4 de março de 2016
por Esmael Morais
5 Comentários

AO VIVO: Lula participa de plenária em sua solidariedade em São Paulo

O ex-presidente Lula participa agora à noite de ato em desagravo a ele no Sindicato dos Bancários de São Paulo. Assista ao vivo (transmissão encerrada): Leia mais

4 de março de 2016
por Esmael Morais
5 Comentários

AO VIVO: manifestação pró-Lula em Porto Alegre

O Blog do Esmael, em parceria com a TV 15, transmite ao vivo manifestação em solidariedade ao ex-presidente Lula.

A reportagem é de César Setti. Assista:

Leia mais

4 de março de 2016
por Esmael Morais
4 Comentários

Lava Jato terminará em “pizza” e “impeachment” já cansou, diz Paraná Pesquisas

O instituto Paraná Pesquisas revela nesta sexta-feira (4) que 53% dos brasileiros já se cansaram do assunto “impeachment” e 38,1% acreditam que a operação Lava Jato, do juiz Sérgio Moro, terminará em “pizza”.

A sondagem foi realizada em 160 municípios de 24 estados brasileiros entre os dias 28 de fevereiro e 2 de março.

Para 35,8%, Luiz Inácio Lula da Silva foi o melhor presidente da história do país. O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso foi melhor para 33,1%.

De acordo com a Paraná Pesquisas, 50,2% desconhecem a manifestação contra a presidente Dilma Rousseff no próximo dia 13 de março.

O instituto também diz que somente 30% dos entrevistados pensariam em votar em Lula nas eleições de 2018.

Leia a íntegra da Pesquisa:

http://s3.amazonaws.com/static.esmaelmorais.com.br/wp-content/uploads/2016/03/21210610/Pesquisa-Nacional1_Mar16.pdf

Leia mais

4 de março de 2016
por Esmael Morais
33 Comentários

Marco Aurélio: Moro atropelou regras

do Brasil 247

A primeira crítica contundente do Supremo Tribunal Federal à ação do juiz Sérgio Moro contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva dentro da 24ª fase da operação Lava Jato veio do ministro Marco Aurélio Mello.

“Condução coercitiva? O que é isso? Eu não compreendi. Só se conduz coercitivamente, ou, como se dizia antigamente, debaixo de vara, o cidadão de resiste e não comparece para depor. E o Lula não foi intimado”, afirmou Mello, segundo a colunista Mônica Bergamo.

Marco Aurélio diz que é preciso “colocar os pingos nos ‘is'”. “Vamos consertar o Brasil. Mas não vamos atropelar. O atropelamento não conduz a coisa alguma. Só gera incerteza jurídica para todos os cidadãos. Amanhã constroem um paredão na praça dos Três Poderes”, afirmou.

O magistrado criticou também o argumento utilizado por Moro para embasar a condução coercitiva de Lula, de que a medida seria para a própria segurança do ex-presidente. “Será que ele [Lula] queria essa proteção? Eu acredito que na verdade esse argumento foi dado para justificar um ato de força”, segue o magistrado. “Isso implica em retrocesso, e não em avanço.”

O ministro do STF disse que o juiz Sérgio Moro “estabelece o critério dele, de plantão”, o que seria um risco. “Nós, magistrados, não somos legisladores, não somos justiceiros”. E ensina: “Não se avança atropelando regras básicas”.

Leia mais

4 de março de 2016
por Esmael Morais
3 Comentários

Em nota, Dilma condena ‘condução coercitiva’ de Lula

A presidente Dilma Rousseff, em nota,  manifestou nesta sexta-feira (4) seu “inconformismo” com a desnecessária condução coercitiva do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para prestar depoimento à Polícia Federal, na 24ª fase da Operação Lava Jato.

“Manifesto meu integral inconformismo com o fato de um ex-presidente da República que, por várias vezes, compareceu voluntariamente para prestar esclarecimentos perante às autoridades competentes, seja agora submetido a uma desnecessária condução coercitiva para prestar um depoimento”, diz um trecho do documento.

A força-tarefa comandada pelo juiz federal Sérgio Moro, ao longo do dia, vem sendo alvo de veementes protestos de amplas e suprapartidárias forças políticas. O senador Roberto Requião (PMDB-PR), por exemplo, classificou como “molecagem” o espetáculo midiático na manhã de hoje.

O deputado federal Wadih Damous (PT-RJ), ex-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, considerou a condução coercitiva de Lula um “sequestro”.

Leia a íntegra da nota divulgada à imprensa:

Em relação às medidas decididas pela Justiça Federal, a pedido do Ministério Púbico, e executadas, no dia de hoje, pela Polícia Federal, declaro que:

1. O cumprimento da Constituição é a única via segura para o bom exercício das funções públicas e o respeito aos direitos individuais. No meu governo, garanti a autonomia dos órgãos responsáveis por investigações de atos de improbidade e de corrupção, mas sempre exigi o respeito à lei e aos direitos de todos os investigados.

