Brasil sai hoje às ruas contra o golpe

Hoje, 52 anos após o golpe militar de 1964, o Brasil volta às ruas para defender a democracia ameaçada; há em curso no país mais uma tentativa de golpe contra o Estado Democrático de Direito; teconhecidos ladrões da República querem a deposição de Dilma Rousseff, uma mulher honesta, que nada roubou; ministro Marco Aurélio Mello, do STF, afirmou ontem que "impeachment sem crime é golpe"; golpistas querem violar mais de 54 milhões de votos conferidos a presidente democraticamente eleita na eleição de 2014; forças vivas e pensantes da sociedade vão às ruas hoje, em todo o país, para que as trevas não voltem rondar nossas liberdades democráticas; covardia de setores da sociedade, em 31 de março de 1964, mergulhou o Brasil numa sanguinária ditadura de 21 anos; Blog do Esmael vai transmitir ao vivo nesta tarde a marcha contra o golpe.

Hoje, 52 anos após o golpe militar de 1964, o Brasil volta às ruas para defender a democracia ameaçada; há em curso no país mais uma tentativa de golpe contra o Estado Democrático de Direito; reconhecidos ladrões da República querem a deposição de Dilma Rousseff, uma mulher honesta, que nada roubou; ministro Marco Aurélio Mello, do STF, afirmou ontem que “impeachment sem crime é golpe”; golpistas querem violar mais de 54 milhões de votos conferidos a presidente democraticamente eleita na eleição de 2014; forças vivas e pensantes da sociedade vão às ruas hoje, em todo o país, para que as trevas não voltem rondar nossas liberdades democráticas; covardia de setores da sociedade, em 31 de março de 1964, mergulhou o Brasil numa sanguinária ditadura de 21 anos; Blog do Esmael vai transmitir ao vivo nesta tarde a marcha contra o golpe.

Hoje, 52 anos após o golpe militar de 1964, o Brasil volta às ruas para defender a democracia ameaçada.
Há em curso no país mais uma tentativa de golpe contra o Estado Democrático de Direito.

Reconhecidos ladrões da República querem a deposição de Dilma Rousseff, uma mulher honesta, que nada roubou.

Para usar a expressão do ministro Marco Aurélio Mello, do STF, “impeachment sem crime é golpe”.

Os golpistas querem violar mais de 54 milhões de votos conferidos a presidente democraticamente eleita na eleição de 2014.

É importante que as forças vivas e pensantes da sociedade saiam hoje às ruas, em todo o país, para que as trevas não voltem rondar nossas liberdades democráticas.

A covardia de alguns setores da sociedade, em 31 de março de 1964, mergulhou o Brasil numa sanguinária ditadura de 21 anos.

Portanto, não deixe hoje a história se repetir, pois, segundo Marx, isso a primeira vez isso ocorre como tragédia e a segunda como farsa.

O Blog do Esmael vai transmitir ao vivo nesta tarde a marcha contra o golpe.

5 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Parece que os golpistas tiraram o Twitter do ar.

  2. A TODOS OS LEITORES, VEJAM QUE TEM ALGUMAS ” INSTITUIÇÕES ” QUE NOVAMENTE SE DÃO AO GOLPE COMO EM 64, VAMOS LÁ :
    ONTEM VI UM PRCURADOR DA REPUBLICA NUMA TAL DE AMCHAM AMERICANA E NINGUEM CITA ISTO AQUI NA MIDIA E TEM QUE REPRODUZIR E É HISTÓRIA:
    Trajano Pupo Neto integrava a AmCham (American Chamber, a Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos), que colaborava na organização das contas do Ipês e no fluxo de recursos pró-golpe vindos do exterior EM 64.
    FONTES :
    http://painelacademico.uol.com.br/painel-academico/4876-ruas-de-sao-paulo-homenageiam-empresarios-que-apoiaram-o-golpe-e-a-ditadura

    http://www.cartacapital.com.br/politica/o-golpe-de-empresarios-e-militares-452.html

  3. RUA RUA RUA, VAMOS TODOS CONTRA ESSA MIDIA DAS ELITES JUNTO COM OS DEPUTADOS TRAIRAS.FORA GOLPISTAS/ GANHEM NAS URNAS!!!