gleisi_presal

| Comente agora

Senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), em artigo, avalia a ressaca dos chamados “desenvolvimentistas” após a aprovação ontem (24) do substitutivo que desobriga a Petrobras de explorar a camada do pré-sal, fruto de acordo entre governo Dilma Rousseff e oposição capitaneada pelo PSDB no Senado; “Não temos de criticar Dilma, apontar o dedo, chamá-la de traidora. Não, não é. É presidenta num contexto político duro, de disputa intensa, frágil politicamente, que governa com uma composição de forças políticas que têm grandes contradições entre si. Nosso papel é disputar as posições do governo e dentro do governo, que também é nosso, ajudando-o a progredir”, escreve a parlamentar petista, que votou contra o governo, mas faz autocrítica: “Se posicionar contra o governo é tudo o que a direita quer”; leia, opine e compartilhe.

Deixe uma resposta

Preenchimento obrigatório *.