5 de março de 2016
por Esmael Morais
3 Comentários

Dilma: tentativa de “impeachment cautelar” para impedir Lula em 2018

A presidente Dilma Rousseff disse neste sábado (5) que seu antecessor, Lula, foi vítima de tentativa de “impeachment cautelar” visando impedi-lo de disputar as eleições de 2018.

Dilma realizou visita de solidariedade ao ex-presidente Lula, em São Bernardo do Campo, onde permaneceu uma hora na casa dele.

A residência de Lula ficou durante o dia sob vigília de militantes do PT, que também foram desagravá-lo pela condução coercitiva à Polícia Federal, no aeroporto de Congonhas.

Para muitos juristas, o ex-presidente foi vítima de um sequestro.

O juiz Sérgio Moro, da Lava Jato, pretendia encaminhar Lula para Curitiba, mas recuou diante das manifestações em todo o país.

No próximo dia 13 de março, defensores da legalidade e adeptos da parceria Moro-Globo prometem disputar as ruas.

Leia mais

5 de março de 2016
por Esmael Morais
46 Comentários

Petistas querem ir às ruas dia 13 contra golpe jurídico-midiático

A militância do Partido dos Trabalhadores quer resgatar a mística do número “13” definindo o próximo domingo, dia 13 de março, como data de manifestações contra a parceria Moro-Globo. O diabo é que oposicionistas que defendem o impeachment da presidente Dilma também marcaram o próximo domingo 13 para sair às ruas.

Em Brasília, por exemplo, o PT já decidiu ocupar a Esplanada dos Ministérios no domingo 13, a partir das 9 horas, contra os golpistas.

Para a militância, o “13” foi surrupiado do PT pelos coxinhas que prometem protesto no próximo dia 13 de março em apoio ao golpe jurídico-midiático, contra o governo Dilma e o ex-presidente Lula, a favor do juiz Sérgio Moro.

Além do Distrito Federal, também no dia 13 de março, a militância petista articula sair às ruas em Salvador e no Rio de Janeiro – com direito a protesto em frente a Rede Globo.

A radicalização dos dois lados — oposição e situação – deveu-se à “condução coercitiva” do ex-presidente Lula para prestar depoimento ontem (4), na Polícia Federal, no aeroporto de Congonhas. Há, no entanto, quem tenha visto nessa 24ª fase da operação Lava Jato um sequestro e uma tentativa de golpe jurídico-midiático contra o governo Dilma.

Leia mais

5 de março de 2016
por Esmael Morais
3 Comentários

Dilma chega a São Bernardo; Lula abraça e tira fotos com militantes

da Agência Brasil

A presidenta Dilma Rousseff chegou há pouco ao prédio onde mora o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em São Bernardo do Campo (SP), para encontro com Lula. Em frente ao prédio, militantes e apoiadores ao ex-presidente fazem uma vigília. Dilma, Lula e a ex-primeira-dama Marisa Letícia apareceram na varanda para os manifestantes.

Antes da chegada de Dilma, Lula desceu de surpresa e cumprimentou os manifestantes. O ex-presidente abraçou alguns militantes e tirou fotos. Um carro de som foi levado até o local para Lula discursar. No entanto, o ex-presidente disse que não faria discurso, pois o prédio onde mora fica ao lado de um hospital.

Os apoiadores se aglomeraram ao redor do ex-presidente, enquanto ele caminhava, para abraçá-lo e tirar fotos com câmeras e celulares e gritavam palavras de ordem a favor de Lula. Mais cedo, os organizadores informaram que 1 mil pessoas participam da vígilia. A Polícia Militar estima 250 pessoas.

Após o encontro com Lula, Dilma deve serguir para Porto Alegre, onde irá descansar o resto do final de semana.

Leia mais

5 de março de 2016
por Esmael Morais
17 Comentários

AO VIVO: Requião lança plataforma presidencial em Porto Alegre

O senador paranaense Roberto Requião comandará na manhã deste sábado (5), em Porto Alegre, o lançamento de sua plataforma com cinco eixos durante encontro regional do PMDB dos estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. O evento antecede à convenção nacional peemedebista, no próximo dia 12, em Brasília.

Além da pauta interna, a agremiação também deverá solidarizar-se com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que foi sequestrado ontem (4) por um frustrado golpe midiático.

O Blog do Esmael transmite ao vivo a convenção do PMDB sulista, em parceria com a TV 15, para o Brasil e o mundo.

