Por Esmael Morais

Jeito tucano de governar: Beto Richa agora fecha universidades no Paraná

Publicado em 22/12/2015

Em reunião plenária do Conselho Universitário da Unicentro, ocorrida na manhã desta segunda-feira (21), ficou decidido, por maioria, pelo fechamento da instituição a partir desta terça-feira (22).

Segundo o reitor Aldo Nelson, o “fechamento da universidade será até a realização do pagamento, isso implica dizer que não é um fechamento só por hoje ou amanhã, é um fechamento a partir de amanhã.”

Ainda, segundo a reitoria: “todas as tratativas estão sendo feitas para que o problema se resolva ainda hoje, de forma a evitar a adoção da medida determinada pelo COU, o que geraria uma série de transtornos ao calendário acadêmico, em pleno vigor em razão da greve do primeiro semestre do ano, além de prejuízos a inúmeros pacientes atendidos nas clínicas de Psicologia, Fonoaudiologia, Nutrição, Farmácia, Fisioterapia, Órtese e Prótese e Medicina Veterinária. Caso a Secretaria de Fazenda libere os recursos para efetuar o pagamento, as atividades da instituição continuarão sendo desenvolvidas normalmente”.

Só que “funcionar normalmente” significa ter mais um ano em que o orçamento destinado à Unicentro não é integral. Em 2014, o governo deixou de repassar 40% das verbas de custeio previstas para o ano. O ano de 2013 já havia terminado com várias obras paralisadas e uma situação de não pagamento a fornecedores da universidade.

Além da Unicentro, o campus da Unespar de Paranavaí também ameaça não voltar às atividades em 2016 e o motivo também é a falta de repasses por parte do governador do Paraná.

É o jeito tucano de Beto Richa governar fechando escolas e agora também as universidades estaduais.

Com informações do Adunicentro.