Em tempos de impeachment, deputado do PT “afrouxa a tanga” e ingressa no Partido da Mulher Brasileira

assis_pmb_toninhoO Partido dos Trabalhadores (PT), seção Paraná, perdeu 50% de sua bancada para outros partidos. Nesta sexta-feira (4) veio a público que o deputado Assis do Couto, da região Sudoeste, também afrouxou a tanga e deixou a sigla. O próprio parlamentar anunciou que ingressou no Partido da Mulher Brasileira (PMB).

Antes, no mês passado, Toninho Wandscheer, da região metropolitana de Curitiba, já havia “afrouxado o sutiã” ao comunicar que estava abandonando o petismo para também aderir ao novo PMB.

As duas defecções ocorreram no momento mais agudo da crise política envolvendo o PT e a presidente Dilma Rousseff, que sofre chantagem de impeachment no Congresso Nacional.

O PT elegeu 4 deputados, agora fica com apenas dois: Enio Verri e Zeca Dirceu.

A seguir leia a íntegra da nota oficial de Assis do Couto:

NOTA PÚBLICA

Agricultor familiar vinculado ao Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais, me filiei ao Partido dos Trabalhadores em 1987. A participação sindical e a ligação com os movimentos sociais da agricultura familiar conduziram-me a ingressar no partido que surgira como esperança à classe trabalhadora.

Havia absoluta identidade entre a minha história, o trabalho que desenvolvia, o que buscava e reivindicava, com o que defendia o Partido dos Trabalhadores.

Foi nesse cenário que por um longo período militei no PT. O Partido dos Trabalhadores é protagonista do louvável processo de superação da pobreza realizado no Brasil, alcançando a vitória de retirar o país do mapa mundial da fome (FAO/ONU).

Hoje, contudo, anuncio a minha saída da agremiação.

Adotei essa medida por entender que a mencionada identidade não mais se ajusta à postura atual do PT. E mais, venho suportando há algum tempo movimentos internos e desrespeitosos.

Em junho deste ano já havia subscrito, em conjunto com outros integrantes do partido, documento que apontava a necessidade de o PT promover ações destinadas a retomar o protagonismo que produziu inúmeras conquistas em favor do povo brasileiro.

Faço isso sem abandonar as convicções e propostas que pautam meu mandato. A defesa da agricultura familiar, do cooperativismo e dos pequenos municípios permanecem como prioridades de minha atuação.

Baseado em decisão proferida pelo Supremo Tribunal Federal na Ação Direita de Inconstitucionalidade n. 5398/DF, que concedeu o prazo de “30 (trinta) dias para detentores de mandatos eletivos filiarem-se aos novos partidos registrados no TSE imediatamente antes da entrada em vigor da Lei nº 13.165/2015”, estou agora filiado ao Partido da Mulher Brasileira.

Brasília/DF, 2 de dezembro de 2015.

Assis do Couto

21 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. I simply want to say I am just newbie to weblog and absolutely loved your page. Very likely I’m want to bookmark your blog . You absolutely have tremendous articles and reviews. Thanks a lot for revealing your blog site.

  2. São os ratos abandonando o navio, falta chegar à curitiba o ratão-mor, o molusco felpudo.Este partido que chegou a embalar, tal qual acalanto, os sonhos de minha mocidade; agora transformado em porta de cadeia.Metade está presa em Curitiba…outros muitos virão

  3. Boa decisão, e o deputado não afrouxou a tanga, pois aqui no sudoeste do PR, faz uns 6 meses que já havia divulgado a saída do deputado do PT, isso mostra que ainda existem bons políticos. Continuarei votando em ti, pois precisamos de deputados preocupados com os pequenos municípios. Não importa o partido, pois hoje que diferença existe entre PT,PSDB,PMDB.PP e outros tantos? Todos envolvidos em corrupção.

  4. Partido da mulher cheio de homens??? Começou bem, tinha tudo pra ser diferente mas já se igualaou!!! Mais do mesmo….

  5. Mais uma sigla de aluguel, jamais um partido sério, para o Fundo PARTIDÁRIO que de pouco além de 300 milhões subiu para quase 900 milhões, desperta a ganância de se abrigar em qualquer partideco, para continuar vivendo sem trabalhar e se valendo do erário!

