Assista: ‘Pato da sonegação’ da Fiesp é furado em Brasília #NãoVaiTerPato

Militantes antigolpe postaram nas redes sociais durante a madrugada desta quarta-feira (30) ações que culminaram com o furo do 'pato da sonegação', como os ativistas denominam o brinquedinho; ideia da Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp) era utilizar o marreco como símbolo do golpe contra Dilma Rousseff; recentemente, parlamentares cogitaram instalar uma CPI na Câmara para investigar a sonegação de impostos pelo sistema S; deputados denunciam que essas entidades estariam fazendo especulação no mercado financeiro com dinheiro público; portanto, a não ser que haja um remento, hoje #NãoVaiTerPato em Brasília; abaixo, assista ao vídeo após ação contra o ‘pato da sonegação’.

Militantes antigolpe postaram nas redes sociais durante a madrugada desta quarta-feira (30) ações que culminaram com o furo do ‘pato da sonegação’, como os ativistas denominam o brinquedinho; ideia da Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp) era utilizar o marreco como símbolo do golpe contra Dilma Rousseff; recentemente, parlamentares cogitaram instalar uma CPI na Câmara para investigar a sonegação de impostos pelo sistema S; deputados denunciam que essas entidades estariam fazendo especulação no mercado financeiro com dinheiro público; portanto, a não ser que haja um remento, hoje #NãoVaiTerPato em Brasília; abaixo, assista ao vídeo após ação contra o ‘pato da sonegação’. (Foto: Mídia Ninja; charge: Aroeira).

A Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp) transportou esta semana um pato inflável gigante até Brasília. A ideia era utilizar o marreco como símbolo do golpe contra Dilma Rousseff.

Qual o quê! Militantes antigolpe postaram nas redes sociais durante a madrugada desta quarta-feira (30) ações que culminaram com o furo do ‘pato da sonegação’, como os ativistas denominam o brinquedinho.

Recentemente, parlamentares cogitaram instalar uma CPI na Câmara para investigar a sonegação de impostos pelo sistema S. Eles denunciam que essas entidades estariam fazendo especulação no mercado financeiro com dinheiro público.

Portanto, a não ser que haja um remento, hoje #NãoVaiTerPato em Brasília.

O Blog do Esmael não conseguiu contato com o presidente da Fiesp, Pato Skaf, para comentar o incidente em frente ao Congresso Nacional.

Assista ao vídeo:

Comentários encerrados.