Coluna do Alvaro Dias: A luz não pode ser apagada

xisto

Em sua coluna semanal, o senador Alvaro Dias (PV) se manifesta contra o fechamento da Usina de Xisto da Petrobras localizada em São Mateus do Sul, no sul do Estado. Para o senador, o encerramento das atividades da Usina na esteira dos escândalos da Petrobras é inaceitável.  A unidade tem mil funcionários, gera mais de três mil empregos indiretos e é vital para a economia local. Alvaro argumenta que a Usina não é deficitária e pode contribuir para a retomada do crescimento da Petrobras e da economia nacional. Sua produção atende os estados do Paraná, São Paulo, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Alvaro está conversando com ministros e autoridades para que o fechamento da Usina seja revertido. Leia, ouça, comente e compartilhe.

Download áudio

Alvaro Dias*

Diante do turbilhão provocado pela crise que se abateu sobre a Petrobras e do anúncio de cortes, o Paraná pode vir a sofrer consequências. A Usina do Xisto, de São Mateus do Sul, estaria sendo incluída entre as economias propostas pela direção da Petrobras. A decisão seria lamentável.

A Usina do Xisto é vital para a economia local. Apesar dos problemas de gerenciamento, a usina não é deficitária; pelo contrário, ela pode se constituir em importante instrumento de superávit para a Petrobras.

A unidade tem mil funcionários e gera mais de três mil empregos indiretos. Inúmeras empresas se instalaram na região após a construção da usina, que recolhe aproximadamente R$98 milhões em impostos e royalties por ano. Esse montante representa 48% da renda do município; R$60 milhões são repassados ao governo do Paraná.

As atividades da usina têm impacto sobre a vida de 16 mil pessoas, mais de um terço da população de São Mateus do Sul.

É importante ressaltar a dimensão estratégica dessa usina, sediada sobre as maiores reservas mundiais de xisto. Sua produção atende aos mercados do Paraná, São Paulo, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Na cadeia de problemas que o fechamento da usina provocaria, há ainda a questão da interrupção do fornecimento de calcário e o lixo urbano depositado nas cavas da usina.

Quando eu era governador do Paraná, travamos uma batalha com a Petrobras, para que o projeto do xisto em São Mateus do Sul fosse implementado. E nós assistimos à revitalização da região sul do Paraná, que alavancou o seu processo de industrialização e continua gerando frutos e benefícios, como o aumento da receita pública dos municípios da região e o desenvolvimento industrial.

Hoje estamos diante da possibilidade de que essa luz se apague. A extinção da usina, na esteira dos escândalos da Petrobras, é inaceitável. Estamos conversando com ministros e autoridades para que isso seja revertido. O fechamento da usina seria uma tragédia para toda a região sul do Paraná, com reflexos que transcendem as fronteiras estaduais.

*Alvaro Dias é senador pelo PV. Ele escreve nas quartas-feiras para o Blog do Esmael sobre “Ética na Política”.

16 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Exmo. Sr. Senador; V.Excia. já tem 70 anos e é constrangedor vê-lo fazendo o papel constrangedor de lesa-pátria, compartilhando papagaiadas com aécios, serras, aloysios e sampaios. Não adianta ir para PV, partido de aluguel, só porque sua ambição política carece de limites. V.Excia espera bater o recorde de permanência de Sarney no Parlamento? V.Excia poderia fazer algo de útil: não se candidatar mais.

  2. O senador está conversando com ministros e autoridades do governo? Duvido. O Álvaro Dias deve estar, sim, lendo a Veja e cuidando de seus negócios imobiliários milionários.

  3. Fica tranquilo, senador. Não vai faltar luz. Quem está no governo é o PT e não o partido do apagão: o seu PSDB (todo mundo sabe que o PV é um apêndice do PSDB, uma franquia chic comandada por tucanos travestidos de verdinhos).

  4. Olha o apelido do cara ze orelha so podia, falar q o moro fez um estrago na petrobras, quem fez um estrago foram tdos os petralia, q saquearam o patrimonio da petrobras, agora ter que ler uns comentarios ridiculos desse cidadao e lamental, tem q ser pt pra ser burro assim.

    • augusto, zé oreia tem argumentos muito sólidos e questões pertinentes. Você, por sua vez, só sabe usar falácias ad hominem. Se não tem argumentos, melhor ficar calado e tratar de bater sua panela cheia, já que é a única coisa que malemá sabem fazer.

    • Filho, antes de mais nada, você pode até ter suicidado sua inteligência mas não assassine o português, será que é tão difícil assim articular algumas poucas palavras? Se continuarem assim daqui uns dias ou estarão relinchando ou latindo.

      Agora, por favor me aponte onde estão esses “saques” do PT na Petrobras. Pois até agora aquele coitado do Moro, com muito esforço, só conseguiu seguir na linha do sobrepreço nas obras e propina para alguns diretores, muito embora essa teoria já tenha nascido morta uma vez que todos os orçamentos estavam dentro do que é praticado no mercado. Mas sabe como é, “não vem ao caso”.

      Agora o pobre do Moro investe nessa estória da doação legal que vem de dinheiro ilegal. É um insulto à inteligência, mas como demonstrado por sua participação, ele não precisa de muita coisa para convencer pessoas que nem ao menos escrever direito conseguem.

