Traiano foi o presidente que mais gastou na história da Assembleia

Assembleia Legislativa do Paraná (Alpe), desde 2011, vem cometendo sucessivos estelionatos contra a boa-fé dos paranaenses com a complacência de setores da velha mídia; parlamento estadual vem gastando cada vez mais, de acordo com números da própria Alep: ano de 2011 (R$ 234 milhões); ano de 2012 (R$ 322 milhões); ano de 2013 (R$ 294 milhões); ano de 2014 (R$ 310 milhões); e ano de 2015 (R$ 377 milhões); Ademar Traiano tem a gestão mais perdulária de toda a história da Assembleia, mas setores da imprensa aplaudem “devolução” de cheque sem fundo; canalhice ou burrice?

Assembleia Legislativa do Paraná (Alpe), desde 2011, vem cometendo sucessivos estelionatos contra a boa-fé dos paranaenses com a complacência de setores da velha mídia; parlamento estadual vem gastando cada vez mais, de acordo com números da própria Alep: ano de 2011 (R$ 234 milhões); ano de 2012 (R$ 322 milhões); ano de 2013 (R$ 294 milhões); ano de 2014 (R$ 310 milhões); e ano de 2015 (R$ 377 milhões); Ademar Traiano tem a gestão mais perdulária de toda a história da Assembleia, mas setores da imprensa aplaudem “devolução” de cheque sem fundo; canalhice ou burrice?

O colunista Celso Nascimento, do blog Gazeta do Povo, neste sábado (19), reaviva uma discussão anual aqui no Blog do Esmael, sobre a “devolução” de cheque pela Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP).

Se a imprensa e o Ministério Público fossem sérios, necessariamente, o presidente da Alep, Ademar Traiano (PSDB), e o governador Beto Richa (PSDB), seriam enquadrados no artigo 171 do Código Penal, cuja transcrição literal é:

“Art.171 Obter, para si ou para outrem, vantagem ilícita, em prejuízo alheio, induzindo ou mantendo alguém em erro, mediante artifício, ardil, ou qualquer outro meio fraudulento”.

O diabo é que nenhum deputado, nem da situação nem da oposição, gritou “pega ladrão” nas sessões plenárias.

Beto Richa não recebeu dinheiro muito menos Traiano devolveu dinheiro “economizado” ao erário. Pelo contrário, ambos gastaram mais.

A gestão “ostentação” de Ademar Traiano teve orçamento disponível de R$ 627 milhões, se devolveu R$ 250 milhões, logo gastou R$ 377 milhões.

Na gestão anterior, de 2014, Valdir Rossoni devolveu um chequão sem fundo de R$ 230 milhões, ao largar o osso, para um orçamento de R$ 540 milhões.

Ou seja, mesmo “devolvendo” mais, um chequão de R$ 250 milhões, Traiano foi mais gastador que Rossoni.

A cada ano o orçamento da Assembleia cresce porque ele está atrelado ao índice estabelecido de 3,1% da Receita Corrente Líquida (RCL). Para o ano de 2016, o orçamento do Paraná é de R$ 50 bilhões, portanto, a Alep terá orçamento maior. Por isso, eles “brincam” de devolver dinheiro que não existe.

Orçamento é dinheiro emprestado, portanto é fictício. Não existe de verdade. Se você não o executa e está deixando de fazer obras importantes ao estado, como escolas, creches, hospitais, etc. É dinheiro imobilizado durante um ano.

Imagine o caro leitor emprestando R$ 250 milhões ao banco, depois de pagar juros durante um ano, devolve o dinheiro ao mesmo banco sem aplicar na sua previsão. É exatamente isso que fez Traiano, repetindo Rossoni.

Agora façamos um comparativo com o orçamento do ano de 2011. Era de R$ 324 milhões, mas, ao final do exercício de 2011, Rossoni devolveu R$ 90 milhões. Logo, a Assembleia gastou em 2010 cerca R$ 234 milhões.

Se Rossoni devolveu R$ 110 milhões em 2012, segundo o orçamento, porque ele gastou na sua administração R$ 322 milhões. Ou seja, o tucano gastou em 2012 R$ 88 milhões a mais do que 2011.

