Deputada contrária ao Bolsa Família e primeira-dama de Curitiba batem boca nas redes sociais

marcia_vic

Deputada Maria Victória (direita) é filha do deputado federal Ricardo Barros (PP), relator do Orçamento de 2016, que lutou pelo corte de R$ 10 bilhões do programa Bolsa Família; ela também é filha da vice-governadora do Paraná, Cida Borghetti (PROS); Marcia Oleskovicz Fruet (esquerda), primeira-dama de Curitiba, é mulher do prefeito Gustavo Fruet (PDT), que vai à reeleição no ano que vem; Márcia defende a manutenção dos recursos no Bolsa Família; Maria Victória é pré-candidata à Prefeitura de Curitiba em 2016.

Nem o espírito de Natal está sendo capaz de segurar a troca de farpas entre a deputada Maria Victória (PP) e a primeira-dama de Curitiba, Márcia Fruet.

Tudo começou com a parlamentar defendendo corte no programa Bolsa Família em sua coluna publicada no Blog do Esmael. Para ela, o o governo federal “dá o peixe” ao invés de “ensinar a pescar”.

Márcia Fruet, mulher do prefeito Gustavo Fruet (PDT), rebateu Maria Victória pelo Facebook: “Dizem que temos que ensinar a pescar, não dar o peixe. Mas, quando já lhes tiraram o anzol, o barco, a vara, é preciso, sim, dar o peixe”, escreveu citando o ex-presidente uruguaio José Pepe Mujica.

Em carta aberta, Maria Victória observou que a primeira-dama de Curitiba “colocou a própria indignação acima da esperança”.

“Minha esperança de juventude jamais será derrotada por nada, nem por ninguém”, rebateu a deputado Maria Victória, que é pré-candidata à Prefeitura de Curitiba.

A seguir, leia a carta aberta de Maria Victória para Márcia Fruet:

“Minha opinião sobre o programa Bolsa Família na semana passada gerou repercussões de todo lado e de muita gente. Sinal claro de que esse assunto mexe com as pessoas e, por isso mesmo, deve ser debatido e esclarecido. Mas um ponto de vista, particularmente, me chamou a atenção: o texto divulgado pela primeira dama de Curitiba, Márcia Fruet, que colocou a própria indignação (contra o que entendeu ser a minha opinião), acima da esperança (de ser compreendida por mim em seus argumentos).

Respeito toda a experiência alegada pela Primeira Dama de Curitiba com os mais pobres e suas necessidades.

Sou jovem, sim, cara Primeira Dama Márcia, tenho 23 anos, mas aprendi desde muito cedo a não temer polêmicas e muito menos a emitir minha opinião. Tenho na convivência familiar, a liberdade de pensar. E, mais ainda, a coragem de discordar.

Pertenço a uma geração que começa a lutar por um argumento básico, esquecido pela grande maioria dos gestores públicos brasileiros, o que explica, em grande parte, a situação do Brasil atual: eficiência.

A política precisa, urgente e sem rodeios, de eficiência. A economia, idem. A Educação também. E, mais particularmente, cara Primeira Dama Márcia, cada centavo destinado à área social no Brasil, no Paraná e na prefeitura de Curitiba, precisa de “eficiência” acima de tudo.

Só assim iremos alcançar os mais pobres, os necessitados, aqueles que, como a senhora cita, não tem o anzol, o barco, a vara para pescar. E mais: os 500 anos de história do Brasil nos ensinaram que apenas a Educação com eficiência, a longo prazo, poderá aos filhos, netos, bisnetos dos pobres atuais a mínima chance de escaparem da miséria absoluta a que estão submetidos.

Portanto, peço desculpas à Senhora se não me fiz entender, falha decorrente, admito, da minha juventude. E volto a insistir: mesmo com o corte de R$ 10 bilhões no Bolsa Família, 65% dos recursos do programa, ou R$ 18,8 bilhões, serão mantidos, ou seja, dinheiro suficiente para atender as famílias que realmente precisam.

A própria Controladoria-Geral da União mostra que 61% das famílias beneficiárias possuem renda declarada compatível com o programa.

Dados que provam que com fiscalização adequada e eficiência na gestão, nenhuma família brasileira que realmente necessita, ficará sem o apoio da Bolsa Família.

Fora isso, vamos cair na vala comum dos que preferem trocar pequenos favores de hoje pelo voto de amanhã. Ou pior, usar o Bolsa Família como forma de corromper quem realmente não precisa.

