3 de Março de 2016
por esmael
10 Comentários

Em nota, Dilma critica “vazamentos apócrifos, seletivos e ilegais”

da Agência Brasil

A presidenta Dilma Rousseff disse hoje (3), em comunicado, repudiar o vazamento de uma suposta delação premiada do senador Delcídio do Amaral (PT-MS), divulgada nesta quinta-feira (3) pela revista IstoÉ. Por meio de uma nota à imprensa, assinada pessoalmente pela presidenta, Dilma Rousseff considerou ser “justo” que o teor seja de conhecimento da sociedade se a delação existir e tiver autorização da Justiça.

“Os vazamentos apócrifos, seletivos e ilegais devem ser repudiados e ter sua origem rigorosamente apurada, já que ferem a lei, a justiça e a verdade”, escreveu a presidenta.

Segundo a revista IstoÉ, o senador fez acordo de delação premiada com a Operação Lava Jato, que inevstiga esquema de corrupção na Petrobras. Nos depoimentos, Delcídio teria dito que a presidenta Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tinham conhecimento do esquema de corrupção na Petrobras.

Dilma inicia o comunicado dizendo que todas as ações de seu governo têm se pautado pelo respeito aos “direitos individuais”, o “combate à corrupção” e compromisso com “o fortalecimento das instituições de Estado”. Segundo ela, o governo federal cumpre “rigorosamente” o que estipula a Constituição Federal.

“Se há delação premiada homologada e devidamente autorizada, é justo e legítimo que seu teor seja do conhecimento da sociedade. No entanto, repito, é necessária a autorização do Poder Judiciário. Repudiamos, em nome do Estado Democrático de Direito, o uso abusivo de vazamentos como arma política. Esses expedientes não contribuem para a estabilidade do País”, defendeu.

Mais cedo, o ministro-chefe da Casa Civil, Jaques Wagner, havia dito que a presidenta Dilma Rousseff tinha recebido com indignação a notícia da suposta delação e vazamento de informações. “Ela [presidenta Dilma] está preocupada, porque eu acho que é u

3 de Março de 2016
por esmael
13 Comentários

Em nota, Delcídio diz que “IstoÉ” mente mas recorre a advogado especialista em delação premiada

Com Brasil 247

delcidio_amaral

O senador Delcídio Amaral (PT-MS) afirmou, em nota divulgada na tarde desta quinta-feira 3, que não confirma o conteúdo da reportagem da revista IstoÉ com denúncias que seriam de um acordo de delação firmado por ele no âmbito da Operação Lava Jato.

3 de Março de 2016
por esmael
28 Comentários

Delação de Delcídio atinge bico de Aécio e asa de Francischini, dizem congressistas

O polêmico acordo de delação premiada do senador Delcídio do Amaral (PT-MS), divulgado nesta quinta-feira (3) pela revista IstoÉ, atingiu em cheio a asa do deputado-morcego Fernando Francischini (SD-PR) — conhecido como “Batman” no Paraná.

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) também teria entrado na delação de Delcídio, segundo deputados federais ouvidos pelo Blog do Esmael.

Conforme reportagem de IstoÉ, Delcídio fez acordo com a força-tarefa da Lava Jato antes de deixar a prisão, no dia 19 de fevereiro, cujo depoimento tem 400 páginas.

Francischini, o Batman, por sua vez, negou veementemente a delação do senador petista. Segundo o semanário, o deputado-morcego, juntamente com outros parlamentares, cobrava de empreiteiros para não serem convocados na CPI da Petrobras.

“O referido parlamentar [Delcídio Amaral] mentiu ‘escancaradamente’ em citação de minha pessoa”, defendeu-se Francischini por meio de ofício encaminhado ao ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF).

Quanto à citação de Aécio, a revista IstoÉ foi seletiva ao divulgar apenas trechos que dizem respeito ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a presidente Dilma Rousseff.

Bombeiros de estibordo e bombordo saíram em campo para apagar o incêndio. A princípio, todos negam a veracidade da delação premiada de Delcídio.

3 de Março de 2016
por admin
13 Comentários

Aliado de Beto Richa, prefeito de Foz deixa criancinhas sem merenda. Há limite para maldades?

O prefeito de Foz do Iguaçu, Reni Pereira (PSB), fiel seguidor do governador Beto Richa (PSDB), está imitando o líder e cortando a merenda das criancinhas nos Centros Municipais de Educação Infantil, os CMEIs.

Relatos de leitores do Blog do Esmael dão conta de que toda a rede municipal iguaçuense teve a merenda escolar reduzida em mais de 70%. É o caso do Centro Municipal de Educação Infantil Ouro Verde, no Porto Meira.

