Coluna do Enio Verri: O ano da verdade para Richa

anoverdade

Em sua coluna desta terça-feira (16), o deputado federal Enio Verri analisa as expectativas para 2016 na política, tanto no âmbito federal, como estadual. Para Verri, este pode ser o ano da verdade para Beto Richa, que está acuado diante das denúncias de corrupção no seu governo. As operações Quadro Negro e Publicano do Goeco que apuram desvios na Educação e na Receita Estadual se aproximam cada vez mais do Palácio Iguaçu. Leia, comente e compartilhe.

Enio Verri*

A retomada dos trabalhos legislativos no Congresso e na Assembleia Legislativa do Paraná, que aconteceu nos primeiros dias de fevereiro, suscita o debate sobre as expectativas que o ano de 2016 reserva para o País e o nosso Estado.

Em Brasília o clima é de arrefecimento da tese do impeachment da presidenta Dilma Rousseff. Mesmo os líderes mais ferrenhos da oposição passaram a reconhecer que não existe base jurídica para o impedimento.

Senadores e deputados do PSDB, DEM e demais partidos de oposição admitem que a destituição da Presidenta da República não pode decorrer de um gesto de vingança do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB), contra o Planalto, a ponto de colocarmos em risco nossa estabilidade democrática.

Enquanto isso, em Curitiba, o governador Beto Richa (PSDB) inicia o segundo ano do seu segundo mandato mais acuado do que nunca. São muito graves as denúncias deflagradas nas operações Publicano e Quadro Negro, que escancararam esquemas de desvios de recursos públicos para financiar a campanha eleitoral de 2014 do tucano.

2016 precisa ser o ano da verdade sobre o envolvimento do governador no esquema de corrupção que funcionava dentro da Receita Estadual e movimentou mais de R$ 750 milhões. Segundo o Ministério Público, auditores corruptos deixavam de autuar grandes empresas propositalmente para cobrar propina de empresários para anular débitos e reduzir impostos.

A Justiça deve investigar milimetricamente a relação entre Richa e Márcio Lima, considerado o chefe da quadrilha na Receita Estadual. Lima é companheiro de corridas de automóvel do governador e foi nomeado pelo próprio Richa como inspetor geral de fiscalização da Receita Estadual.

O Superior Tribunal de Justiça deve acatar com urgência o pedido da Procuradoria-Geral da República para que se investigue a participação do tucano no maior escândalo de corrupção da história do Paraná.

Da mesma forma, também não pode passar em branco o envolvimento de Richa e da alta cúpula política do Estado no esquema que desviou mais de R$ 20 milhões em recursos da Secretaria de Educação, que deveriam ser utilizados para reforma e construção de novas escolas, mas que foram parar na campanha eleitoral de Richa.

As graves denúncias de corrupção que envolvem o governador são pano de fundo para a redução drástica nos investimentos em saúde, educação, segurança e infraestrutura e o aumento de impostos e tarifas de serviços básicos – desde que assumiu o governo Richa aumentou em 66% o preço da tarifa de água da Sanepar, por exemplo.

A expectativa do cidadão paranaense para 2016 é que a Justiça investigue com competência e isenção e estabeleça a verdade sobre o envolvimento do governador Beto Richa nos escândalos de corrupção que minam os cofres públicos do Paraná.

*Enio Verri é deputado federal, presidente do PT do Paraná e professor licenciado do departamento de Economia da Universidade Estadual do Paraná. Escreve nas terças sobre poder e socialismo.

9 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Ênio, “talqualmente” Pilatos, eu lhe pergunto:
    “O que é a verdade”?
    Eu também não sei, só sei que o beto rixa foge dela
    como vampiro foge de crucifixo e água benta.
    Maldade sua falar em ano da verdade pro “minino”.