Vamos ao debate real, minha cara Primeira Dama. É disso que o Brasil precisa. Vamos juntas, visitar as famílias que moram na periferia de Curitiba, como a dona Helena, a dona Rosa e o senhor Juarez lá da Caximba, a Terezinha e a Claudineia do Tatuquara e outras tantas famílias moradoras da Vila Pantanal, do Arroio na CIC, e do Uberlândia e ver a realidade em que vivem essas pessoas.

E, tenha certeza, minha esperança de juventude jamais será derrotada por
nada, nem por ninguém.

Maria Victória.”

98 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. I simply want to mention I am just newbie to blogs and honestly loved this web-site. Most likely I’m going to bookmark your blog . You absolutely come with awesome well written articles. Appreciate it for sharing with us your web-site.

  2. Minha cunhada tem meses que mora em Toledo cascavel. E ficou os meses sem receber o bolsa familia.tudo bem estava trabalhando. Mas já fazem mas de 4 meses e só recebeu umavez e ainda descontado.mora de aluguel e o bolsa familia dela foi ccortada . peço que verifique a situação dela vom duas filhas desemprega ela e o marido.e quer ir embora sem poder . peço ajuda para essa família obrigada

  3. A EDUCAÇÃO DA ALEMANHA É IGUAL A DO BRASIL???

    VOCÊ DEVERIA IR LÁ ENTÃO E VER PORQUE DÁ CERTO LÁ E NÃO AQUI.

    CULTURA MEU FILHO,DUAS CULTURAS DIFERENTES,ESTA HISTÓRIA DE QUERER COMPRAR PAÍSES É PRA QUEM NÃO TÊM ARGUMENTAÇÃO,ASSIM CABE PARA A VIOLÊNCIA POLICIAL,SAÚDE ENTRE OUTRAS QUESTÕES.

    AH,PORQUE A POLÍCIA BRASILEIRA É A QUE MAIS MATA EM RELAÇÃO A DA ALEMANHA,MAIS LÁ AS LEIS SÃO OUTRAS OUTRAS.
    VAI LÁ XINGAR UM POLICIAL PARA VER QUANTOS DIAS VAI PASSAR EM CANA

  4. Moro no Pantanal uma região muito pobre e nunca vi essa deputada lá, até mesmo porque ela prefere palavras do que atitudes. Fala muito essa menina, e sua família sim traz um prejuízo ao erário com todos os auxílios. Se liga garota.

  5. Parabéns Jovem deputada, você nos faz acreditar que ainda existe esperança para o nosso país. Penso que o bolsa família deveria cobrar rendimento da criança e não meramente a presença, mas isso é o que os petistas querem um burro alienado, sem conhecimento para que possam manipular. Parabéns também pela coragem, saiba que acaba de conquistar uma admiradora. Sucesso na sua carreira, muita luz!

  6. COMO A ALEMANHA TRATA OS MENOS AFORTUNADOS !!

    Lá foi introduzido o programa de auxílio social (Sozialhilfe) em 1961, que em 2005 mudou o nome para Arbeitslosengeld II.

    1 – Uma pessoa desempregada e sem aportes de renda receberá 347 euros caso não possa sobreviver sozinha nem receba ajuda de familiares.

    2 – Se cônjuges viverem em um domicílio sem rendimentos, o valor que a segunda pessoa receberá acrescido é de mais 312 euros.
    Essas despesas são previstas para auxiliar na garantia do direito à alimentação e ao vestuário.

    3 – O Estado também custeia as despesas com moradia, providenciando uma moradia popular e/ou pagando as despesas do aluguel diretamente ao locador.

    4 – O auxílio-moradia é determinado pelo número de moradores do domicilio. Em se tratando de um morador, o tamanho mínimo da moradia tem que ser superior a 45m². No caso de cônjuges, o tamanho mínimo será de 60m². Para cada filho será acrescido ao tamanho da moradia mais um quarto. Esse benefício contribui fundamentalmente para que não existam favelas no país.

    5 – Aliado a esses benefícios, está o pagamento de um seguro de saúde, pois, na Alemanha, não existe um sistema público de saúde como no Brasil ou na Inglaterra. O seguro de saúde custará em torno de 150 euros por pessoa.

    6 – No inverno, é pago ainda um auxílio calefação para esses beneficiários.
    Os benefícios prevalecem enquanto persistir a situação de carência material, sendo que cerca de 1/3 da população alemã recebe esse tipo de benefícios em algum momento da vida.

    7 – Cada pessoa recebe cerca de 750 euros (em torno de R$ 2 mil) por mês, estando desempregada ou não tendo condições de manter a própria subsistência. Um casal nessa situação receberá cerca de 1.370 euros.

