richa_paranagua

| Comente agora

“Mais educação, menos dengue”; essa era a palavra de ordem dos professores em Paranaguá, Litoral do Paraná, nesta sexta-feira (19), durante protesto contra o governador Beto Richa (PSDB) e o prefeito Edison Kersten (PMDB); cidade tem mais de 3 mil casos de dengue registrados; por outro lado, professores reclamavam de falta de aulas no leilão de distribuição aos profissionais do regime PSS.

Deixe uma resposta

Preenchimento obrigatório *.