O parlamentar, que hoje completa 75 anos, poderá emergir desse encontro de hoje, na capital gaúcha, como candidato peemedebista à Presidência da República. Ele é apontado entre os chamados nacionalistas como o “Bernie Sanders do Brasil”, de acordo com o senador Lindbergh Farias (PT-RJ), em alusão ao democrata norte-americano que combate o sistema especulativo de Wall Street.

Requião apresentará aos correligionários dos três estados os cinco  pontos que ele considera essenciais à retomada do desenvolvimento do país. São eles: 1- o compromisso com a democracia; 2- o compromisso com a soberania; 3- o compromisso com a solidariedade; 4- o compromisso com o desenvolvimento; e 5- o compromisso com a sustentabilidade.

A seguir, leia a íntegra da proposta de Requião:

  1. Olhando numa visão histórica o Brasil como nação é um êxito: saindo de levas populacionais marginalizadas deslocadas de suas origens, criamos um pov Leia mais

5 de março de 2016
por Esmael Morais
92 Comentários

O plano era levar Lula para Curitiba

O sequestro do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva realizado ontem (4), em São Paulo, teve lances cinematográficos e também cenas de comédia pastelão.

Com o objetivo de perpetrar um golpe midiático em conluio com a Globo contra o PT e a presidente Dilma Rousseff, o plano era embarcar Lula “clandestinamente” para Curitiba – a Nova Guantánamo, segundo os juristas.

Não é à toa que o ex-presidente foi levado para o aeroporto de Congonhas, embora a Polícia Federal tenha uma suntuosa sede na Marginal Tietê, que seria de mais difícil acesso a manifestações.

O diabo é que força-tarefa da Lava Jato não contava com dois eventos: 1- a existência de um “maluco” no aeroporto chamado Professor Luizinho, ex-deputado petista, que estava em viagem e iniciou uma confusão sem precedentes quando soube que seu companheiro está detido ali; 2- Lula é um dos maiores líderes mundiais do trabalhismo, o que gerou comoção e solidariedade internacional.

O juiz Sérgio Moro não reuniu todas as condições objetivas e subjetivas para transferir o sequestrado para a capital paranaense, ou seja, “amarelou” diante do quadro que prometia “venezuelizar” o país.
É bom anotar que o advogado do ex-presidente denunciou que não tivera acesso a seu cliente durante boa parte da clausura em Congonhas.

O distinto leitor deve perguntar a seus botões: “mas não havia mandado de prisão contra Lula, portanto como iriam transferi-lo para Guantánamo?”. Ora, mas por que precisaria de um mandado se a operação golpista-midiática fora completamente revestida de ilegalidades?

Até um calouro do curso de Direito sabe que a “condução coercitiva” só é possível diante da recusa do réu ou testemunha após intimação pelo juiz. Não ocorreu. Logo, para quem “faltou” a essa aula, levar Lula para Curitiba seria só um detalhe – se não fosse a sucessão de “cagadas” a frustrar a operação.

O ministro Marco Aurélio Mello arremata a trapalhada de Sérgio Moro: “Só se conduz coercitivamente, ou, como se dizia antigamente, debaixo de vara, o cidadão de resiste e não comparece para depor. E o Lula não foi intimado”.

Leia mais

5 de março de 2016
por admin
17 Comentários

Coluna do Jorge Bernardi: A mulher do marqueteiro e a corrupção

Download áudio

Jorge Bernardi*

A entrada triunfal, com ar de deboche, ao chegar presa na Policia Federal, em Curitiba, de Mônica Moura, mulher do marqueteiro João Santana, imitando as atrizes, no tapete vermelho da Festa do Oscar, demonstra todo o seu desprezo para com o povo brasileiro. Nas entrelinhas ela disse: “seus otários, eu sou poderosa, rica. Dinheiro não é problema. Logo sairei daqui e vocês continuarão ralando”.

O sorriso escrachado da mulher do marqueteiro, fazendo pose para os fotógrafos, é o reflexo da falência de nossas instituições, de um sistema político podre, onde impera a corrupção, o caixa 2, a apropriação criminosa dos recursos públicos para campanhas eleitorais.

E o que é pior, este é um produto nosso de exportação para outros países, da África e das Américas. O Brasil já possui multinacional da corrupção eleitoral, que transforma mentiras em verdades para enganar e fraudar a democracia. Leia mais