    8 – Além desses benefícios, as crianças recebem separadamente, até atingir 14 anos, um benefício de 208 euros mensais, válido universalmente para todas as crianças do país, sejam elas pobres ou ricas.

    9 – Aos adolescentes, a partir dos 14 anos até os 25 anos e que moram com os pais, o benefício passa para 278 euros mensais.

    10 – O Brasil segue os passos que países desenvolvidos seguiram no combate à fome e à miséria. A diferença em relação ao Brasil é que o programa de auxílio social da Alemanha e nos demais países europeus é concebido como um direito, ou seja, acessível a todas as pessoas e famílias que dele necessitem.

    Prezado internauta, analise essa afirmação, e questione !

    Como duzem nossos reacionários:
    “O bolsa família, cria vagabundos!”
    Então a Alemanha, é uma fábrica de vagabundos !? É isso !?

    Continuando:

    O que são benefícios sociais !?!?

    Trata-se de transferências monetárias cobertas pelo Estado, cujo tempo de duração é limitado ou NÃO, dependendo da evolução financeira de cada familia!

    Além disso, seguindo os exemplos acima, fica evidente que o valor monetário transferido pelo Bolsa Família no Brasil deveria ser consideravelmente aumentado, além de ser garantido a todos que dele necessitem.

    Ademais, urge introduzirmos políticas de auxilio moradia aos beneficiários desse programa.

    Assim, estaríamos dando passos decisivos no combate à fome e à miséria.”

    Aqui no Brasíl, o nosso bolsa família, na educação, os pais beneficiados devem matricular as crianças de seis a 17 anos na escola; têm a.OBRIGAÇÃO de garantir a frequência escolar em pelo menos 85% das aulas.

    Já para as crianças e os adolescentes de 6 a 15 anos e de 75% para os jovens de 16 a 17 anos. as crianças devem tomar as vacinas recomendadas e participar da rotina de pesagem, medição e exames frequentes.

    Esses protocolos SÃO OBRIGATÓRIOS !!!

    As gestantes e mães que amamentam devem participar do pré-natal e comparecer a consultas médicas.

    Também são responsáveis pelo acompanhamento da saúde da mãe e do bebê após o parto e deverão participar das atividades educativas promovidas pelas equipes de saúde sobre aleitamento e alimentação saudável.

    O programa está sendo copiado pelo Japão, e a própria Alemanha está com técnicos em solo brasileiro, analisando o programa petista.

    Esse post é dedicado à todos os que condenam o bolsa família , sem terem A MÍNIMA NOÇÃO DO QUE FALAM !!

    • Como alguém tem coragem de comparar Brasil com a Alemanha? Inacreditável isso! Leia-se : O BENEFÍCIO É DADO PARA TODAS AS CRIANÇAS! INDEPENDENTE DE SEREM POBRES OU RICAS!
      Não mas quem é rico não precisa, diriam no Brasil!A maioria das pessoas que hoje tem um status melhor, os chamados ricos por vcs, lutaram muito para ter o que tem hoje! Com algumas excessões, empresários de sucesso hoje, vieram de muito baixo e trabalharam duro para terem o status que hoje tem! Ainda acredito que somente com muito trabalho é possível conquistar alguma coisa! Mas trabalhar pra que? Tem quem me dê!

  7. Na carta a mocinha até parece conhecer o Tatuquara, o Cachimba, o Pantanal.Só porque sabe alguns nomes, não significa que conheça. Quero ver se aparece no Tatuquara onde trabalho, porque até agora nem sombra dela por lá.
    E candidata vai dar as caras, mas pode vir que estou esperando e levo ela nos locais que é preciso. E de lambuja levo também nos locais do Pantanal e Caximba se quiser. Deixa comigo. kkkkkkkkkkkk

  8. Se o povo paranaense aprendeu a votar a partir de tudo que está aprendendo ultimamente essa mocinha não se elege mais.
    O Paraná vem fazendo más escolhas há muito tempo, já é mais que hora de mudar.

  9. As duas vivem mamando nas tetas oriundas da hereditariedade política.
    Agora este negócio de bolsa voto TÊM QUE ACABAR MESMO!!!
    Vejamos Curitiba,recebe dinheiro de tudo quanto é lugar e na atual gestão da FAS diga-se esposa do prefeitinho fajuto,a população de rua, na grande maioria são de drogados e punguistas.

    A cidade de Curitiba, nas mãos desta Marcia e Fruet,virou um abrigo a céu aberto.