  2. Richa e Dilma tem muitas coisas em comum…

  3. Vamos ver se não acaba em pizza…….
    Neste País!!!
    É simplesmente vergonhoso e dá nojo!!!…

  4. É do PSDB? Então ou “não vem ao caso” ou é “armação do PT” ou simplesmente vão todos os do “jornalismo isento”(Rede Globo, RPC, e todos os jornais e mídias do PIG) IGNORAR o assunto.
    Acredito em Deus (porque na justiça dos pilantras não dá para creditar). Um dia, em qualquer lugar do futuro, essa canalha será punida. E com o rigor da justiça que não se vende…

  5. Quanto a possibilidade da justiça investigar com “competência e isenção”, devemos ser pessimistas. Pegue-se o caso de um peixe pequeno, tipo o sogra-fantasma do tal Ezequias, que se arrasta faz anos, entre tantos outros. Somos um país onde o sujeito é pego com US$ na cueca e se torna líder do governo. Aqui o tempo joga a favor dos picaretas deputado.

  6. E dando sustentação para esses incompetentes, corruptos e desqualificados tipo Cunha, Richa e similares, nossa classe política e nossa justiça, que custam muito e nos entregam pouco, quase nada… como podem estar nos cargos? Que país é este onde uma empreiteira paga reforma do “sítio do amigo” do ex-presidente e tem gente que defende e acha normal? Ou onde a oposição se mistura com a situação para se perpetuarem no poder e continuar nos lesando? Que tipo de gente nos governa?

    • Que justiça John? A mesma que pega pesado com pedalinhos, bote de 4 mil reais e reformas em um sítio que pode muito bem ser comprado pelo ex-presidente, mas renega qualquer investigação a respeito de apartamento de FHC em Paris? Que refuga quando encontra empresas fantasmas donas de ilhas em Parati da família Marinho? Que empaca quando acha 450 kilos (meia tonelada) de drogas na fazenda de senador, com helicóptero de deputado, que todos sabem pertencer a Aécio e as investigações se arquivam? Que pega conta na Suíça de Cunha, da mulher, da filha e mesmo assim deixa ele atacar presidentes com processo de impedimento? Sem mexer um dedo pra prender a família como fez com a cunhada de Vaccari? Cadê o macho do Moro? Dos Procuradores que falam pelos cotovelos? Dos Delegados pilantras? Do Japa bandido? Da veja, da FSP, do Estadinho? Cadê a RPC para desancar o governadorzinho de merda? Todos no bolso comprados com dinheiro sujo, o mesmo que eles imputam a alguns, somente alguns, seletivamente. Veja que a República tem 03 poderes. Todos corruptos iguais. Sem falar no 4º Poder, o mais perigoso de todos, mas confirmado pelos outros 03.

      • É exatamente sobre isso que falo, porém sem querer tirar o Lulae o PT do rolo, como você insiste em fazer. De fato é um sítio que ele poderia oficialmente ser o dono. Por que não o fez? E o sítio, o tal tríplex, são a menor parte visível das estripulias dele, nosso ex-presidente mais rico da história. Nunca antes na história deste país vimos um ex-presidente tão rico!!!!

        • Pois é John. O tal Triplex, se você realmente se informar, vai ver que pertence a empresa dos Marinhos (Globo) em off-shore. E o sítio, pertence a amigos dos Marinhos, mais precisamente os mesmos que tem gráficas e imprimem o material do telecurso. Os mesmos que enriqueceram vendendo bíblia com a voz do Cid Moreira. Não precisa um esforço muito grande pra saber disso. É só tirar uma certidão negativa no cartório porque “quem não registra, não é dono” (lembra disso?). Pra quem começou a apanhar por causa de um aparelho de som “3 em 1” na era Collor … fazer o quê. Mas essa historinha de o cara mais milionário do universo, já demonstra que você é daqueles que passa corrente na internet dos filhos do Lula. O que já basta pra encerrarmos a conversa por aqui. Desliga a globo que a vida melhora.