  6. Mais um cagão que se sente pressionado pela mídia e abandona o barco que o elegeu várias vezes. Não vejo mérito nenhum. Pelo menos foi para um partido novo e não se filiou em alguns dos partidos “éticos” tipo o psdb, o dem ou o pmdb, como a Marta Suplicy.

  7. Mais um partido para receber as mordomias do dinheiro público e as escolas fechando.

  8. Engraçado: Partido da Mulher Brasileira ocupado (ou tomado de assalto?) por homens? Há somente duas mulheres deste partido no Congresso! É isso que chamo de oportunismo/safadeza!

  9. Olha eu conheço o trabalho do Assis aqui no Sudoeste, votei nele não pelo partido que ele estava.mas sim pela pessoa honesta e que trabalha muito pela nossa regiao, ele ter saído do PT , pra nós foi um alívio ,pois politicos honestos tem poucos e o Assis não poderia ficar num Partido que entristesse o Brasil, Parabéns sua decisão foi certa
    do PT

  10. todos nós brasileiros filhos de mãe brasileira viemos do partido de uma mulher brasileiro, mas quem é o pai?

  11. Este Assis Couto já era vários amigos meu que votaram nele hoje estavam indignados dizendo que na próxima eleição vão acabar com ele e que aqui na nossa cidade não faz mais dez votos.

  12. Este tal de Assis é um lobo maú que se passa de chapeuzinho vermelho . ta se achando muito ele e os pucha saco da cresol. Tudo o que ele conseguiu até hoje foi junto do partido dos trabalhadores. é mais um canalha oportunista.

  13. Deplorável ver um partido em acreditamos tanto hoje praticando a política do “salve-se quem puder”!

  14. Que Caráter ter GILMAR mendes ele e sempre foi 100% PSDB. Ai vem nos falar em Moral Etica um verdadeiro 100 ética. Qual supremo tribunal ele defende,isso é VERGONHOSO.

  15. * Enquanto temos um Judiciário partidário e corrupto.Sempre a uma nova razão para ter mais um Novo PARTIDO,que por NATUREZA nasse 50% ficha SUJA.CULPA da JUSTIÇA cem critério. Justiça vergonha.

  16. Tenho que concordar.
    Uns cinco partidos seriam suficientes para acomodar as menos de cinco ideologias assumidas. Os demais poderiam ser suprimidos ou juntados: pois o que fazem é mesmo um casamento por interesses.

  17. Ismael, que ótimo, o efeito Dilma está funcionando bem. O “doe a quem doer”, está realmente incomodando a alguns. Bom para o partido.

  18. Mais um partido neste Brasil???? Agora este da PMB – Partido da Mulher Brasileira. Só o que faltava para que estes abutres comecem a arrumar um outro poleiro para continuar mamado na teta gorda do governo. Eu sou contra a tantos partidos no Brasil. E deveríamos copiar os EUA, lá só tem dois Democratas e Republicanos e o negócio funciona muito bem, aqui eu já até perdi a conta de quantos tem e qual a força política de cada um, apesar que tirando o PT, PSDB e PMDB o resto é tudo filial deles e para que isso nos serve???? PARA NADA!!!!!

  19. Com 28 ou 29 siglas registradas, realmente nenhuma
    delas merece ser chamada de partido.
    São apenas amontoados de comparsas, parceiros e
    cúmplices, abrigados ou acoitados momentaneamente
    em uma sigla unidos por conchavos e interesses comuns.

  20. Enquanto formos obrigados a assinar cheque em branco
    para oportunistas, vigaristas, e traidores, teremos
    que engolir esse tipo de político podre.
    Pelo atual sistema eleitoral, na real, NÃO temos
    representante algum.
    Esses 2 vira-casacas representam apenas a eles
    mesmos, e seus próprios interesses.
    Alguém espera que melhore?
    Ps:- Esse mau hábito é inato a todos os políticos
    de todas as siglas, e as raras exceções só
    fazem confirmar a regra.

  21. Partido da Mulher Brasileira soa um pouco estranho… um pouco malicioso eu diria…