O problema vem sendo relatado em reuniões com as comunidades. No momento só há macarrão para servir aos pequenos. Já foi pedido aos pais que nos próximos dias enviem comida com as crianças para que elas não passem fome no período em que ficam nas instituições.

Parece que a moda de precarizar a educação ao extremo pegou e o governador Beto Richa está fazendo escola…

Agora a pergunta que não quer calar: cadê o dinheiro da merenda, prefeito Reni?

3 de Março de 2016
por esmael
7 Comentários

Após decisão do STF, aliados exigem que Eduardo Cunha jogue a toalha

O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), agora réu no Supremo Tribunal Federal (STF), converteu-se em verdadeira dor de cabeça para aliados  de primeira hora – e de todos os partidos — no parlamento.

A decisão do Supremo também repercutiu fora do Congresso, como entre naqueles que diziam “#SomosTodosCunha” na ânsia de combater o PT, conforme recorda o leitor Daniel Azevedo.

Os coxinhas, como são conhecidos os adeptos do senador Aécio Neves (PSDB-MG), que querem derrubar o governo da presidente Dilma Rousseff por meio de um golpe, “desapareceram” diante da goleada de ontem, por 6 a zero, no STF, que acatou a denúncia da Lava Jato.

Pois bem, Cunha virou um aliado incomodo para os próprios deputados que sempre o defenderam na Câmara; foi abandonado pela mídia, pois já não presta mais ao serviço de espezinhar os petistas porque agora também é réu; também lhe viraram as costas os coxinhas que prometem voltar às ruas no próximo dia 13.

Um deputado federal ouvido pelo Blog do Esmael, nesta quinta-feira (3), aliado de Cunha, admitiu pela primeira vez que o melhor caminho é ele deixar a presidência da Câmara. “Não dá mais. Perdeu toda a capacidade de presidir a Casa”, avaliou o parlamentar que pediu para não ser identificado.

“Cunha tem sangue frio, nem mexe um músculo diante das críticas no plenário, mas perdeu as condições de dirigir a Câmara. É melhor ele renunciar, jogar a toalha”, completou o congressista.

Nesta tarde, caso não haja pedido de vista no processo, o STF deverá confirmar o relatório do ministro Teori Zavascki que coloca o presidente da Câmara na condiç

3 de Março de 2016
por esmael
33 Comentários

Economia retraiu 3,8% em 2015 devido à crise gerada pela oposição tucana

do Brasil 247

A economia brasileira caiu 3,8% em 2015, ano que foi marcado pela crise política no País. Desde a eleição presidencial, da qual a presidente Dilma Rousseff saiu vitoriosa, o candidato derrotado Aécio Neves (PSDB-MG) protagonizou um movimento para tirar Dilma do poder e assumir a presidência, com a aliança do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que se tornará réu por corrupção e lavagem de dinheiro pela Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF) nesta quinta-feira 3.

Num gesto de vingança, após parlamentares do PT votarem por sua cassação no Conselho de Ética, Cunha aceitou, na Câmara, o pedido de impeachment apresentado pela oposição. Parlamentares liderados por Aécio Neves também atrapalharam votações a fim de impedir que fossem aprovadas medidas do ajuste fiscal, essencial para a recuperação econômica do País. O gesto foi criticado até mesmo por caciques do PSDB, que viram no partido uma tentativa de fazer oposição a qualquer custo, sem pensar no País.

Mais informações na reportagem da Agência Brasil:

IBGE: PIB fecha 2015 com queda de 3,8%

Nielmar de Oliveira – O Produto Interno Bruto (PIB) – soma de todos os bens e serviços produzidos no país – teve queda de 3,8% em 2015, a maior desde o início da série histórica atual, iniciada em 1996, na série sem ajuste sazonal.

Os dados relativos ao fechamento da economia brasileira no ano passado foram divulgados hoje (3) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), juntamente com o resultado do PIB do 4º trimestre do ano passado, que fechou com redução de 1,4% na série com ajuste sazonal na comparação com o trimestre anterior. Em valores correntes, o PIB fechou o ano passado em R$ 5,904 trilhões.

A retração da economia em 2015 reflete retrações em praticamente todos os setores da economia, com destaque para Formação Bruta de Capital Fixo (investimento em bens de capital), com queda de 14,1%

Os dados divulgados hoje indicam também quedas significativas na Indústria (6,2% ) e nos serviços (2,7%). O

3 de Março de 2016
por admin
9 Comentários

O drama do fechamento de turmas e escolas pelo governador Beto Richa

Uma postagem no Facebook conseguiu sintetizar e mostrar de maneira simples o estrago causado pelo fechamento de turmas nas escolas públicas estaduais.

Com o título “Cadê o 6° ano? Beto Richa mandou fechar”, de autoria do professor Piva Luiz Romeiro, o texto fala de uma escola em Almirante Tamandaré, Região Metropolitana de Curitiba.

