Gustavo Fruet diz ser “inevitável” novo reajuste na tarifa do ônibus

O prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet (PDT), em entrevista ao blog Bem Paraná, nesta segunda-feira (4), admitiu pela primeira vez ser candidato à reeleição em outubro. O pedetista adianta ainda que vai apostar na tese de que é “limpinho” em relação aos concorrentes, livre de escândalos, por isso mereceria conquistar o voto do eleitor para mais um mandato. Além de anunciar o reajuste na tarifa de ônibus, Fruet também antecipa, no futuro, a extinção das funções de motorista e cobradores no sistema de transporte. “Acho que o futuro ideal é ter 100% o cartão”, declarou.

O prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet (PDT), em entrevista ao blog Bem Paraná, nesta segunda-feira (4), admitiu pela primeira vez ser candidato à reeleição em outubro. O pedetista adianta ainda que vai apostar na tese de que é “limpinho” em relação aos concorrentes, livre de escândalos, por isso mereceria conquistar o voto do eleitor para mais um mandato. Além de anunciar o reajuste na tarifa de ônibus, Fruet também antecipa, no futuro, a extinção das funções de motorista e cobradores no sistema de transporte. “Acho que o futuro ideal é ter 100% o cartão”, declarou.

O prefeito Gustavo Fruet (PDT), considerado amigo dos donos das empresas de ônibus, em entrevista ao blog Bem Paraná, disse nesta segunda-feira (4) que um novo reajuste na tarifa é “inevitável”, tem que ser dado, pelo “edital” e pela “inflação”.

As notícias de Fruet também não são nada animadoras para os 12 mil motoristas e cobradores do sistema de transporte coletivo, pois, segundo o prefeito, a tendência é que de agora em diante é implantar o sistema eletrônico nos ônibus.

“Acho que o futuro ideal é ter 100% o cartão”, antecipou o pedetista.
Gustavo Fruet afirmou ainda que o fim da integração foi o fim do subsídio do governo do estado. “Agora se alguém quiser interpretar isso diferente, eu não tenho o que fazer”, lamentou.

Na entrevista ao blog Bem Paraná, o prefeito admitiu pela primeira vez ser candidato à reeleição. Fruet vai apostar na tese de que é “limpinho” em relação aos concorrentes, livre de escândalos, para conquistar o eleitor em outubro deste ano.

12 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Longe de defender o Fruet, mas creio que ele deve ter pego Curitiba com os mesmos vícios que o infame Jaime Lerner deixou para o Estado, onde esta figura malígna passou por longos 8 anos de total descalabro administrativo!

  2. Fora Fruet! Prefeito parado e sua esposa que nada FAS!!!

    • Muito bem sacada Mariana.
      Como é que eu não pensei nisso antes?
      Pode até virar um anti slogan de campanha para
      candidatos adversários.
      Não esqueça de cobrar pelo direito autoral.

  3. Fruet seu banana!!!
    Daqui a pouco o preço da passagem do transporte em Curitiba,vai estar mais alto que o metrô de São Paulo.

  4. Quando vejo trechos das vias rápidas reduzidas av40 km/h uma idéias me assalta: para que isso? Para multar o povão? Para travar o trânsito e que todos gastem mais combustível?

  5. Porque que eu tenho que acreditar em Fruet? Ele
    alega que o reajuste é inevitável, mas faz ouvidos
    moucos, quando questionado sobre a abertura da caixa
    preta (planilha de custos) do transporte coletivo.
    Que tal se uma entidade sindical ou outra qualquer,
    com base nos dados abertos disponíveis, contratasse
    uma empresa especializada em custos, para sabermos
    o real preço da tarifa técnica?
    Se as empresas de ônibus fizerem “doações” de
    campanha (agora proibida), não podem lançar esses
    valores como custos, sob outra rubrica contábil.
    Despesas discrepantes, teriam que ser muito bem
    explicadas.
    Em havendo uma planilha paralela, teríamos então
    uma noção se o preço praticado agora, é justo,
    real, e compatível com as despesas de operação,
    manutenção, e renovação do sistema de transporte
    público de Curitiba.

  6. Eu não consigo mais olhar na cara deste prefeito inútil. Só sabe ficar reclamando do Governo Federal, do Estadual, de outros seres de outros planetas. Vá trabalhar cara. Faça alguma coisa útil pelos curitibanos. Só sabe pintar alfalto com 30 ou 40 km/h. O centro da cidade está cheio de radares. Aumentou o IPTU no fim do ano. Quando os empresários querem aumentar o preço das passagens de ônibus o prefeito inútil é o primeiro a dizer sim. E pra acabar com a carreira dele próprio disse na imprensa que é contra o impeachment da Dilma. Fruet, pare de colocar mandioca no rabo dos curitibanos. Faça alguma coisa favorável para a população. Uma só. Depois renuncie e suma.

  7. Vamos esperar a propaganda política das eleições para ver se o Fruet é tão “limpinho” como falam. Fora Fruet, inimigo n° 1 dos carros dos curitibanos.

  8. Sabe por que é inevitável o novo reajuste dos ônibus ???? Resposta: quem é que vai pagar a campanha pra reeleição do Fruet ?????

  9. O problema é o contrato. Difícil negociar qualquer coisa se está no contrato (20, 30, 40 anos pra frente) reajuste anualizado. Então, quem fez o contrato primário, é que joga pra frente aos outros a cagada originária. A exemplo, os pedágios que nem o Requião conseguiu derrubar. Alguns tentam, se elegem sob esse mote, enganando os incautos, outros nem isso fazem, advogando como se fossem deles as empresas terceirizadas, sabe-se lá a que custo (propinas) para seus bolsos. Não deve ser o caso, se não é um, deve ser outro.

  10. o fruet é lacaio dos empresários do busão vem com esse cao cao só para tentar enganar os curitibanos.

  11. E O GUSTAVO FRUET NÃO VAI EXCLUIR DA TARIFA TÉCNICA OS ÍTENS JÁ DENUNCIADOS PELO TRIBUNAL DE CONTAS, COMO DIFERENÇA DO PREÇO DOS COMBUSTÍVEIS QUE AS EMPRESAS COMPRAM NO ATACADO, OS RECURSOS PARA DESPESAS MÉDICAS AOS FUNCIONÁRIOS, QUE É ATRIBUIÇÃO DAS EMPRESAS E LUCRO FINANCEIRO DE MAIS DE 10 MILHÕES POR DIA, QUE NÃO ESTÃO DE GRAÇA NOS DEPÓSITOS BANCÁRIOS. ESSE LUCRO, PODERIA TAMBÉM BAIXAR A TARIFA TÉCNICA E CONSEQUENTEMENTE BAIXAR O PREÇO DAS PASSAGENS AOS USUÁRIOS.