souza_richa

| Comente agora

Depois de o STJ (Superior Tribunal de Justiça) transformar o governador Beto Richa (PSDB) em réu na investigação de propina na Receita Estadual, o ex-auditor fiscal Luiz Antônio de Souza, delator do esquema de R$ 4,4 milhões na campanha de reeleição do tucano, pediu proteção à Justiça; delator que está preso desde janeiro de 2015, na Penitenciária Estadual de Londrina (PEL), solicitou ao juiz da 3ª Vara Criminal de Londrina, Juliano Nanuncio, “isolamento absoluto, monitoramento diuturno por câmeras de segurança, da movimentação de pessoas que cercam o cubículo que mantém a restrição de liberdade [de Souza]” e pede ainda que ele só faça as refeições com alimentos fornecidos pela sua família; ou seja, o delator do governador tucano teme que o “suicidem” dentro da prisão.

Deixe uma resposta

Preenchimento obrigatório *.