      Enquanto esses diretores e empreiteiros lucraram alguns milhões com suas maracutaias (alias, estão todos soltos já), o dotô Moro na sua sanha antipetista desmontou a Petrobras acabando com quase todas as obras que estavam em andamento, gerou desemprego, quebrou as grandes construtoras brasileiras, causou um rombo de R$200 bilhões no PIB e transformou a justiça brasileira numa palhaçada.

      Curioso esse comportamento, parece que estamos até descrevendo um governo tucano, mas é um juiz de primeira instância.

      E o seu Alvaro ontem hein? Votou junto com seu antigo partido, o PSDB, a favor das petroleiras estrangeiras. E depois vem falar que esta preocupado com São Mateus. Seu Alvaro, nos EUA foram fechadas só no ano passado mais de 60% das usinas de xisto devido a guerra de preço do petróleo.

      • É isso ai Zé.
        O brasileiro só assiste a mídia vendida, O MORO é amigão do ÁLVARO DIAS. A esposa do Moro é advogada do PSDB, cfe. fotografia publicada neste blog. Aliás, a elite não gosta de ler, porque acha melhor assistir a TV Ogro-bo.
        Álvaro Dias mais um vendido a serviço da nação dos outros.
        Nei

  5. Ora Senador Álvaro, o Sr. não entende nada de gestão
    petista mesmo!
    Se a usina fosse deficitária, não estratégica, e
    desimportante para a região, ela seria mantida.
    É questão de tempo para entregarmos o Petróleo às
    multinacionais.
    Se o governo petista não o vender com alguma
    vantagem, vai entregá-lo em troca das dívidas.
    A ponderar ainda, que os USA deram o golpe de
    misericórdia na cotação do petróleo, justamente
    devido à extração de petróleo de Xisto betuminoso.
    De que adianta termos pré sal e Xisto, se não temos
    expertise e “know-how” para explorá-los?
    O próprio Senador Requião já ligou o
    “desconfiômetro”, sobre as intenções de Dilma.

    • tá meio desinformado amigo. em dezembro de 2015, a petrobrás produziu 800 mil barris dia só do pré-sal. somando com as outras jazidas pós-sal, o total de produção em 2015 foi de 2 milhões de barris dia. também no ano passado a petrobras ganhou pela terceira vez o premio de melhor tecnologia de prospecção em águas profundas da OTC (o premio mais importante do mundo na área). sobre o xisto betuminoso, tecnologia simples a do fracking, que se for preciso um dia usar aqui no brasil, a petrobras organiza em 3 dias.

  6. Já fizemos de tudo, ouvimos de tudo e nada adiantou. Só o que nós resta agora é a certeza de já que faltou a moral que entre a física.
    É impossível continuarmos sendo republicanos, nunca seremos respeitados.
    Eles não nós aceitam, para eles somos massa de manobra, então tá, que entre a física. e depois uma guerra civil.

  7. Mas, ué senador, não é isso que seu partido anterior queria? Quebrar a Petrobras para vendê-la? Deixá-la como era antes no governo FHC? Seu antigo colega de partido, José Serra, não esta aí no senado tentado entregar nosso pré-sal aos gringos? Seu amigo Moro não causou um estrago bilionário na empresa? Como é que o senhor acha que a Petrobras mantém suas unidades?

    Alias, se o senhor esta tão preocupado com a Petrobras, porque esteve ausente ontem no plenário durante a votação do regime de urgência do projeto de lei de seu antigo correligionário?

    Como o senhor vai votar, senador Alvaro Dias, em relação a PLS 131, que vai entregar nosso pré-sal e enfraquecer ainda mais a Petrobras e o Brasil? Nós paranaenses que não nos informamos pelo faceburro estamos curiosos. Seu antigo partido já se decidiu pelas petroleiras estrangeiras, e o senhor senador? Esta mesmo preocupado com São Mateus ou é apenas demagogia?

    Foi durante o governo do PT, senador, que a usina de xisto recebeu os maiores investimentos de sua história em obras, gerando empregos na cidade. O engraçado é que para boa parte da população de São Mateus isso não foi bom, basta ver a opinião deles sobre o PT. É até irônico, eles são contra quem mais investiu em sua cidade, e provavelmente a favor de políticos que trabalham para desmantelar a Petrobras.

  8. Caro senador, fazer o quê,se PSDB e PT, cada um a seu tempo, em favor próprio e em nome de seus “projeto de poder”, deixaram/promoveram a pilhagem da Petrobras? O povo como sempre paga o preço.

  9. Eles fazem terrorismo contra a empresa e depois não querem que feche!

    • Você está preocupado com o xisto? Quero saber por que faltou ontem na votação do projeto entreguista de Serra e se hoje votará contra a Petrobras e a favor da Shell e outras multinacionais que estão de olho no pré-sal do Brasil. Responda isso senador.

      • Porquê será que o nobre senador está sempre ausente quando tem que tomar decisões polêmicas? No caso de Delcidio Amaral “ausente” e ontem também “ausente”.

      • O Alvaro Dias fica meio de lado porque lhe interessa a candidatura de 2018 a Presidente ,só que o povo está de olho e não esquecera que em momentos importantes o sr. se omite,a historia de corrupção de seu antigo partido ninguém vai esquecer.O tigre fica com mancha desde que nasce atê que morre.