    Uma bagunça!!!

    Lugares onde é impossível passar devido ao cheiro de urina,a drogaditos a luz do dia e a sexo em baixo de cobertores.

    Uma lástima esta gestão !!!

  10. ao mesmo tempo que ela fala em cortar bolsa familia, vota a favor do auxilio de 10 mil aos juíses… algo esta errado.

  11. Uma madame votou no “Bolsa Família” para juízes e não adiantou muito e o titio foi em cana.
    A outra madame o marido acabou com os berçários e ela guarda um silêncio ensurdecedor, sério que se preocupam com a educação e os pobres?

  12. Fim dos tempos, duas madames falando de pobreza, Curitiba não merece isso.

  13. O papai é DEP federal e defensor do gângster do cunha, a patricinha ai é deputada estadual e é contra o bolsa família que na maioria das vezes é a única renda dos pobres.Mas e ai pessoal os dois se elegeram por passe de mágica? Claro que Não foram eleitos pelas mesmas pessoas que votaram no pia de prédio e no Aécio pó. Graças ao bom Deus fomos salvos do pior pela maioria do povão porque vou dizer a vocês no quesito votar mal e eleger estas malas os paranaenses só perdem para os paulistas.alguém ai discorda?

  14. Essa “bem nascida” sem noção das agruras do povo, que nunca usou transporte coletivo, que viveu no exterior bom tempo de sua experiente juventude, vem falar em mérito?

    QUE MÉRITO TEVE EM SUA ELEIÇÃO??? Veio de carona na plutocracia da nababesca famiglia.

    Queria vê-la tentando se eleger por MÉRITOS PRÓPRIOS

    poupe-nos Maria!

  15. 23 anos, são só 23 anos.

    just a little girl.

    • falando sério, parece que a maioria não percebe ou não querem perceber que, o que foi explicitado simplesmente nega a quem por pesquisa feita que o corte só alcançará a quem está recebendo de modo irregular.No mais questionar se a deputada é nova ou não,não cabe o julgamento e sim a realidade nua e crua como em todos benefícios sociais existem os espetinhos tirando direito de quem realmente precisa.ok?

  16. A filhinha de papai erra até do ponto de vista capitalista. Maior imbecilidade não existe. O beneficiário do Bolsa Família gasta seu dinheirinho (sim, o valor é pequeno mas, para o pobre, representa muito) nos mercadinhos da periferia adquirindo principalmente produtos populares. Pela lógica capitalista, o Bolsa Família é um excelente negócio. É dinheiro público reforçando o comércio e a pequena indústria. Em resumo, a filhota do deputado honestão deve ser contra os pequenos comerciantes e a indústria além de ser contra os pobres. Burrice pouca é bobagem…

  17. Tem que acabar com esse bolsa esmola. Porque não dão mais empregos para quem precisa? Esse programinha não passa de um sustenta vagabundos, só deveria ser para quem não pode trabalhar por algum tipo de deficiência ou problemas de saúde.

  18. “dá o peixe” ao invés de “ensinar a pescar”. Então o que ela faz como deputada, já que pegou os esquemas todo mastigado do pai e da mãe, no mínimo contraditório.

  19. UM exemplo de UNIÃO,ainda bem que o DIABO veste preto e não paga SALÁRIO.só cobra os pecados.o caminho mais fácil.

  20. Então mimada Victória, vc sabe muito bem como pescar, através do grande esforço pessoal e méritos chegou onde chegou. Deputada brilhante, batalhadora, sempre humilde, veio de baixo sem ajuda de ninguém e está ai nos representando dignamente. Parabéns a Rainha do faz de conta, para quem mama nas tetas gordas do governo desde o tempo do Império. Eita rebelde de condomínio, não teve medo de críticas e emitir opiniões, mimada de uma figa. Sai deste mundinho, desta redoma de vidro e vai ver a vida real, do pobre, da periferia, talvez isso não mude em nada o modo que vê o mundo, por que, quem nunca passou dificuldades não entende o que é ganhar uma merreca que servira para comprar, talvez a única refeição do dia.

  21. ahhh, vá…, quem leu o primeiro texto fraquinho da deputada e agora lê este pensa até que foi feito por outra pessoa…Não deve ter saído da mesma cabeça fraquinha.

  22. A maria derrota é vazia e sem conteúdo a marcia fruet é uma primeira dama que nada FAS o marido gustavo fruet acabando e prejudicando principalmente os pobres e márcia fruet que se diz de esquerda fica caladinha e não faz uma criticazinha as atitudes desastrosas e danosas do seu esposo prefeito.

