Dilma defende que Congresso fique sem recesso para resolver questão do impeachment

da Agência Brasil

congresso_dilmaA presidenta Dilma Rousseff disse hoje que defende a convocação do Congresso Nacional com o objetivo de não haver recesso parlamentar para que a situação criada com a abertura de processo de impeachment contra ela seja resolvida o mais rápido possível.

Ela disse que ainda não está definida de que forma se dará a convocação, mas disse que vai conversar com o presidente do Congresso Nacional, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), sobre o assunto. Na opinião de Dilma, “não é correto o país ficar esperando”.

“Não só prefiro que não haja recesso como acho que não deve haver recesso. Vivemos um momento em que não podemos parar o país até dia 2 de fevereiro”, disse. Segundo a presidenta, não seria justo que os parlamentares fossem convocados durante o Natal e o Ano Novo, mas a retomada e análise das pendências poderia ocorrer logo após as festas.

“Acredito que em uma situação de crise, com a política e econômica pela qual o país passa, seria importante que o Congresso fosse convocado. Pode ser por mim, pelo Senado”, disse. Sobre a pauta da convocação, a presidenta destacou que ainda é necessário avaliar, mas adiantou que deve entrar “tudo o que está pendente do processo de impeachment”.

“Acho que tem que sentar, fazer acordo, o que vai ser colocado nessa convocação”, declarou.

6 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Não havendo recesso, não haverá praia para os oposicionistas e é isto que importa. O Brasil que se dane! Oposição sem noção!

  2. É já Dilminha…já….
    E aproveita para dizer no ouvido do aécim..a palavra
    F U R N A S…..vem ai meu caro..só para começar.
    Agripino, feliz Natal, e no ouvido dele os 50 milhoes
    tu vazes o alerta..
    E levanta a taça e diz…A Suiça vai abrir as contas, não
    so do HSBC,,,,mais todas…
    Beijos, e que op Papai Noel sala para vocês AZUL…
    Senão terão pésadelos..

  3. Para mim não importa tanto o resultado pra A ou B.
    Importa resolver a política, e partir para as
    providências e cuidados com a economia.
    Vamos entrar em 2016, e o 2º governo Dilma ainda
    não começou.

  4. Nesse momento tão delicado de nossa vida republicana, fechar o congresso, me lembra DAQUELA PENSÃO QUE FECHAVA NA HORA DO ALMOÇO.

  5. Imaginamos se o barril estivesse a 100 pratas,ou se a copa não teria sido no brasil,i si EDUARDO CAMPOS não tivesse morrido,todos esses roubos estariam acobertados ????.SÓ o pt Pode aguentar isso,quem vive veras.

  6. Até estes dias o PSDB queria porque queria um rápido julgamento, agora que que a Dilma quer sair, quer agilizar o processo, pois se for de sair que saia de uma vez. Mas agora o PSDB só quer julgar o pedido em fevereiro. Parece birra de pia pançudo, e nessa lenga o pais fica parado até a metade do ano que vem, parabéns senador Aécio, você é um artista.