Blog do Esmael

A política como ela é em tempo real.

Gleisi sobre Lula no governo Dilma: “Deixem o homem trabalhar!”

Luiz Inácio Lula da Silva, independente da decisão do Supremo, será confirmado esta semana na equipe da presidente Dilma Rousseff; ex-presidente foi barrado na Casa Civil por liminar do ministro Gilmar Mendes, do STF, cuja decisão será analisada pelo colegiado da Corte; escolha de ministros e auxiliares é prerrogativa da Presidência; proibição do trabalho de Lula significa mais uma artimanha para o golpe contra a democracia seguir seu curso sem obstáculos; independente do cargo de ministro, que lhe daria foro de função, ex-presidente será confirmado esta semana para assessoria especial da Presidência; senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) manda um recado para a oposição político-judicial: “Deixem o homem trabalhar!”.

Luiz Inácio Lula da Silva, independente da decisão do Supremo, será confirmado esta semana na equipe da presidente Dilma Rousseff; ex-presidente foi barrado na Casa Civil por liminar do ministro Gilmar Mendes, do STF, cuja decisão será analisada pelo colegiado da Corte; escolha de ministros e auxiliares é prerrogativa da Presidência; proibição do trabalho de Lula significa mais uma artimanha para o golpe contra a democracia seguir seu curso sem obstáculos; independente do cargo de ministro, que lhe daria foro de função, ex-presidente será confirmado esta semana para assessoria especial da Presidência; senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) manda um recado para a oposição político-judicial: “Deixem o homem trabalhar!”.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, independente da decisão do Supremo, será confirmado esta semana na equipe da presidente Dilma Rousseff.

Lula foi barrado na Casa Civil por liminar do ministro Gilmar Mendes, do STF, cuja decisão será analisada pelo colegiado da Corte.

É prerrogativa da presidente da República escolher seus ministros e auxiliares e a intromissão de outro poder nisso constitui-se numa aberração.

A proibição do trabalho de Lula significa mais uma artimanha para o golpe contra a democracia seguir seu curso sem obstáculos.

Independente do cargo de ministro, que lhe daria foro de função, o ex-presidente será confirmado esta semana no governo Dilma. Poderá ser chamado para uma assessoria especial da Presidência.

“Lula será confirmado esta semana no governo Dilma”, informou ao Blog do Esmael a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR). “Para ajudar, ele [Lula] não precisa de foro privilegiado”, completou.

Gleisi manda um recado para a oposição político-judicial: “Deixem o homem trabalhar!”.

Comentários desativados.