Deu quiproquó na Câmara durante #OABrepete64 – assista ao vídeo

da Agência Brasil

Manifestantes contrários e favoráveis ao impeachment da presidenta Dilma Rousseff bateram boca esta tarde, na Câmara, durante tentativa da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) protocolar novo pedido de afastamento da petista; houve empurra-empurra e palavras de ordem de ambos os lados; quiproquó ocorreu no instante que a hashtag #OABrepete64 liderava o topo no Twitter; em 1964, entidade defendeu o golpe militar que perdurou 21 anos; profissionais do Direito estudam criar uma “Nova Ordem” mais democrática e plural.

Manifestantes contrários e favoráveis ao impeachment da presidenta Dilma Rousseff bateram boca esta tarde, na Câmara, durante tentativa da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) protocolar novo pedido de afastamento da petista; houve empurra-empurra e palavras de ordem de ambos os lados; quiproquó ocorreu no instante que a hashtag #OABrepete64 liderava o topo no Twitter; em 1964, entidade defendeu o golpe militar que perdurou 21 anos; profissionais do Direito estudam criar uma “Nova Ordem” mais democrática e plural; senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) registrou o momento (assista ao vídeo abaixo).

Assista ao vídeo da senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR):

Em meio a tumulto, OAB protocola novo pedido de impeachment na Câmara

O Salão Verde da Câmara dos Deputados foi palco, na tarde de hoje (28), de manifestações contrárias e favoráveis ao impeachment da presidenta Dilma Rousseff, com troca de palavras de ordem envolvendo as duas partes. A mobilização foi motivada pelo pedido de impeachment elaborado pelo Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), que foi protocolado nesta segunda-feira na Câmara pelo presidente da entidade, Cláudio Lamachia.

Advogados e manifestantes contrários ao pedido entoavam palavras de ordem, como “Não vai ter golpe”. Os favoráveis ao afastamento de Dilma respondiam com “Fora, PT”. Houve tumulto e empurrra-empurra dos dois lados.

O Conselho Federal da OAB decidiu apresentar um novo pedido de impeachment, incluindo a delação premiada do senador Delcídio Amaral (sem partido-MS). O posicionamento da entidade causou reação de inúmeros membros da Ordem e de juristas, que divulgaram um manifesto pedindo à instituição que faça uma ampla e direta consulta a seus filiados sobre a entrega do documento.

O manifesto classifica a proposta da OAB de “erro brutal” e diz que “essa decisão, por sua gravidade e consequências, que lembra o erro cometido pela Ordem em 1964, jamais poderia haver sido tomada sem uma ampla consulta aos advogados brasileiros”.

15 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. I simply want to say I’m very new to weblog and certainly liked this web blog. Likely I’m likely to bookmark your website . You actually have very good articles. Thank you for revealing your blog.

  2. Se a OAB, nem mesmo sabe o que ela é, então é ilegal lei e o decreto que criou, um ahora é uma autarquia outra hora não é, então porque não criar uma associação tipo CREA E COREM, não preciso explicar o significado, e a AOB porque não poderia se chamar CREAB, aí sim vou explicar, CONSELHO REGIONAL DE ADVOGADOS BRASILEIROS, simples assi, mais com uma cultura nova que não seja aquela criada por decreto e que legitimou o golpe de 1964? Advogados do Brasil se unam em torno dessa causa dos bons principios constitucionais?

  3. Não sou advogado, mas a classe tinha que se unir e ir a OAB e pedir a saída deste Presidente da OAB que foi parcial em sua decisão, que lá só tinha Presidentes Estaduais que votaram pela ordem do Presidente Nacional. O correto era que todos os advogados opinassem, afinal tem muitos a favor da democracia e permanência da vontade do voto que elegeu a Presidente Dilma. Eu respeito as urnas, pois ela expressa a vontade do povo. Se foi errada a decisão então vamos para 2018 corrigir, e não deixar o país neste caos, onde pessoas estão se agredindo na rua por motivos da política, onde um juiz de primeira instância tenta derrubar um governo eleito e não empossado como o juiz e seus amigos tucanos querem.
    A DEMOCRACIA É O VOTO NAS URNAS, OUTRA AÇÃO É GOLPISMO.

  4. É só comentário pró-PT, da companheirada que é mais fácil ser enganada do que ser convencida de que está sendo enganada. Gente que comenta notícia sem ler e sem entender. Fanatismo misturado com analfabetismo funcional. E la nave va.

