Por Esmael Morais

Coração de pedra, Richa demite 30 mil professores na véspera do Natal

Publicado em 21/12/2015

“Estamos mobilizando a categoria PSS para não repor as aulas se não houver prorrogação. Não vamos trabalhar sem contrato”, avisou o professor Eduardo Strada, do Colégio Marcilio Dias, município de Bandeirantes, no Norte do Paraná.

De acordo com informações preliminares, os atuais contratos PSS serão encerrados no dia 31 de dezembro; os professores demitidos não serão aproveitados na reposição de 2016; e o acerto rescisório será realizado em janeiro, contemplando proporcional de 1/3 de férias e 13º salário.

Leia também:

Richa enseba para prorrogar contrato de 30 mil professores PSS, mas quer rapidez na prorrogação do pedágio