Coluna do Alvaro Dias: Novos tempos no Poder Judiciário

judiciario

Em sua coluna semanal, o senador Alvaro Dias (PV) enaltece as ações do Poder Judiciário no combate à corrupção, em especial a Operação Lava Jato. Para ele, cabe aos parlamentares dar sustentação política para que as instituições cumpram seu papel. Segundo o senador, é preciso repudiar aqueles que “estão tentando promover arruaça para inviabilizar o trabalho do Poder Judiciário”. Leia, ouça, comente e compartilhe.

Download áudio

Alvaro Dias*

Os últimos acontecimentos da Operação Lava Jato mostraram ao País a fotografia da mudança. O que verificamos, com o mandado de condução coercitiva para um ex-presidente da República, é que a Justiça é igual para todos.

Mais do que nunca, devemos valorizar as instituições democráticas, que, com independência e ousadia, procuram varrer a sujeira acumulada debaixo do tapete nos últimos anos, promovendo uma mudança radical no nosso País. Essas instituições – Ministério Público, Polícia Federal, Justiça, especialmente a Justiça Federal – reabilitam a nossa crença e a nossa esperança de derrotar a impunidade

Muitos de nós, no Congresso Nacional, também nos dedicamos à investigação política, instaurando CPIs; auditorias; ingressando com ações judiciais e representações junto ao Procurador-Geral da República. Agora cabe aos parlamentares dar sustentação política a essas instituições, não admitindo a desqualificação delas, como pretendem alguns representantes do governo.

Não podemos aceitar qualquer tentativa de chamar a população para a conflagração. Os brasileiros sabem o que está acontecendo; sabem que a força-tarefa da Operação Lava Jato está investigando desvio de recursos públicos para a conta daqueles que deviam administrar, com competência e honestidade; a República; sabem também o quanto é difícil manter o emprego, ter acesso ao serviço de saúde pública, frequentar a universidade e buscar qualidade de vida para as suas famílias.

Contudo, embora a esmagadora maioria dos brasileiros não tenha aderido à convocação para o confronto em defesa dos investigados, não podemos deixar de repudiar a falta de responsabilidade daqueles que estão tentando promover arruaça para inviabilizar o trabalho do Poder Judiciário.

No próximo domingo (13/3), os brasileiros fazem novas manifestações pacíficas, em todo o País, para mostrar indignação com a crise e cobrar uma solução. Precisamos superar um impasse: teremos impeachment ou não teremos? Cabe ao Congresso Nacional agilizar os procedimentos para essa decisão. Esperamos que o Planalto Central saiba interpretar a voz das ruas.

*Alvaro Dias é senador pelo Partido Verde. Ele escreve nas quartas-feiras para o Blog do Esmael sobre “Ética na Política”.

10 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Porra, não acaba nunca esse oleo de peroba. Da a dica que eu quero comprar

  2. O Alvaro Dias deve amar o Moro, td mundo sabe d seu envolvimento com o doleiro Youssef,mas… não vem ao caso.

  3. O senador, citado pelo Yousseff por ter feito uma campanha no jatinho do doleiro, tem mesmo que fazer um agrado ao poder judiciário, digo, ao juiz Moro. Senador, nós te conhecemos…

  4. Só não é igual para o FHC, Alckmin, Aécio e no seu próprio estado com o desgovernador Beto Richa afundado em denúncias de corrupção, nossa que análise mais profunda que esta pessoa fez! Esse mandado de condução coercitiva por que ? Se o ex Presidente NUNCA se negou a prestar esclarecimentos a justiça? Pare de ser tão coxinha, que opinião mais desprovida de intelectualidade. Está acirrada a luta de classes senador e vai ter luta, não pense que a classe trabalhadora vai aceitar golpe ou uma justiça seletiva!

  5. É fato o que diz senador.
    No entanto, tais ações do judciário só se legitimam se isentas de qualquer influência dos veículos de mídia, interessados nos resultados dos processos hora em andamento, o que como verificamos, é o caso da Lavajato.
    Por outro lado, e seguindo vosso próprio raciocínio, revemos enaltecer também as operações do judiciário estadual, a Publicano e a Quadro Negro, que podem render sérias consequências para seu ex correligionário atual governador deste desafortunado estado.
    Pau que då em Chico TAMBÉM TEM QUE DAR EM FRANCISCO…

  6. Enquanto o Moro está preocupado com pedalinho, o Serra e sua turma entregam o Pré-Sal!

  7. Sr. Álvaro Dias.

    1.Bipolaridade golpista detectada.Dia Álvaro GolpeSim, Dia AlcaroGolpe não.

    2. Desenhando:

    Não tente enganar trouxas com isso ” ninguém esta acima da Lei” Pois não se tratou de igualar. Lula foi obrigado a participar do show programado com o figurante Bolsonaro. Essa é nossa repulsa.

    Sobre convocação. Calma lá. As adesões estão espontâneas, ou não te convém ver?

    Falando nisso a policia civil já descobriu quem é o assassino de Maringá, aquele corpo encontrado? O senhor poderia ajudar a pressionar?

    Grata,

    Não vou votar no senhor, por não ser pessoa razoável.

    Maria

  8. Vai pra casa cuidar dos seus lindos cabelinho, não passa de outro cínico, mentiroso….