O orçamento do legislativo estadual de 2013 foi de R$ 494 milhões. Se devolveu R$ 200 milhões, então gastou R$ 294 milhões — cerca de R$ 60 milhões acima do que a gestão Bibinho gastou em 2010.

Veja a evolução de gastos da ALP:

2011 –>> R$ 234 milhões
2012 –>> R$ 322 milhões
2013 –>> R$ 294 milhões
2014 –>> R$ 310 milhões
2015 –>> R$ 377 milhões

18 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. I simply want to say I am all new to blogging and definitely enjoyed you’re web-site. Probably I’m want to bookmark your blog . You surely have beneficial stories. Thank you for sharing your blog site.

  2. Não gosto de religião… mas adoro aquela parte que diz: “Satanás encherá o coração dos reis da Terra…” :/

  3. Esse cheque são recursos orçamentários, não são dinheiro. Todos os funcionários público que trabalharam com orçamento, sabem que recursos orçamentários são somente números escritos no papel, que servem como limite para os gastos governamentais.

  4. Pura peça publicitaria…! este cheque, ñ tem um centavo sequer de fundos, ou seja, este cheque sem fundo!É mera peça publicitaria!

  5. Até quando o povo vai eleger essas traias. Alguns elegem e depois todos temos que tolerar.

  6. Literalmente esses caras são uns gozadores.
    Haja contabilidade criativa.
    Mas o povo gosta.
    Quero ser mico de circo, se o “Trojan” não se
    reelegem em 2018.
    Ah, e beto rixa senador, é claro!
    Realmente esses gozadores, gozam na cara do povo!
    Mas o povo não fica parado: mete a boca!
    E assim essa felação metafórica segue, e segue.
    Por enquanto um feliz 2016 para o povo.

  7. O tamanho do cheque representa o tamanho da mentira,ela e tão grande mas como diz as informação acima 171,pra eles isso parece não valer,171 só pra p p p já eles são vacinado.Nota tambem no cheque povo do parana lá escrito poderia ser completada,povo do pr LARANJA.já que nosso voto vale por longos *4*anos,

  8. Lembro-me do primeiro Cheque ROSSONI,mente no presente mentiu no passado já faz previsão com mentiras para o futuro um bom BRuXO,chique jeitoso te cuide.eles são bons,já nós não sabemos VOTAR,lembro também eles são diplomados com ficha limpa,JUSTIÇA eleitoral VERGONHA,ou PARABENS.

  9. Não dá para comentar à vontade. Essa galerinha aí da foto gosta de processar trabalhadores. E de bombardeá-los.

  10. Se alguém gritar PEGA LADRÃO, não fika um, meu irmão!

  11. Fingindo que se acredita, essa quadrilha não poderia passar esse dinheiro para pagar a diária dos policiais da operação verão ? Ou ainda devolver parte do roubado do Paranáprevidencia !

  12. com as assessoras que ele tem, deve ter gasto um monte em viagra tambem.

  13. Palavras de beto LIXO este o parana que eu acredito,palavras de beto LIXO ele seria um governo que ia conversar com o povo,palavras de beti LIXO ia ter uma conversa com os pedágio,também palavras de beto LIXO sai um governo truco-lento.isso só poderia ter vindo deste então desgoverno mentiroso,BETO LIXO.ele é menino diplomado e ficha LIMPA.lixo não é exemplo,só lixo reciclado, beto LIXO,lixo em decomposição.

  14. Estes 5 picaretas os verdadeiros ladrão do herário publico,estes também são todos ficha limpa com o aval da nossa fraca e corrupta JUSTIÇA,dinheiro dos trabalhadores nas mão destes farsantes vestidos de bom mal exemplo.justiça VERGONHA.

  15. Comparando de 2011 para 2015 em apenas 04 anos, os gastos aumentaram R$ 143 milhões, e esse TRAIA vem dizer que economizou, aonde fica a pergunta. Basta qualquer cidadão comum acessar o site da ALEP e verificar os salários Exorbitantes de funcionários de gabinetes, será que ganham muito bem pela capacidade, ou ganham para fazer Devolução, basta verificar o gabinete da Liderança do Governo….além dos funcionários fantasmas que não aparecem para trabalhar.

  16. Esse papel poderia ser cortado e usado no banheiro, ou então imaginem o tamanho do carimbo de “sem fundos” que terão que encomendar.