  5. O sangue derramado de dona Lydia Monteiro da Silva, funcionária da OAB/RJ, morta em 27 de agosto de 1980, por uma carta-bomba dos agentes da ditadura deveria servir de exemplo para OAB de agora que teima em repetir o mesmo erro cometido em 1964. Mas ao contrário o dr. Lamachia presidente atual da OAB nacional e em quem os advogado brasileiro não votaram diretamente em sua a ânsia de protocolar mais um pedido de impeachment, espúrio e sem fundamento sólido, contra uma presidente eleita legitimamente pelo povo brasileiro, disse que: “não há racha na ordem e que 30 advogados protestando em frente a sede nada representam pois somos quase um milhão de advogados”. Ou ele está profundamente desinformado ou está tripudiando sobre os milhares de advogados país afora, insatisfeito com a atitude da Ordem. Prova disto são os vários protestos e petições abertas lançados no RGS, PN, PB, PI etc

  6. O dr. Lamachia, em quem os advogados não votaram diretamente para presidente da OAB, na sua ânsia de protocolar um pedido de impeachment espúrio e sem fundamento contra a presidente Dilma,legitimamente eleita pelo povo brasileiro, disse que não não há “racha” na entidade e que 30 advogados em protesto em frente a sede da ordem nada representam ante os cerca de novecentos mil advogados brasileiros. Ou ele está profundamente desinformado ou está tripudiando diante das manifestações dos já milhares de advogados, ocorridas no RGS, PR, PB,PI e etc. Será que o erro de 1964 e o sangue derramado e a morte por carta bomba) dos agentes da ditadura da servidora Lydia M de Carvalho da OAB/RJ foi em vão?. É lamentável que uma entidade que possui filiado de ambos os lados tenha adotado uma postura parcial e reprovável ao contrário de postar-se como magistrado, defensora da legalidade e fiscal e moral da sociedade neste processo tão delicado que ocorre no pais. A decisão tomada por por uma minoria de delegados (26 regionais) é insignificante não legitima a representação de quase um milhão de Advogados e Advogadas inscritos, para adotar uma postura tão seria que pode resultar em golpe contra o estado democrático de direito e as prerrogativas dos próprios advogados, como já está ocorrendo, os quais caberia a OAB defender. Sr,Lamachia logo o sr saberá se houve “racha” ou não, e ai talvez já seja tarde demais. Em Nada a atitude atual da OAB contribui para o fortalecimento da advocacia, da democracia, do estado democrático de direito e de nossa Pátria o Brasil. Mais que indignado estou envergonhado de vossas atitudes. AH! NÃO SOU POLÍTICO PARTIDÁRIO.

  7. O que se pode esperar de uma entidade que não defende seus membros advogados quando são grampeados por um juiz de primeira instância? Respeito os advogados mas os dirigentes de sua entidade estão no esgoto da História.

  8. Só o fato de tentar entregar o, significativamente, “elaborado” pedido de impeachment a ninguém menos que Eduardo Cunha, já me dá náusea. Por outro lado, não sou advogado:- sou trabalhador e em meu nome não pedi para entregar pedido nenhum. Quanto à “Nova Ordem”, meu Deus, 1964 foi a mesma cantilena… Êita OAB facciosa…

  9. Estou profundamente deprimida em ver tamanha ambição e desonestidade. OAB , o que representa mesmo? Nao dá pra confiar, estão passando por cima de tudo e o culpado o tal Moro fazendo e acontecendo. Falta coragem para prender Moro, Mendes, Cunha ,Neves, Marinhos e boa parte dos deputados e senadores? Como viver num país que está prestes a mergulhar numa escuridão? É o fim, estão tirando o meu direito de viver.

  10. – Não lembro de ter votado em ninguém da OAB para protocolar algo na Câmara.

  11. Caberia um questionamento judicial, não é possível termos um juiz que detona um país no intuito de gerar os argumentos para pôr Lula na cadeia, em conluio com a FIESP, destruiu a economia brasileira, levou milhares de empresários a banca rota, jogou milhões de brasileiros na rua, provocou um prejuízo TRILIONÁRIO aos cofres públicos…ao passo que anos antes diante do escândalo do BANESTADO 12 vezes maior o Moro nada tenha feito. É flagrante o crime de Lesa Pátria

  12. Infelizmente a OAB virou braços políticos de muitos partidos, mas tem profissionais que estão buscando uma nova Ordem para que a mesma seja imparcial, anti partidária e a favor da democracia. Está que está aí é contaminada pelos anseios políticos e não pela vontade de uma classe profissional que prima pela justiça e pela democracia no Brasil.

  13. Só porque foram chamados de covardes!?