Coxinhas da praia de Caiobá vaiam Richa e aplaudem Requião

Senador Roberto Requião (PMDB) foi festejado neste domingo (7), na orla de Matinhos, com inúmeros e espontâneos "Volta, Requião”; já o governador Beto Richa (PSDB), em seu antigo reduto, a Praia Mansa, recebeu na semana passada sonora vaia de coxinhas que apoiavam até debaixo d’água; abandono de obras e o perigo de dengue/zika é um problema a parte, que tira a paciência de veranistas e turistas.

Senador Roberto Requião (PMDB) foi festejado neste domingo (7), na orla de Matinhos, com inúmeros e espontâneos “Volta, Requião”; já o governador Beto Richa (PSDB), em seu antigo reduto, a Praia Mansa, recebeu na semana passada sonora vaia de coxinhas que apoiavam até debaixo d’água; abandono de obras e o perigo de dengue/zika é um problema a parte, que tira a paciência de veranistas e turistas.

O governador Beto Richa (PSDB) foi impiedosamente vaiado em seu antigo reduto, a Praia Mansa, em Caoibá, município de Matinhos. Nem os coxinhas daquele pedaço de orla aturam mais o tucano e sua entourage.

Richa caminhava pelo calçadão da Mansa na semana passada quando os veranistas, formados basicamente pelos endinheirados de Curitiba, começaram a vaiá-lo. O governador voltou correndo para sua casa da Rua Céu Azul.

Por outro lado, o senador Roberto Requião (PMDB) foi recebido ontem (7) na mesma Praia Mansa, outrora ambiente hostil, sob aplausos dos mesmos coxinhas que não o aturavam. Até lhe serviram uma saborosa moqueca de peixes e frutos do mar.

Na orla de Matinhos, o peemedebista era festejado com inúmeros e espontâneos “Volta, Requião”. Isso, caro leitor, faltando mais de três anos para encerrar o mandato de Richa.

Ainda no calçadão de praia de Matinhos o retrato do abandono foi testemunhado pelo senador e milhares de foliões que se preparavam para seguir a Caiobanda. Poças d’água que podem virar um criadouro de dengue, obra inacabada, enfim, campo fértil para dar “zika”. Um horror!

 

Comentários encerrados.