pezao_pmdb

| Comente agora

O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão (PMDB), em entrevista à Folha, disse que um eventual impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) significará entregar o governo nas mãos do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), réu na Lava Jato em virtude de crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro; “Você acha que vai cassar um e não cassar o outro? Duvido que eles deixem ficar o Michel. Aí vai ficar quem? O Eduardo Cunha”, previu Pezão; declaração ocorre nas vésperas da manifestação dos “coxinhas”, dia 13, pela deposição da petista; PMDB realizará neste sábado (12), em Brasília, convenção nacional e debaterá acerca do desembarque do governo federal. A esse respeito o senador Roberto Requião (PMDB-PR) ironizou: “Temer vai renunciar a vice?”.

Deixe uma resposta

Preenchimento obrigatório *.