Lula pede investigação de mansão triplex de herdeiros da Globo

Lula_triplex_MarinhosO ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante almoço com a bancada de senadores do PT, em São Paulo, nesta quinta-feira (18), pediu para que o Ministério Público investigue a mansão dos irmãos Marinhos, donos da Globo, em Paraty, litoral carioca.

“Investiguem o que quiserem, não acharão nada que me incrimine. Gostaria que todos que estão denunciando e me criticando se colocassem a uma investigação semelhante, a começar pelos irmãos Marinhos e sua mansão no litoral carioca”, desafiou o ex-presidente.

A senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), presente ao encontro que avançou pela tarde, relatou ao Blog do Esmael que Lula estava sereno e confiante. Ele disse à bancada petista: “meu único patrimônio meu que cresceu durante meu mandato foi o patrimônio moral, e esse ninguém vai me tirar”.

“Almoçamos e passamos a tarde conversando com ele. Fomos levar nosso apoio, carinho e solidariedade”, contou Gleisi.

O ex-presidente Lula pediu aos senadores que ajam ofensivamente na política e na economia porque, segundo ele, os petistas têm moral política para discutir com quem quer que seja.

“Na economia, temos de defender emprego e renda e colocar dinheiro na mão dos pobres. O mercado não torce pelo Brasil. Torce pra ele mesmo”, filosofou Lula.

Acerca do triplex dos Marinhos

A mansão triplex da família Marinho, encravada na Mata Atlântica, em Paraty, litoral carioca, é objeto de investigação do Ministério Público Federal. Entretanto, não tem merecido destaque na velha mídia (por que será?).

“Das fundações ao teto, localiza-se em área desmatada de um parque federal. E parte sobre terra pública, grilada logo por quem não precisa – a família mais rica do Brasil”, descreve reportagem de Renan Antunes de Oliveira, no site Diário Centro do Mundo (DCM).

De acordo com o DCM, o terreno onde está a mansão dos Marinho é duas vezes maior do que o daquele sitio de Atibaia que tanto tem aparecido no noticiário da Globo nos últimos dias,.

Comentários encerrados.