  23. Quem ‘e essa Marcia? Quais os servicos importantes prestados por ela? Distribuir comida aos famintos TODAS fizeram. Qual programa devemos lembrar dessa militante da FAS apos 2016?

  24. Pelo amor de deus alguém tampe a boca ou tome a o laptop de 5 mil dessa menina mimada, pois só fala bobagem. Discussão e debate só existe quando as duas partes conseguem ser ouvidas e chegam a um consenso. Pois bem não foi isso que aconteceu no dia do massacre aos servidores públicos. Se não teve coragem de dialogar aquele dia, e ajudou a permitir que parte do povo paranaense fosse massacrado, então, não tem moral nenhuma pra discutir ou emitir sua opinião, volta pra Europa que é o melhor que vc faz, o povo do paraná não precisa de gente igual a vc, seu pai e sua mãe, demagogos e mentirosos.

  25. corrigindo “aproximadamente”

  26. Uma deputada deturpada !!!
    O avô e o pai foram prefeitos em Maringá.
    A deputada deturpada recebe dos cofre públicos salário e benefícios acima de 56 mil reais mensal.
    mais 13°.
    O pai´deputado federal recebe dos cofres públicos 77 mil reais .
    A mäo é Vice-Gvernadora, deve ter um salários acima de 20 mil: portanto a familia unida tira dos cofres públicos por mes aprocimadamente 166 mil reais.
    A deputada deturpada come Brioche no Café da manhä, almoca filé Mignon e janta caviar. Usa perfume Frances, veste roupas de marcas e vem reclamar dos 77 reais que uma pobre crianca recebe para comer um päozinho Frances ? Vem deiscutir comigo deputada deturpada, vem ?

  27. Maria ainda foi educada ao dizer “ensinar a pescar”, isso já está mais nítido que o sol do meio dia, é compra de votos SIM. Seria algo digno de aplausos em pé – eu mesmo seria um desses, se cada um que recebesse o Bolsa Família, entregasse seu Titulo de Eleitor para ser cancelado por periodo correspondente ao do recebimento do benefício. Isso o PT não quer, porque será?

  28. Minha reação diante desse texto: KKKKKKKKKKkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Quem conhece a mocinha Maria “mictoria” pensa até que é piada kkkkkkk
      Essa ai vai ganhar um creme de oleo de peroba no natal, pois em termos de cara de pau ganha até do Pinóquio.

  29. Depois das bordoadas que levou de todo lado ainda insiste nesse assunto?? Ainda tem a cara de pau de dizer que recebeu manifestações de apoio kkkkkk Ah, recebeu sim, do titio preso, do papai, da mamãe… Não fique perdendo tempo aqui deputada, vá pescar… fritar um ovo… lavar uma louça … pra ver se aprende alguma coisa da vida. De política e programas sociais você não entende nada kkkkkk

  30. NAS ENTRELINHAS SERIA O SEGUINTE:

    “Sou jovem bilionária, sim, cara Primeira Dama Márcia, tenho 23 anos, mas aprendi desde muito cedo a não temer polêmicas e muito menos a emitir minha opinião. Tenho na convivência familiar de elite, a liberdade de pensar. E, mais ainda, a coragem de discordar. Quem tem dinheiro na contagem dos bilhões pensa, fala e faz o que quiser.
    Pertenço a uma geração que começa a lutar por um argumento básico, esquecido pela grande maioria dos gestores públicos brasileiros, o que explica, em grande parte, a situação do Brasil atual: eficiência baseado na origem, na fama e no poder dos bem nascidos.
    A política precisa, urgente e sem rodeios, de eficiência de endinheiradas como eu. A economia, idem. A Educação também. E, mais particularmente, cara Primeira Dama Márcia, cada centavo destinado à área social no Brasil, no Paraná e na prefeitura de Curitiba, precisa de “eficiência” de milionários e bilionários que estão acostumados a lidar com dinheiro acima de tudo.”

  31. O brasil precisa cobrar 50% de imposto de quem ganha acima de 10 mil reais por mês e doar para os pobres.

  32. Kkkkk piada está menininha é simples esculachar este tipo de político só não votar mais neles .sabe nada de cultura está boba.