2. Nesse momento, na qualidade de chefe de Estado, avalio necessário ponderar que todos nós, agentes públicos, independentemente do Poder em que atuamos, devemos ter um profundo senso de responsabilidade em relação ao cumprimento das nossas competências constitucionais. É nec Leia mais

4 de março de 2016
por Esmael Morais
25 Comentários

Requião vê “molecagem” de Moro e da Globo em espetáculo midiático

O senador Roberto Requião (PMDB-PR), nesta sexta-feira (4), classificou como “molecagem” da TV Globo, Ministério Público e Justiça Federal a condução coercitiva do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na 24ª fase da Operação Lava Jato.

Para o parlamentar, o BBB da Globo — em referência ao programa Big Brother Brasil — é uma “molecagem festejada por alienados e prejudicial ao direito”.

“Condução coercitiva desnecessária, absurdo BBB da Globo, MP e Justiça Federal.Molecagem festejada por alienados e prejudicial ao direito”, tuitou.

Requião também criticou o juiz Sérgio Moro pelo espetáculo midiático. “Foi ilegal e fere o direito”, opinou o senador que é advogado e jornalista por formação.

“Eu, Lula, e qualquer cidadão devemos responder por nossos atos. Mas o espetáculo midiático da Globo,MP e juiz, foi ilegal e fere o direito”, disse pelo microblog.

Leia mais

4 de março de 2016
por Esmael Morais
24 Comentários

AO VIVO: Lula concede entrevista

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que esteve “sequestrado” na manhã desta sexta-feira (4), direto de São Paulo, concede entrevista ao vivo a partir do diretório nacional do PT.

O ex-presidente ficou conduzido coercitivamente para depor no aeroporto de Congonhas, numa das subsedes da Polícia Federal. A força-tarefa pretendia levá-lo para Curitiba, mas recuou diante de manifestações em todo o país.

A frente política viu no sequestro de Lula uma tentativa de golpe, conforme o deputado Wadih Damous (PT-RJ).

Assista ao vivo:

Leia mais

4 de março de 2016
por admin
14 Comentários

Golpe em marcha: Para Wadih Damous, “Lula foi sequestrado”

O deputado também comentou as condições para a tal condução coercitiva:

E foi além: “Lula jamais foi intimado a depor até pq juiz Moro ñ é competente p/ apurar os fatos relativos a Atibaia e a um triplex do Guarujá”

“Não nos iludamos: está em curso um golpe de estado associado aos grandes meios de comunicação. Um obscuro juiz de Curitiba põe de joelhos o Estado e as instituições do Poder, É o Golpe de Estado perpetrado pela Justiça.” Afirmou.

Leia mais

4 de março de 2016
por Esmael Morais
7 Comentários

Rui Falcão conclama militância e fala de detenção “policialesca” de Lula; assista ao vídeo

O presidente nacional do PT, Rui Falcão, em pronunciamento em vídeo, disse nesta sexta-feira (4) que a condução coercitiva do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva “é um espetáculo político que mostra qual o verdadeiro caráter dessa operação”.

Para o Blog do Esmael, Lula foi “sequestrado” na manhã de hoje num ambiente de golpe de Estado.

A seguir, assista ao vídeo:

Leia mais

4 de março de 2016
por admin
5 Comentários

Instituto Lula publica nota de repúdio à ação da Polícia Federal

A seguir a nota publicado pelo Instituto Lula:

Violência contra Lula afronta o país e o estado de direito

A violência praticada hoje (4/3) contra o ex-presidente Lula e sua família, contra o Instituto Lula, a ex-deputada Clara Ant e outros cidadãos ligados ao ex-presidente, é uma agressão ao estado de direito que atinge toda sociedade brasileira. A ação da chamada Força Tarefa da Lava Jato é arbitrária, ilegal, e injustificável, além de constituir grave afronta ao Supremo Tribunal Federal.

1) Nada justifica um mandado de condução coercitiva contra um ex-presidente que colabora com a Justiça, espontaneamente ou sempre que convidado. Nos últimos meses, Lula prestou informações e depoimentos em quatro inquéritos, inclusive no âmbito da Operação Lava Jato. Dezenas de testemunhas foram ouvidas sobre estes fatos alegados pela Força tarefa,  em depoimentos previamente marcados. Por que o ex-presidente Lula foi submetido ao constrangimento da condução coercitiva?

2) Nada justifica a quebra do sigilo bancário e fiscal do Instituto Lula e da empresa LILS Palestras. A Lava Jato já recebeu da Receita Federal, oficialmente, todas as informações referentes a estas contas, que foram objeto de minuciosa autuação fiscal no ano passado.

3) Nada justifica a quebra do sigilo bancário e fiscal do ex-presidente Lula, pois este sigilo já foi quebrado, compartilhado com o Ministério Público Federal e vazado ilegalmente para a imprensa, este sim um crime que não mereceu a devida atenção do Ministério Público.

4) Nada justifica a invasão do Instituto Lula e da empresa LILS, a pretexto de obter informações sobre palestras do ex-presidente Lula, contratadas por 40 empresas do Brasi Leia mais

4 de março de 2016
por admin
8 Comentários

Jandira Feghali aponta golpe e estado de exceção no País

via Brasil 247.

A deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ) foi a primeira a denunciar um golpe e um estado de exceção no País, após a decisão do juiz Sergio Moro, voltada contra o ex-presidente Lula e toda a sua família.

“Mais um passo na consolidação do estado de exceção. Sem provas, Polícia Federal amanhece com mais uma operação, desta vez o alvo é o ex presidente Lula. O maior líder popular que o Brasil já teve. O presidente que tirou o país do mapa da fome. Nossa indignação não será silenciosa. Vamos às ruas defender o estado democrático de direito. Contra as arbitrariedades. Golpe não!!!!!”

Assista aqui ao vídeo.

Leia mais

4 de março de 2016
por Esmael Morais
22 Comentários

Lula é alvo da 24ª fase da Lava Jato

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e seu filho Fábio Luíz Lula da Silva, conhecido como Lulinha, são alvos da 24ª fase da Operação Lava Jato, realiza na manhã desta sexta-feira (4) pela Polícia Federal (PF).

O ex-presidente e o presidente do Instituto Lula, Paulo Okamoto, estão sendo conduzidos coercitivamente para depor em Curitiba.

Pelas redes sociais, militantes e parlamentares do PT mostram-se indignados com a Lava Jato. Eles prometem mobilização em solidariedade a Lula.

Ação foi batizada de “Aletheia”, em referência a uma expressão grega que significa “busca da verdade”.

No total, cerca de 200 agentes da PF e 30 auditores da Receita Federal cumprem 44 mandados judiciais, sendo 33 mandados de busca e apreensão e 11 de condução coercitiva no Rio de Janeiro, em São Paulo e na Bahia.

Na última etapa, batizada de Acarajé, operação prendeu o marqueteiro do Partido dos Trabalhadores (PT) João Santana, além de mulher dele Monica Moura.

Com informações do Brasil 247

Leia mais

4 de março de 2016
por admin
3 Comentários

Coluna do Bruno Meirinho: A velha política, o poder de Eduardo Cunha e a delação de Delcídio

Bruno Meirinho*

Atualmente, quase ninguém na Câmara dos Deputados considera prudente apoiar o presidente do colegiado, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Declarado réu pelo Supremo Tribunal Federal (STF), Cunha é considerado persona non grata pela maioria dos partidos que anteriormente o apoiava, com exceção do leal “Solidariedade”, do deputado Paulinho da Força, que celebra Eduardo Cunha como “guerreiro do povo brasileiro”.

Cunha foi eleito pelo plenário da Câmara com 267 votos, maioria absoluta dos deputados. Seus votos não foram obtidos exclusivamente nos partidos nanicos do “baixo clero”, mas também entre grandes agremiações “ideológicas”, como DEM e PSDB.

O presidente da Câmara sustenta que não precisa renunciar, mesmo sendo réu em ação penal no STF. Em última análise, o deputado pode ter razão, afinal, obteve seu cargo em uma eleição dentre os deputados. E a culpa desse “acidente” é do bloco de oposição ao governo, que tem feito qualquer coisa para derrubar Dilma, até mesmo eleger Cunha para a presidência da Câmara. Arrependidos, deveriam cogitar que o vale-tudo não vale a pena.

Mas, ao contrário, continuam sustentando o discurso surrado do impeachment, liderados pelo derrotado Aécio Neves. Propõem substituir esse governo por outro, baseado nas experiências dos anos de FHC, de 1994 em diante. Experiências essas que também têm sido inspiração para o governo Dilma.

A esperada delação do senador Delcídio Amaral é outro fato que abala a estabilidade política em Brasília. Oriundo do PSDB e Leia mais

4 de março de 2016
por admin
1 Comentário

Coluna do Marcelo Belinati: O Brasil precisa voltar a crescer

Download áudio

Marcelo Belinati*

Estão cada dia mais evidentes os sinais que desta vez a crise econômica que assola o país veio para ficar. Paralelamente a isso temos a crise política, que também não dá sinais de arrefecimento. O pior é que os últimos acontecimentos envolvendo a deleção premiada do Senador Delcidio do Amaral colocaram ainda mais combustível nesta fogueira.

Nos últimos dias, as manchetes dos principais jornais brasileiros estamparam uma sucessão interminável dos efeitos desastrosos da economia na vida das pessoas: “brasileiros deixaram de pagar contas de luz, água e telefone”; “planos de saúde perdem 13,7 mil beneficiários por mês”, “100 mil lojas foram fechadas em 2015”, “mais de um milhão de alunos deixaram escolas particulares em meio à crise”, entre tantas outras chamadas alarmantes.

Ao mesmo tempo, a população atônita com tanta notícia ruim e preocupada com os índices crescentes de desemprego, sente diariamente no bolso os aumentos em produtos e serviços de primeira necessidade, principalmente nos alimentos que compõem a cesta básica.

Em outros momentos de crise o frango foi a salvação de boa parte da população, que o comprava a R$ 1,00 o quilo, substituindo a carne vermelha. Hoje a realidade não é mais essa, não há um produto mais em conta que possa substituir a alimentação diária do brasileiro.

O que vemos é a eliminação de itens considerados de menor pri Leia mais