Sobrinho de Requião propõe criação de CPI para investigar o Sistema S

No último dia 15 de dezembro, em sua coluna semanal no Blog do Esmael, o deputado do PMDB acusou o Sistema S de sonegar anualmente R$ 18 bilhões em impostos. Além disso, revelou o parlamentar, recurso arrecadado compulsoriamente pelo Sistema S seria desviado da finalidade, que é formação de mão de obra dos trabalhadores, para especulação no mercado financeiro.

No último dia 15 de dezembro, em sua coluna semanal no Blog do Esmael, o deputado do PMDB acusou o Sistema S de sonegar anualmente R$ 18 bilhões em impostos. Além disso, revelou o parlamentar, recurso arrecadado compulsoriamente pelo Sistema S seria desviado da finalidade, que é formação de mão de obra dos trabalhadores, para especulação no mercado financeiro.

O deputado federal João Arruda (PMDB), coordenador da bancada paranaense no Congresso Nacional, afirmou que no retorno dos trabalhos legislativos, início de fevereiro, vai propor a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar o destino dos recursos nas entidades do Sistema S.

O parlamentar, que é sobrinho do senador Roberto Requião (PMDB), adiantou ao Blog do Esmael que defende a destinação de parte do orçamento do Sistema S, que é dinheiro público, para bancar a saúde brasileira.

Assista ao vídeo:

Por outro lado, o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, que é aliado do vice-presidente Michel Temer (PMDB), depois de aderir ao impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), agora quer usar os recursos do Sistema S para constranger, em suas respectivas bases eleitorais, os deputados favoráveis à recriação da CPMF – o imposto do cheque para financiar a saúde.

Arruda também disse que pretende na CPI propor a utilização do dinheiro gasto em propaganda pelo Sistema S para a compra de remédios para a população brasileira.

No último dia 15 de dezembro, em sua coluna semanal no Blog do Esmael, o deputado do PMDB acusou o Sistema S de sonegar anualmente R$ 18 bilhões em impostos. Além disso, revelou o parlamentar, recurso arrecadado compulsoriamente pelo Sistema S seria desviado da finalidade, que é formação de mão de obra dos trabalhadores, para especulação no mercado financeiro.

Com informações do Brasil 247 e do Estadão, via Sonia Racy.

18 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. I simply want to mention I’m newbie to weblog and honestly savored your web blog. Likely I’m going to bookmark your site . You absolutely come with terrific well written articles. With thanks for sharing your web site.

  2. SUPER MEGA KIT COMPLETO WHATSAPP MARKETING DIVULGAÇÃO EM MASSA

    SITE: http://bit.ly/1QgntWx

    Skype: Power-Tecnology

    WattsApp: (11)9845-80831

    Telegram: PowerEmails

  3. Venha aqui no ES E VEJA O QUE FOI CONSTRUIDO ENCIMA DO EDIFICIO DA FINDES, UM RESTAURANTE GIRATORIO, MAIS DE 20 umilhies, com dinheiro do sistema,siga em frente deputado

  4. Sr Deputado , espero que sua assessoria que deve ser “eficiente” também olhe a fundo o SENAR – que esta escondidinho sempre mas abocanha bilhões a titulo de “aprendizagem rual”. Acontece que “TODOS SEM EXCEÇÃO QUE TRABALHAM NESTE CABIDÃO DE EMPREGO ” são todos parentes e apadrinhados de politicos poderosos do latifundio como Caiados, canzianis, LUPION, etc etc etc, é SÓ BOTAR UMA LUPA NOS NOMES DAS FOLHAS GORDAS DE PAGAMENTOS E VEREM QUEM MUITOS ESTÃO ATE NO EXTERIOR ESTUDANDO AS CUSTAS DO DINHEIRO DO SISTEMA S. Sem falar nos imoveis que alugam e compram a preços absurdamente maiores do que o de mercado, e são milhares pelo País!!
    ACHO MELHOR CHAMAR O MORO PRA AJUDAR PORQUE AI PODE TER DESVIO MAIOR QUE A PETROBRÁS !! PASMEM SENHORES !!!

  5. SENAR entra também na investigação?

  6. Tenho uma CPI para Ele :
    No primeiro mandato como presidente da República (2010 a 2014), Dilma Rousseff criou 13 empresas públicas, das quais três dependem exclusivamente de recursos do Tesouro Nacional, ou seja, da grana federal: a Empresa de Planejamento e Logística (EPL), a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH) e a Amazônia Azul Tecnologias de Defesa (Amazul). Custaram R$ 1,2 bilhão em 2015.

    Criada para comandar o leilão do trem-bala, a EPL empenhou R$ 45,9 milhões neste ano. Acontece que o trem-bala não saiu do papel.

  7. João Paulo Arruda, tu vais ganhar essa disputa contra esse Skaf.Uma CPI no Sistema S (Senai, Sesi, Sesc, etc) é a melhor forma de enfrentar e, desmascarar, definitivamente, o pelego patronal Skaf. Esse oportunista SEM votos, que usa e abusa do dinheiro e da estrutura do SENAI e do SESI para suas políticagens.

  8. Parabéns ao destemido deputado João Arruda, tu vais ganhar essa disputa contra esse Skaf. CPI no Sistema S (Senai, Sesi, Sesc, etc) é a forma de enfrentar o pelego patronal Skaf. Esse oportunista SEM votos, que usa e abusa do dinheiro e da estrutura do SENAI e do SESI para suas políticagens. É tbém um incentivador da sonegação, ao combater covardemente a CPMF;

  9. Esse sistema S arrecada muito, e presta contas para quem????? CPI neles!!!!!

  10. Esse me representa! Só podia ser parente do Requião! Vai firme deputado, não permita que continuem fazendo festa com nossos impostos. Você, Requião, …. são a parte boa do PMDB!!! Procurem banir as laranjas podres deste partido? Não deixem que se misturem com vcs……

  11. E aí, Esmael?
    “No holiday” este ano?
    Parece que as engrenagens estão girando muito
    rápido, e se duvidar, não dá tempo nem de ir
    ao banheiro.
    Feliz 2016 para você, para o Brasil, e para mim.

  12. As entidades nascem com uma finalidade nobre, mas
    acabam conseguindo autonomia, e viram caixas pretas.
    Somo o país do caixa 2 e da caixa preta.
    Seria a chance de termos uma CPI, que pela 1ª vez
    funcionasse.
    Uma CPI que não terminasse em pizza de urubu, com
    catupiry podre.

  13. Vá pra cima deputado. Periga achar mais do que procura, 18 bi.
    E como anda a Zelotes?

  14. Já houve uma roubalheira nesse sistema nos anos 90 e foi denunciada inclusive no PIG. Como todo o resto desapareceu.

  15. Uma CPI pode até ser que sirva, ao menos, para dar uma clareada nas coisas em relação ao sistema “S”. Contudo, nada vai mudar. O Grupelho é fechado, mafioso e tem poderes inimagináveis. É muito dinheiro envolvido com essa turma e tem muita gente que recebe milhares de reais para “representar” os interesses (muitas das vezes escusos) dos empresários nesses sistemas. A coisa é feia, e muito antiga, tipo uma “maçonaria” do sistema. Pode mexer, mas não acredito que vá feder. Isso é merda seca, consolidada.

  16. É isso aí Deputado. Vai firme.

  17. É UMA BOA, O SISTEMA S MOVIMENTA MUITO DINHEIRO E PODE HAVER MUITAS NEGOCIATAS.

  18. Roubalheira em cima de roubalheira. Cadeia é pouco, até na cadeia ainda são perigosos.