Movimento por Moradia de Curitiba organiza mobilização sábado contra golpe na democracia

mpm

O Movimento Popular por Moradia (MPM) promete reunir centenas de trabalhadores sem-teto, neste sábado (12), em Curitiba, durante assembleia de mobilização contra o impeachment da presidenta Dilma Rousseff (PT).

A manifestação de sábado terá concentração às 10 horas na Ocupação Nova Primavera, no bairro Cidade Industrial de Curitiba (CIC).

É a segunda vez que o grupo se mobiliza na região Sul da capital paranaense. No dia 8 de novembro, foi realizada uma marcha pelo Bairro Sabará com a participação de centenas de pessoas pedindo a saída do presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Para coordenador do MPM, Fernando Marcelino, o processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff no Congresso é uma tentativa de golpe, pois trata-se de impedir um governo legitimamente eleito.

“Dilma está sendo acusada de “pedaladas fiscais” por adiantar os recursos especialmente do Minha Casa Minha Vida. Para nós isso é um absurdo, um teatro feito para tentar livrar Cunha e outros comparsas do PMDB da Lava Jato.” Acrescentou Marcelino.

Esta manifestação é parte das mobilizações que ocorrem em todo o país contra o impeachment. O MPM acredita que somente a luta e a mobilização de amplos setores sociais pode pressionar a Câmara de Deputados para que rejeite o impeachment. Dia 16 e 18 o MPM também estará presente em novos atos dos movimentos sociais contra o golpe.

 

6 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. A moradia está cada vez mais cara em Curitiba. E cada vez mais alvarás são liberados, competência da SMU, secretaria poderosa da PMC, que libera alvarás em Curiiba, juntamente com a Câmara. É liberado centenas de alvarás em lugares sem infraestrutura como transporte públicoo, para as construtoras, causando um caos urbanos. Cadê o Ministério Público para abrir a caixa preta destes alvarás em Curitiba, que se construe tanto e cada vez os imóveis são mais caros e inacessíveis??

  2. Vergonha! Como tem pelego nesta terra…

  3. pq este tipo de grupo nao se reune e vao fazer alguma coisa de util para a população como ajudar no combate a dengue entre outras coisas, que nem as manifestações que estao fazendo policia tem que agir em cima pq eles nao dao a minima pra populaçao pois o trabalhador querendo ir pra casa descansa e eles atrapalhando acho que o povo deveria pensar no proximo.

    • Você poderia financiar e encomendar panfletos para serem distribuídos nas comunidades para alertar do perigo da Dengue. Dê o exemplo, mostre que se preocupa com a população, pelo menos aqui no Paraná o Governador não parece muito interessado no bem estar da periferia, então se você começar um movimento garanto que terá apoio de muitos como você, que ajudarão, indo nas comunidades e conversando com as pessoas, distribuindo muitos abraços e esbanjando simpatia para conscientizar sobre o risco da água parada.
      Usar a PM para reprimir? Devemos usar a PM para reprimir qualquer ato no Domingo também?

      • diferença que domingo nao e um dia comercial, o ato tenho certeza que foi pedido autorizacao antes diferente das manifestações ou melhor badernas causadas e so atrapalham quem depende das vias, e mais uma a maioria desses movimentos bancados pelo governo nem sabem o que estao fazendo ali exceto estar atrapalhando quem de verdade quer trabalhar

        • Então fica a dica para esses movimentos serem realizados somente no domingo, assim não atrapalha ninguém e certamente não receberá críticas como a sua!
          Claro que qualquer reivindicação por melhorias, seja qual for, perde força se forem ignorados. Isso porque não estou falando do movimento pró-impeachment ou a manifestação marcada para o dia 13.