paixao_artigo

| Comente agora

Professor Paixão, em artigo especial para o Blog do Esmael, prevê um ano muito difícil com de perda de direitos para o magistério paranaense; segundo o articulista, o governador Beto Richa (PSDB), já neste ano letivo de 2016, fechou turmas e, consequentemente, diminuiu o número de professores e funcionários nas escolas. “Em 2016 teremos mais salas de aula superlotadas e menos profissionais para realizar o trabalho pedagógico na escola”, alerta; Paixão também lamenta que as aulas comecem nesta segunda-feira, dia 29, sem ao menos um pedido formal de desculpas do governador tucano pelo massacre de educadores e servidores públicos no fatídico dia 29 de abril de 2015; ao criticar a formação continuada na Semana Pedagógica, Paixão denuncia que o governo tentou apagar a forma como violentou os direitos humanos e o direito da participação social da categoria em greve; “O programa de formação foi recebido como uma afronta à memória e a dignidade dos educadores”, relata; Professor Paixão diz ainda que causam revolta a denúncia de desvio dos recursos para a construção de escolas. “Além de crime, o desvio destes recursos é desumano. Boa parte de nossas escolas não possui infraestrutura adequada para atender bem nossos estudantes. Estes desvios precisam ser investigados, doe a quem doer”. Leia, comente, opine e compartilhe o texto.

Deixe uma resposta

Preenchimento obrigatório *.