‘Pelo fim dos privilégios para a máfia do transporte coletivo de Curitiba’

mafia_onibus_fruetNo último dia 30 de novembro, Urbs — empresa que gerencia o sistema de transporte público em Curitiba — antecipou R$ 5 milhões da receita para que as empresas de ônibus pagassem a primeira parcela do 13º salário de motoristas e cobradores.

As concessionárias ameaçavam demitir 2 mil motoristas e cobradores para arrancar o dinheiro da Urbs. Os funcionários das empresas de ônibus, por óbvio, fizeram uma espécie de “locaute” — uma greve para ajudar os patrões — e para que a gestão do prefeito Gustavo Fruet (PDT) pudesse justificar publicamente tamanha benevolência.

Abro aqui um parêntese para falar da campanha da Prefeitura de Curitiba que pedia “fim dos privilégios para deficientes”. Ora, por que Fruet não desenvolve uma campanha similar — a arte já está pronta, virilizada nas redes sociais — pedindo o “fim dos privilégios para a máfia do transporte coletivo”. Fecho parêntese.

A gestão Gustavo Fruet, por meio da Urbs, deverá antecipar mais receitas dos movimentos diários às empresas de ônibus na próxima segunda-feira (7).

O objetivo final da máfia do transporte coletiva e da Prefeitura de Curitiba resume-se num só: aumentar a tarifa do ônibus para os usuários (leia-se: trabalhadores, empregadores, estudantes, etc.). Especula-se o número “mágico” de R$ 4 e, consequentemente, dar-se-ia o reajuste da “tarifa técnica” (valor transferido para as empresas) que hoje está em R$ 3,21.

Prefeitura de Curitiba e máfia do transporte coletivo agem juntas, segundo repetidas denúncias do combativo SindiUrbano – a entidade que representa dos trabalhadores da Urbs. Mas ambos fazem jogo de cena para distrair o público, dizem os dirigentes sindicais.

Resumo da ópera: vem aí novo aumento da tarifa de ônibus.

7 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. I simply want to mention I am just very new to blogging and site-building and honestly enjoyed you’re web-site. More than likely I’m planning to bookmark your blog post . You absolutely have amazing articles and reviews. Bless you for revealing your blog site.

  2. No início havia profissionais competentes na gestão, que não aguentaram a estupidez e puxadas de tapete dos 3 patetas grudados no saco do prefeito, e a omissão e desprezo do próprio alcaide filhinho de papai. Infelizmente só ficaram os incompetentes e aproveitadores. Quando amadorismo. Pobre Curitiba.

  3. Concordo com o Tonico,esta administração é campeã de falhas.
    Até agora somente o Lula que tudo acontecia e nada sabia em sua péssima administração,agora vemos que apareceu mais um.
    Por trás de um mal assessor,veem um administrador,ou vcs acham que quem autoriza são somente os aspones???

  4. Vai fazer um ano que foi separado o transporte com as regiões metropolitanas ali até concordei com o Prefeito Fruet que a responsabilidade precisava ser repassada ao estado e a todas as cidades cada um entrando com uma parte do subsidio, mas desde que aconteceu isso vemos a URBS através de sua diretoria empurrar o problema do transporte de Curitiba com a barriga e não resolver nada, todos os meses ficamos na duvida se vai haver greve ou não, imagine a pressão psicológica que os Motorista e Cobradores estão sofrendo com isso tudo, o perigo dos caras sofrerem um acidente é muito maior! Até quando o prefeito vai ficar mantendo essa direção da URBS que não resolve nada com nada e apenas empurra o problema para o proximo mês!

  5. o fruet boicotou a cpi do busão, colocou o gregório na urbs para servir os empresários, não abaixa a tarifa apesar do tce comprovar a fraude na planilha o prefeito gustavo fruet não enfrenta a máfia do busão por medo ou outros intere$$e$ que não sabemos.

  6. Fora o mal fadado outdoor contra os deficientes, hoje
    na Rua das Flores, esta instalada uma barraca, onde
    se comemora o dia das pessoas com deficiência.
    Detalhe: a mal fadada barraca foi montada EM CIMA da
    pista táctil, destinada à orientação dos deficientes
    visuais que por ali transitam.
    Conclusão: Fruet não tem assessores, TEM sabotadores.
    Se não forem sabotadores, então são a equipe mais
    burra do mundo.
    Medalha de ouro em burrice.

  7. O Fruet não foi sério. São muitos os assuntos não enfrentados: ICI, transporte público, radares, entre outros feudos tipo aluguel de veículos, bilhetagem, controle de tráfego, que parecem ser mesmas empresas que vencem licitações faz anos. A falta de clareza e transparência da prefeitura faz parecer que em tudo tem problema. Quando o negócio é 100% correto, não há o que esconder.
    Quanto ao transporte especificamente, se ele tiver recebido dinheiro na campanha das famílias que comandam este negócio, fica explicada a falta de ação. Isso talvez seja assunto para o MP, para o Gaeco ou para alguém isento que queira corrigir eventuais distorções.