dilma_lula

| Comente agora

A presidente Dilma Rousseff, em nota, manifestou nesta sexta-feira (4) seu “inconformismo” com a desnecessária condução coercitiva do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para prestar depoimento à Polícia Federal, na 24ª fase da Operação Lava Jato. “Manifesto meu integral inconformismo com o fato de um ex-presidente da República que, por várias vezes, compareceu voluntariamente para prestar esclarecimentos perante às autoridades competentes, seja agora submetido a uma desnecessária condução coercitiva para prestar um depoimento”, diz um trecho do documento. Abaixo, leia a íntegra da nota.

Deixe uma resposta

Preenchimento obrigatório *.