Coluna do Alvaro Dias: Novos tempos no Poder Judiciário

judiciario

Em sua coluna semanal, o senador Alvaro Dias (PV) enaltece as ações do Poder Judiciário no combate à corrupção, em especial a Operação Lava Jato. Para ele, cabe aos parlamentares dar sustentação política para que as instituições cumpram seu papel. Segundo o senador, é preciso repudiar aqueles que “estão tentando promover arruaça para inviabilizar o trabalho do Poder Judiciário”. Leia, ouça, comente e compartilhe.

Download áudio

Alvaro Dias*

Os últimos acontecimentos da Operação Lava Jato mostraram ao País a fotografia da mudança. O que verificamos, com o mandado de condução coercitiva para um ex-presidente da República, é que a Justiça é igual para todos.

Mais do que nunca, devemos valorizar as instituições democráticas, que, com independência e ousadia, procuram varrer a sujeira acumulada debaixo do tapete nos últimos anos, promovendo uma mudança radical no nosso País. Essas instituições – Ministério Público, Polícia Federal, Justiça, especialmente a Justiça Federal – reabilitam a nossa crença e a nossa esperança de derrotar a impunidade

Muitos de nós, no Congresso Nacional, também nos dedicamos à investigação política, instaurando CPIs; auditorias; ingressando com ações judiciais e representações junto ao Procurador-Geral da República. Agora cabe aos parlamentares dar sustentação política a essas instituições, não admitindo a desqualificação delas, como pretendem alguns representantes do governo.

Não podemos aceitar qualquer tentativa de chamar a população para a conflagração. Os brasileiros sabem o que está acontecendo; sabem que a força-tarefa da Operação Lava Jato está investigando desvio de recursos públicos para a conta daqueles que deviam administrar, com competência e honestidade; a República; sabem também o quanto é difícil manter o emprego, ter acesso ao serviço de saúde pública, frequentar a universidade e buscar qualidade de vida para as suas famílias.

Contudo, embora a esmagadora maioria dos brasileiros não tenha aderido à convocação para o confronto em defesa dos investigados, não podemos deixar de repudiar a falta de responsabilidade daqueles que estão tentando promover arruaça para inviabilizar o trabalho do Poder Judiciário.

No próximo domingo (13/3), os brasileiros fazem novas manifestações pacíficas, em todo o País, para mostrar indignação com a crise e cobrar uma solução. Precisamos superar um impasse: teremos impeachment ou não teremos? Cabe ao Congresso Nacional agilizar os procedimentos para essa decisão. Esperamos que o Planalto Central saiba interpretar a voz das ruas.

*Alvaro Dias é senador pelo Partido Verde. Ele escreve nas quartas-feiras para o Blog do Esmael sobre “Ética na Política”.

Comentários encerrados.