Gleisi Hoffmann aponta vice-presidente como articulador do golpe

temer_dilma_gleisiA senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), em sua coluna semanal no Blog do Esmael, apontou nesta segunda-feira (7) o vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB), como integrante do movimento golpista que visa derrubar a presidente Dilma Rousseff (PT). Segundo a parlamentar, o peemedebista “está perdendo a razão para a possibilidade de assumir o governo”.

Gleisi, que deverá assumir a liderança do PT no Senado, até o final deste mês, afirma ainda na coluna que a oposição, capitaneada pelo PSDB, particularmente Aécio Neves,  “não se conforma com a derrota eleitoral” sofrida em 2014.

“Parte importante do PMDB, que nunca ganhou uma eleição presidencial pela disputa no voto, capitaneado por Eduardo Cunha e, ao que parece, apoiado pelo vice-presidente Michel Temer, um constitucionalista, defensor da institucionalidade, da legalidade, que está perdendo a razão para a possibilidade de assumir o governo”, escreve Gleisi Hoffmann, primeira autoridade próxima de Dilma a admitir o envolvimento de Temer no movimento pelo impeachment.

Entretanto, a senadora do PT afirma na coluna que “a expectativa é que sua posição [de Temer] seja externada firmemente nesta semana em defesa da Constituição, como tem sido sua praxe histórica”.

Comentários encerrados.