PGR pede afastamento de Cunha no STF; se empurrar, agora cai…

Para complicar a situação, veio à tona hoje à tarde que Cunha pediu propina de R$ 52 milhões para liberar dinheiro do FI-FGTS -- um fundo constituído por recursos dos trabalhadores. O presidente da Câmara, segundo a Época, parcelou a propina em 36 vezes. Ou seja, criou a figura da propina no crediário.

Para complicar a situação, veio à tona hoje à tarde que Cunha pediu propina de R$ 52 milhões para liberar dinheiro do FI-FGTS — um fundo constituído por recursos dos trabalhadores. O presidente da Câmara, segundo a Época, parcelou a propina em 36 vezes. Ou seja, criou a figura da propina no crediário.

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, nesta quarta-feira (16), pediu o afastamento do deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) da presidência da Câmara. O pedido foi protocolado ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki, relator da Operação Lava Jato na corte.

“O Eduardo Cunha tem adotado, há muito, posicionamentos absolutamente incompatíveis com o devido processo legal, valendo-se de sua prerrogativa de Presidente da Câmara dos Deputados unicamente com o propósito de autoproteção mediante ações espúrias para evitar a apuração de sua condutas, tanto na esfera penal como na esfera política”, fundamentou Janot.

Para complicar a situação, veio à tona hoje à tarde que Cunha pediu propina de R$ 52 milhões para liberar dinheiro do FI-FGTS — um fundo constituído por recursos dos trabalhadores. O presidente da Câmara, segundo a Época, parcelou a propina em 36 vezes. Ou seja, criou a figura da propina no crediário.

9 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Ele já deveria estar preso a muito tempo, se o brasileiro não fosse chegado do “jeitinho brasileiro”, com certeza estaria preso. Mas vamos acreditar na Lei e que ela seja cumprida com todo o rigor contra estes mafiosos.

  2. A impunidade incentiva à prática delituosa.
    O bandido renega princípios e elege a ostentação, o luxo, o poderio como os seus maiores ideais.
    Não lhe interessa a forma de como atingir tal status.
    Não lhe amedronta a possibilidade de, preso, trocar a casa, o apartamento de mil metros quadrados por cúbiculo de dezoito, cagar rente ao piso, ter limitado a exposição ao sol, comer “de marmitex”, e imaginar o que seus filhos, sentos, a esposa vivem quando vão ao colégio, ao salão, ao cllube.

  3. Mancomunados: Facchin admite o rito e nisso o Cunha já tem o seu papel cumprido; Janot pede a cabeça de Cunha, que já cumpriu o seu papel; Cunha sai da presidência mas continua deputado com imunidade; Vasconcelos assume a presidência da Câmara e aprova o impeachment; Renan se vende e aprova também no Senado. As ruas? Ah, as ruas…

  4. Alguém precisa empurrar esse pulha abismo abaixo! 🙁

  5. Acho que desta vez vai , até o final deste ano poderemos ver o Eduardo tomando no cunha? Tomara que sim , no fundo de uma penitenciaria , onde o sol não bate..

  6. DECISÃO DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL.
    MINISTRO FACHIN REJEITA PEDIDO DE AFASTAMENTO DE CUNHA .
    Na ação tendo como agente o partido comunista do brasil (PCdoB) o ministro alegou que entraves políticos são naturais em processo-político com essa decisão e estabelecendo a jurisprudência o presidente da câmara dos deputados Eduardo Cunha segue como presidente da câmara dos deputados . fonte da informação : g1.com . Segundo Cunha estão tentando desviar foco do rito adotado de forma legal e constitucional dizem que um golpe mas estão desviando o foco da decisão do ministro fachin sobre a lisura e correção do trâmite legal do processo de impeachment adotado pelo presidente da câmara dos deputados Eduardo Cunha .

  7. Não existe base constitucionalista legal para o afastamento do presidente da câmara dos deputados , explico :
    Digo presidente da câmara pois o cargo reveste o poder constitucional decretado pela constituição brasileira de 1988 . Segundo o constitucionalista Gustavo Binenbojn professor da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) o afastamento do presidente da câmara dos deputados seria uma decisão interna da câmara (interna corporis) uma decisão do judiciário seria uma interferência de um poder sobre o outro . Os cargos políticos não estão sujeitos ao mesmo regime dos agentes públicos que são alvo do artigo 319 do CPP em função do princípio da legitimidade popular ou seja o mesmo foi eleito pelo povo e o poder emana do povo . Segundo o jurista Binenbojn observa que o afastamento judicial de um chefe de Poder nunca foi discutida no âmbito do Supremo Tribunal Federal embora já tenha ocorrido um atrito entre a Corte e o legislativo brasileiro na época do julgamento do Mensalão quando a Câmara decidiu não cumprir a decisão do Supremo que determinava a perda automática do mandato dos parlamentares réus e condenados no caso citado . e também para Renato Mello Silveira professor de direito processual da USP (Universidade de São Paulo) não há na lei nem na Constituição vedação expressa da aplicação da medida cautelar ao presidente da câmara . Por William Maia ([email protected]) cito a fonte porque é de extrema importância neste caso pois constitui a verdade como um esclarecimento público à respeito deste caso polêmico . segundo os veículos de circulação nacional por via internet o voto do ministro fachin mantém o rito adotado por Eduardo Cunha à respeito do processo de impeachment da presidente Dilma . É a disputa do poder pelo poder enquanto isso a economia está parada e seu grau de investimento sendo rebaixado pelas agências internacionais não estabelecemos e cumprimos metas de ajustes ficais , investimentos em infraestrutura e superestrutura o Brasil vive uma crise econômica e política as reformas estruturantes só acontecem em crises agora é a hora de acontecer a reforma tributária da previdência e sanear o custo brasil na verdade os fantasmas não estão lá fora como se diziam na época fora FMI mas na verdade e na realidade estão localizados internamente como um câncer corroendo a cada dia a nação brasileira .

  8. Esmael, devo alertá-lo que você poderá ser processado
    pela Sociedade Protetora dos Animais de Curitiba.
    Coitado do corvo, abutre, ou urubu, para de por o
    CUnha no bico do bichinho, se ele comer o CUnha,
    terá uma indigestão, e vai acabar vomitando.
    Isso é crueldade com os animais…kkkkkkkkk!!!
    Quanto a esse achaque no Âmbito do Fundo de
    Investimento do FGTS, aí é o fim da rosca!

  9. Eduardo Cunha envergonha o Brasil !!!