STF solta banqueiro amigo de tucanos, mas mantém preso senador Delcídio

do Brasil 247

Ministro Teori Zavascki, relator das ações da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), determinou a soltura do ex-banqueiro André Esteves; ministro determinou, entretanto, que Esteves não poderá voltar à direção do banco BTG, não poderá manter contato com outros investigados na mesma operação e terá que se apresentar a cada 15 dias à Justiça; segundo o advogado de Esteves, Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, que acompanha o julgamento na Corte, Esteves poderá ir para casa e não precisará sequer usar tornozeleira; na mesma decisão, Teori Zavascki manteve a prisão do senador Delcídio do amaral (PT-MS).

Ministro Teori Zavascki, relator das ações da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), determinou a soltura do ex-banqueiro André Esteves; ministro determinou, entretanto, que Esteves não poderá voltar à direção do banco BTG, não poderá manter contato com outros investigados na mesma operação e terá que se apresentar a cada 15 dias à Justiça; segundo o advogado de Esteves, Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, que acompanha o julgamento na Corte, Esteves poderá ir para casa e não precisará sequer usar tornozeleira; na mesma decisão, Teori Zavascki manteve a prisão do senador Delcídio do amaral (PT-MS).

O ministro Teori Zavascki, relator das ações da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF) acolheu argumentos da defesa do ex-banqueiro André Esteves e determinou a soltura do ex-banqueiro.

Zavaski, no entanto, determinou algumas medidas restritivas: ele não poderá voltar à direção do banco BTG, não poderá manter contato com outros investigados na mesma operação, terá que se apresentar a cada 15 dias à Justiça.

Esteves foi preso há algumas semanas porque foi citado pelo senador Delcídio do Amaral em uma conversa em que o parlamentar negociava com familiares do ex-diretor Nestor Cerveró a fuga do ex-diretor da Petrobras para fora do país.

Segundo informação do advogado de Esteves, Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, que acompanha o julgamento na Corte, Esteves poderá ir para casa e não precisará sequer usar tornozeleira.

Na mesma decisão, Teori manteve a prisão do senador Delcídio do Amaral.

4 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Isso chama-se JUSTIÇA!!!
    Para PETISTAS cadeia.
    Para PSDB e sua turma, soltura sem tornozeleiras.
    Vergonhoso!!!

  2. Este tipo sempre vão defender quem tem cheiro de $$$$$$.para eles os mais póbre cheira mal,tudo alem de um golpe farsa,mentiras.onde tem dinheiro,muito dinheiro certeza que tem o DIABO em GALÓPE.

  3. O TUCANATO QUE SE PREPARE, O INFERNO ASTRAL JA COMEÇOU. JANEIRO AS CADEIAS COMEÇAM A CANTAR EM TODOOS NIVEIS…..SE SIGURAM BETO LIXO, LUIZ ABI ETCCC…….

  4. Deveriam deixar este cidadão que nunca estudou na vida preso.