A Escola Jardim Apucarana fica no bairro com o mesmo nome, onde, segundo professor Piva, vivem cerca de 6 mil pessoas. “Gente humilde e trabalhadora, que tem orgulho do seu único equipamento público, a escola, que hoje corre o risco de ser fechada”, comenta.

A escola funciona em um prédio do município e divide as instalações com outra municipal de educação infantil. A construção de uma escola estadual é uma reivindicação antiga da comunidade, um sonho. A prefeitura já separou até um terreno, mas, ao invés de construir, o governador Beto Richa (PSDB) quer é fechar a escola.

Neste ano foi fechada uma turma de 6° ano. O motivo do fechamento é que só houve 18 alunos matriculados, e pelos critérios do governo esse número é muito baixo.

Qualquer educador há de concordar que este é um bom número de estudantes para uma turma. Mas esses 18 alunos terão que procurar escolas em outros bairros, longe de casa. Provavelmente estudarão em turmas superlotadas. Muitos devem simplesmente desistir.

Além disso, se não há turma de 6° ano em 2016, ano que vem não haverá 7° ano, no outro acaba o 8° e a escola estará condenada a morrer em 2019.

O professor Piva conclui sua postagem perg

3 de Março de 2016
por admin
6 Comentários

Coluna do Requião Filho: Beto Richa e as promessas não cumpridas

Download áudio

Requião Filho*

Ele prometeu e mais uma vez não cumpriu! Travesso este menino!!! Promete, promete e não cumpre! Acreditem, ele disse que resolveria o problema carcerário no Estado do Paraná, que retiraria os presos das delegacias e que os transfeririam para penitenciárias, que criaria milhares de vagas!!! Promessas vãs, lançadas ao vento, em um passado não tão distante…

Hoje, a realidade segue a rotina do caos diário nas delegacias espalhadas pelo Estado, como informado pela imprensa, nos primeiros 45 dias de 2016, mais de 100 presos fugiram das delegacias do Paraná!

Note-se que desde 2014, quando o então Secretário de Segurança Pública e médico oftalmologista prometeu retirar 1200 presos das delegacias de Curitiba, em no máximo 60 dias, nada aconteceu, mais uma vez. Por que acreditar, novamente, em promessas que sabidamente não serão cumpridas?

Os Delegados de Polícia, 168 para ser exato, que assinam o manifesto encaminhado ao Governador contra superlotação carcerária nas delegacias do Estado demoraram, mas finalmente perceberam que as promessas do atual chefe do Poder Executivo não são dignas de crédito. Desde 2011, quando Beto Richa assumiu o Estado, promete a construção de penitenciárias, porém, até o momento, nem

3 de Março de 2016
por admin
7 Comentários

Coluna do Reinaldo de Almeida César: “Quem avisa, amigo é”

Reinaldo de Almeida César*

Não se sabe ao certo se a voz do povo é a voz de Deus. A velha expressão latina “vox populi, vox Dei” é muito contestada, desde sua origem, seja na referência ao deus Hermes, seja em relação à carta do monge Alcuíno para Carlos Magno.

Atenção aqui, prezados leitores, trata-se do deus Hermes da mitologia grega (depois o deus Mercúrio para os romanos) e não o deus Thierry Hermès, cultuado pelos novos e velhos ricos, que frequentam o eixo Centro Cívico-Faubourg Saint-Honoré, à procura de uma Birkin ou de uma gravata de seda em tom laranja, como se estivessem em busca do Santo Graal.

No entanto, a sabedoria popular, consagrou um outro adágio, conhecido por “quem avisa, amigo é”, este sim, verdadeiro e circulante há muitos anos na comunicação popular, leiga e profana.

Aqui, nesta terra de Araucárias, não se consegue entender como o governo não é sacudido um milímetro sequer por este sábio provérbio.

Um dos melhores amigos do governador, Tony Garcia, e o cunhado de Sua Excelência, Avelino Neto, preocupados com o que visualizavam, alertaram o chefe do Executivo sobre erronias na gestão. A propósito, para que não se perca a oportunidade, diga-se que tratam-se de dois boas praças, empresários de sucesso, que sempre me distinguiram com generosos gestos de amizade, pelos quais tenho profundo respeito e que claramente desejam, nas opiniões que emitem nas redes sociais, apenas o melhor para o governador e para o Paraná.

3 de Março de 2016
por admin
Comentários desativados em O que diz a velha mídia nesta quinta

O que diz a velha mídia nesta quinta

20160303_MetroCuritiba_CapaJornais do Paraná

Gazeta do Povo: Cunha sitiado

Bem Paraná: Falta de vacinas em Curitiba força “racionamento” nos postos de saúde Leia mais