  33. Auxilio moradia de R$ 4.000,00 para os judiciário, a deputada não fala nada

  34. Míseros 0,5% do PIB nacional, desperta a ira de políticos ladravazes que só olham para o umbigo! Bando de pulhas!

  35. Esta criatura deve sofrer de amnesia,só pode, virou persona non grata pelos professoras, o posicionamento dela de ignorar o ataque aos professores no Centro Cívico votando favor do Projeto de Lei que incluiu mais de 33 mil aposentados e pensionistas ao fundo da Parana Previdência, revoltou a categoria. não venha com discursos vazios na tentativa de ser eleita Prefeita de Curitiba, meu voto você não terá, “Maria Antonieta Paranaense” desconhece totalmente as necessidades básicas dos mais necessitados.

  36. A “nobre deputada” escreveu contrariamente ao bolsa família defendendo a posição do “papai” Ricardo Barros.
    Gostaria de saber se ela também defende o voto do papai a favor do Presidente da Câmara Eduardo Cunha?
    Maria Victória = lixo político = vergonha para Maringá e região!!!

  37. Maria Victoria comete várias falácias na sua argumentação.

    Vejamos:

    Argumentum ad Populum: Como muita gente refutou sua ideia a respeito do bolsa família, deduziu que a bolsa família deve ser questionada.

    Circulus in Demonstrando: Assumiu que, como sua ideia foi debatida, então sua ideia tem valor para ser debatida.

    Argumentum ad Nauseam: Pensa que dizendo, repetidamente, que o bolsa família deve ser questionado, então ele deve ser questionado.

    Audiatur et Altera Pars: A deputada omite a importância e o peso de sua opinião como premissa da grande repercussão negativa que teve aqui neste blog para reforçar que a discussão é importante. Exemplo: Se eu, um reles mortal, afirmar que Hitler foi um benfeitor da humanidade, pouco repercussão isso terá. No entanto, se uma deputada estadual afirmar o mesmo, terá grande repercussão. Mas isso não significa que a afirmação mereça ser debatida.

  38. Ficou muito evidente que foi outro assessor da “cara deputada” que escreveu o texto. Uma coisa não dá pra negar, esse conhece um pouco melhor de gramática rs. Mas, por Deus, nos poupem de tanto engodo. Convidar a primeira dama pra conhecer a realidade da periferia?? Como se a nobre deputada um dia na vida tivesse pisado numa favela. Por favor, menos rsrsrs Esse discurso não convenceu ninguém.

  39. Quando um um pais ostenta uma percentagem elevadíssima de concentração de renda ao invés da distribuiçao mais justa das riquezas, em tais situações torna-se imperiosa a ajuda tanto da sociedade como dos governos.Assim sendo a Bolsa Família é obrigação moral! Qualquer outro discurso sera dos que perderam o sentido de humanidade.

  40. Se ela conhecesse o bolsa familia, saberia que é uma ferramenta que ensina a pescar sem deixar passar fome… Pensando bem… Nem assim entenderia

  41. Sem muita conversa, jamais dar um voto para esta infâme famiglia BARROS!

  42. Parece que a grande maioria não entende as discussões e fica falando asneiras. O que a deputada quer dizer e, com absoluta certeza, é a opinião da maioria é que esmolas vitalícias não é solução e sim aumentar o problema. Claro que ajuda quem mora na favela, entretanto, não resolve, apenas empurra o problema com a barriga. Será que existe gente tão incompetente que não consiga se qualificar para cortar uma grama, arrumar uma casa, trabalhar como doméstica ou diarista e ter seu salário ganho com dignidade? Defendem esta situação atual só os demagogos que, por absoluta incompetência, não conseguem dar a educação, as creches, etc. para que todos tenham uma vida honesta e digna, sem esmolas.

    • Concordo em gênero, número e grau com vc! Em nenhum momento ela falou em acabar com o Bolsa Esmola. Mas em cortar isso daqueles que o utilizam e não precisam! Destinar isso àqueles que REALMENTE precisam. A ideia dela é ótima: investir em educação para que quem ganha essa esmola do governo não precise mais pois estará ganhando seu salário de forma honesta e digna! Quem acha que ela é desumana, são aquelas pessoas que estão acostumadas a ficar em casa, sentadas e ganhando tdo dos outros de forma fácil. Claro, vão perder suas regalias e vão ter que trabalhar! “Ah não deixe que os ricos trabalhem, os coxinhas trabalhem, eu ganho do governo” Ah me poupem seu bando de vagabundos! Vão procurar o que fazer! Seus alienados!

      • A gente também entende que o AWanderley e a Vanessa tem que defender essa tese ridícula pra não perder as regalias na assessoria da deputada não é?? Ah, me poupem, seu bando de assessores coxinhas, ficou muito evidente kkkkkkkkk
        Vão procurar o que fazer! Uma sugestão: vão pescar e levem junto a deputada.

