Por Esmael Morais

Com histórico de exploração de trabalhadores, Wal-Mart fecha lojas “Big” e “Mercadorama” no Paraná

Publicado em 30/12/2015

No comunicado à imprensa, a empresa alega que está fechando lojas de “fraco desempenho” e que parte dos trabalhadores deve ser reaproveitada em outras lojas.

Mas o fechamento das unidades neste período de festas e recesso judiciário chama a atenção. Fato bizarro é que a segurança das loja que vão fechar foi reforçada como se a empresa temesse alguma reação dos trabalhadores perante ao desrespeito como estão sendo descartados.

A Wal-Mart é uma multinacional dos Estados Unidos mundialmente conhecida pelas grandes lojas e pelo recorrente desrespeito aos direitos dos trabalhadores. Até recentemente, executivos da empresa reclamavam que não havia mão de obra suficiente para trabalhar nas lojas, mas agora os trabalhadores estão “sobrando”.

Com a palavra o Sindicato dos Trabalhadores, o Ministério Público do Trabalho e o Tribunal Regional do Trabalho.

Com informações do blog Gazeta do Povo