Coluna do Marcelo Araújo: “Prefeito Gustavo Fruet, preserve a dignidade restante; renuncie!”

renuncie

Em sua coluna desta terça-feira, o advogado Marcelo Araújo comenta a suposta depressão do prefeito Gustavo Fruet (PDT), que segundo ele, além de debilitar sua saúde, acaba por prejudicar a vida dos cidadãos de Curitiba. Para o advogado, um indicativo do desânimo foi a negativa em participar da sabatina promovida pelo jornal Gazeta do Povo. Como solução, Marcelo aponta a renúncia do prefeito e a posse da vice, a petista Miriam Gonçalves, que para ele, independente das ideologias, teria condições de, nesses nove meses de mandato que restam, trazer um novo ânimo para a administração municipal. Leia, ouça, comente e compartilhe.

Marcelo Araújo*

Nesta segunda-feira o Blog do Esmael trouxe a público uma informação preocupante sobre nosso prefeito, mas que já não era novidade entre os mais próximos, de que estaria enfrentando uma fase de depressão profunda, e por consequência uma natural incapacidade de gestão.

O indicativo mais recente e marcante desse estado vegetativo foi esquivar-se da sabatina promovida pelo periódico que lhe confere a maior solidariedade e proteção, a Gazeta. Nesse episódio ele literalmente passou o recibo…

Para atingir seu objetivo eleitoral o prefeito firmou laços com aqueles que como parlamentar ele tecia duras críticas. Depois de usar essa escada, num declarado alpinismo político, tenta se desvencilhar dos ‘companheiros’, contrariando inclusive a postura atual de seus pares de partido. Com isso expõe sua personalidade desleal e infiel que alguns amigos do passado, como eu, tiveram a oportunidade de conhecer.

Mas quando as doenças do corpo e da alma do governante afetam a vida dos governados é preciso analisar as possíveis soluções emergenciais, numa solução suprapartidária, uma renúncia! Tomarei a liberdade de parafrasear a expressão usada de forma reservada pelo ex-presidente Lula mas que ganhou notoriedade pela divulgação de conversa telefônica. Temos um prefeito sem saco e uma vice-prefeita de grelo duro.

Para os que conhecem expressões regionais sabem que não se trata de uma expressão machista depreciativa, pelo contrário, um elogio a mulheres de personalidade forte, determinadas e capacitadas. Independente de ideologias político partidárias, devemos reconhecer as qualidades da nossa vice-prefeita Mirian Gonçalves.

A mulher tem o dom divino de operar o milagre da vida num período de 9 meses, exatamente o tempo restante do mandato. Quem sabe uma mulher tenha o dom de devolver a vida a Curitiba, e evitar maiores danos, inclusive no patrimônio político do prefeito, que já está no negativo.

Devemos considerar que o desinteresse na reeleição será um martírio infindável, em que cada hora demora 120 minutos para passar, o que será muito nocivo para a saúde do prefeito e dos curitibanos.

Espero sinceramente que sua equipe interna como o anão, e sua equipe externa como o jornalista Celso Nascimento, tenham compaixão e não induzam o prefeito a continuar pensando que está preparado, ou que dentre as opções que considera ruim ele ainda é o melhor.

De multa eu entendo!

*Marcelo Araújo é advogado, presidente da Comissão de Trânsito, Transporte e Mobilidade da OAB/PR. Escreve nas terças-feiras para o Blog do Esmael.

Comentários encerrados.