        • Augusto querido, se vc acha que eu tenho algo a ver com política está muito enganado. Sou professora, lutei pra me formar, estudei muito pra passar em um concurso e tudo que eu tenho foi batalhado. Tudo ganho com meu suor e esforço. Ao contrário de pessoas(como vc talvez) que acham que os outros tem obrigação de lhes dar tudo de forma fácil. Que a sociedade cruel não lhes dá oportunidade. O que falta pra pessoas assim é um bom servicinho! e talvez umas boas varadas pra ver se se espertam pra vida! Vão trabalhar! Bando de vagabundos! É fácil dizer que os outros tem regalias do governo…hahahah faz me rir…olhe pro seu próprio umbigo antes de falar….bolsa esmola nada mais é do que o antigo voto de cabresto. E pega muito asno por aí!

    • A maioria também não entende porque a deputada é contra o bolsa família de 77 reais mas votou a favor do auxílio moradia de 4 mil para os juízes. Explica essa AWanderley. Pra mim isso que é asneira….

    • COMISSIONADOS DETECTED! Isso aí muito bom, migalha, miséria, esmola? esses são os adjetivos que vocês usam para o dinheiro que uma probre mãe utiliza para comprar o leite de seu filho pequeno, espero por Deus existindo o inferno vocês vão para ele, esse é o cúmulo e o mais baixo que um ser humano pode chegar em relação ao amor a seu próximo!

      • Luciano, vc acha que se existissem creches suficientes para essa mãe deixar seu filho para poder trabalhar e tivesse qualificação, essa mãe não poderia estar trabalhando e ganhando realmente um salário? Digno de uma familia? É esmola sim pq é uma merreca que não dá pra nada! É o resto do resto. As migalhas, as sobras que dão pra essas pessoas! Não consigo entender como vcs não percebem a manipulação desse governo medíocre com esses “favores”!

  43. Essa patricinha ainda continua falando merda. Deus, livre Curitiba das garras dessa gente. Deputada, aqui é Curitiba, não Maringá onde o coronelismo da sua família controla a cidade há décadas. AQUI NÃO!!!!!!!!

  44. Ela provavelmente não teve nem um único voto do bolça.só da BURGUESIA.

  45. …essa Victoria ganhou td pronto…. será que sabe algo ????jovem burguesa que não imagina o que é viver com menos do mímnimo…

  46. CARA deputado pode-se criar um projeto lei de sua autoria de quem recebe o BOLÇA não vota,sua ariol.

  47. Vem esta moçoila falar em educação? Por que ajudou a arrebentar com a educação do Paraná? Ponhe teu MB ariz vermelho e saia deste lugar que é público, por que de deputada VC não entende nada mesmo. Que educação ela quer que haja no Paraná? Perdeu o rumo mesmo…

  48. Fora Maria Derrota!
    Vá batalhar pelo seu pão, menina mimada. Ou se preferir andar de camburão.

  49. Mais uma do bando do CAMBURÃO,LIXO humano.

  50. Vixe!!! Independente da opinião das moças sobre o assunto, que admite ao menos duas teses diametralmente contrárias, adoraria ver um debate verbal entre ambas. Nem precisa ir p Las Vegas no UFC!

  51. Foi frustrante votar no Fruet (para nos livrarmos da gang do Beto Richa) e passada a eleição, ele e a irmã sumiram do Facebook e da mídia… até parecia que Curitiba não tinha prefeito e estão ressuscitando agora que se aproxima a eleição…. MAS, essa deputadazinha representante da elite, que já votou com a turma do camburão contra os professores…
    Que acha que o tio (preso por propina) e o pai (contra o uso de verba pública para os pobres e defensor do CUnha) são exemplo de família de credibilidade e voto…
    Está nos chamando de idiota…
    Nem todo jovem trás avanço para a política… pois para mim a sra Victória é sinônimo de conservadorismo, coronelismo familiar, demagogia e produto refugável do atual modelo político.
    O povo curitibano não é ingênuo para tanto.

  52. ELA NÃO VAI FALAR DO PAI DELA QUE APOIOU O BANDIDO EDUARDO CUNHA !!

  53. O que vc tem de linda , falta na compreensão seus planos é acabar com os pequenos que lutam para sobreviver e beneficiar sua classe. Modelo igual a do desgovernador beto, tirou dos trabalhadores da educação para beneficiar o judiciário.
    Laia dos Barros , Cunha PSDBtraira.

