), que está empenhado em construir uma “frente ampla” para retornar 20 anos depois à Prefeitura de Curitiba. Ele administrou a cidade entre os anos 1993 e 1997.

No dia de ontem (29), Greca esteve em Brasília conversando com a direção nacional do PRB e aqui no Paraná ele intensifica contatos com o DEM, do deputado Pedro Lupion, e PSC/PSD do deputado licenciado Ratinho Júnior.

O ex-prefeito descarta deixar o pequeno PMN, mas reafirma a disposição e necessidade de montar uma frente partidária para concorrer na eleição de outubro.

“Vou tentar ser o líder de uma frente em favor de Curitiba. Sem eu ir para o partido dos outros. Se eu não conseguir isso, a cidade não quis a minha candidatura e vocês que fiquem com Fruet ou com o rapaz que é herdeiro de alguém”, espinafrou Greca, referindo-se naturalmente ao prefeito Gustavo Fruet (PDT) e ao deputado Requião Filho (PMDB).

O ex-prefeito ainda ironizou as críticas que vem recebendo de correligionários do prefeito pedetista. “O que me consola é que quem fala mal pelo Facebook é emprego comissionado do Fruet”, atacou.

 

Comentários encerrados.