Sob protesto, Beto Richa inaugura mais uma obra do governo federal no PR

Amparado por um forte esquema policial, o governador Beto Richa (PSDB), que fechou escolas estaduais, inaugurou uma escola federal nesta quinta-feira (25) construída com recursos do governo federal. Centro Estadual de Educação Profissional Ozório Gonçalves Nogueira foi construído graças à emenda parlamentar do deputado federal João Arruda (PMDB); parlamentar, que é da base de sustentação da presidente Dilma Rousseff (PT), informou que a nova escola custou R$ 200 milhões e terá capacidade para atender 1.200 alunos.

Amparado por um forte esquema policial, o governador Beto Richa (PSDB), que fechou escolas estaduais, inaugurou uma escola federal nesta quinta-feira (25) construída com recursos do governo federal. Centro Estadual de Educação Profissional Ozório Gonçalves Nogueira foi construído graças à emenda parlamentar do deputado federal João Arruda (PMDB); parlamentar, que é da base de sustentação da presidente Dilma Rousseff (PT), informou que a nova escola terá capacidade para atender 1.200 alunos.

O governador Beto Richa (PSDB) foi alvo de mais um ensurdecedor protesto de professores, nesta quinta-feira (25), no município de Bandeirantes, Norte Pioneiro, durante inauguração de uma escola construída com recursos federais. “Richa fecha escolas estaduais, mas inaugura escolas federais”, dizia uma das faixas, que sintetizava o motivo da mobilização desta manhã.

Um aparato policial jamais visto na região dava segurança à comitiva do tucano, que teve de ficar por ‘detrás das grades’ de proteção. Os manifestantes foram impedidos de se aproximarem da tenda levantada para abrigar os comissionados da Prefeitura e do governo do estado.

O Centro Estadual de Educação Profissional Ozório Gonçalves Nogueira foi construído graças à emenda parlamentar do deputado federal João Arruda (PMDB).

No início desta semana, o Blog do Esmael havia adiantado que Beto Richa estava pegando carona nas obras de Dilma.

O parlamentar, que é da base de sustentação da presidente Dilma Rousseff (PT), informou que a nova escola tem 6.500 m² de área, contando com 12 salas de aula, laboratórios básicos e específicos, biblioteca, auditório, refeitório e ginásio de esportes. A escola terá capacidade para atender 1.200 alunos.

A APP-Sindicato, que organizou o protesto, ironizou o evento afirmando que “o governador Beto Richa fecha escolas estaduais, mas inaugura escolas federais” – conforme uma das faixas.

Comentários encerrados.