  54. RICARDO BARROS NAO UM DAQUELES CARAS QUE VOTARAM CONTRA O AUMENTO DOS APOPSENTADOS???????????????,,HUMMMMMMMMMMMM

  55. O eleitor não pode ter memória curta! Banir do meio da política estes políticos(as) anti-socialista, no Brasil não pode mais voltar a ditadura e política só pra favorecer os grandes.

  56. Me impressiona esta deputada ser candidata de Curitiba! Não consigo compreender tamanha discrepancia, pq nao se candidata a prefs de Maringa para continuar o reinado do reicardo.
    Este estado esta tomado por coroneis da politica e essa é apenas mais uma…

  57. A liberdade de pensar da deputada tem nome: DINHEIRO PÚBLICO. Como base do governo do Paraná ela troca a liberdade de pensar pela cumplicidade financeira com um governo incompetente e injusto, o qual pauta suas decisões em negociatas. Vergonha essa vazia ser do parlamento.

  58. Até parece que ela se preocupa com os mais pobres, ela faz parte da vala comum, da bancada camburão, que foi conivente, cúmplice do confisco do Prprevidenvia. Educação? A deputada faz parte dessa bancada camburão q nao moveu um dedo contra o espancamento de professores e alunos.

  59. Porque essa deputada não critica o bolsa aluguel de R$4.000.00 que os juizes, desenbargadores, conselheiros do tribunal de contas ganha todo mes, aonde eles tem já o ótimo salario de R$27.000,00 !! Ja começou muito mal

  60. Como essas patricinhas burguesas gostam de falar em meritocracia e eficiência quando se trata de pobreza, enxergando a selva de cima com todo conforto de uma tipica burguesinha imbecil, mas não adentro nela!! Enxergar a miséria alheia de longe e fazer juízo de valor é fácil sua tola, queria ver você vivenciando uma condição de vida desfavorável, sem possibilidades de melhoria social ou profissional, com filhos para criar e se submetendo aos caprichos do mercado de trabalho!!!

  61. Destacando a primeira ‘Dama’ de Curitiba? kkkkkkkkkkkkkkkkk
    A única coisa que Ela e seu Marido sabem fazer, é falirem e quebrarem uma prefeitura que até então era uma Capital modelo.

  62. Concordo com a 1dama de Ctba, pois qdo se nasce com tudo favorável e fácil dizer que não se pode dar o peixe. Ainda mais qdo sei primeiro emprego e de deputada empurrada pela família de latifundiários. Assim é fácil falar em começar a ensinar a pescar num ateaso de mais de 500 anos

  63. Se Maria Vitoria acha que deve acabar com o bolsa familia que é uma merreca ela deveria refletir sobre o seu salário, pois o salario de um deputado deveria ser um salário minimo tava bom.

    • O salário da deputada, da mãe, do tio, do pai que recebem uma fortuna dos nossos impostos.
      Esse dinheiro dado aos políticos é sim um dinheiro mal gasto. Já que deputados não são eficientes no seu trabalho.

  64. Tire todos os confortos desta deputadazinha mande ela morrar na favela por 60 dias ai sim ela pode falar do bolsa família . político criado sem causa e com dinheiro não presta.menininha de prédio não sabe nada da pobreza.

    • tomoiu hahahahahahaha mais um, imbecilzinho que gosta de vomitar meritocracia hipocrita!!!

    • Luiz, você acha mesmo que a menininha tem estatura para dar lição de moral em alguém?

    • Você com esta frase curta e sem conteúdo deveria entender um pouco mais de Politicas Sociais e saber quem realmente é um estadista ou um Politico de Carreira.

    • Luiz Fabiano, bem bobo você, né!!!
      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  65. ela debate com a primeira dama, mas nao tem coragem de debater com os internautas vermelhos, pois nós somos cascas grossas. Maria vitoria é direitista e através de engodos tenta enganar os incautos, tente um concurso de miss, patricinha de maringá.

    • A deputada do camburão foi mais uma que votou favorável ao auxílio-moradia de 4 mil reais pra juízes. Alguém ainda deseja discutir Bolsa Família com esta garota?

    • Maria Victoria mostrou a que veio, na greve dos professores.Votou contra a classe trabalhadora.Ela vai continuar fazendo isso , sempre.Pobre, pra ela, serve somente para subir em suas costas.

    • Maringá? Ela nunca apareceu por aqui, somente depois que voltou da “Chuiça” onde estudava e mantinha as contas dos pais, e pedir votos, tão somente. Fica com ela por aí em Curitiba, onde morou com os avós.