Coluna do Jorge Bernardi: Até quando Cunha violentará impunemente a República?

cunha

Em sua coluna deste sábado, o vereador Jorge Bernardi (REDE) fala das maracutaias do deputado Eduardo Cunha (PMDB), que preside a Câmara Federal. Segundo o vereador, o pedido de impeachment formulado por Hélio Bicudo e Miguel Reale Junior deu a Cunha uma arma de chantagem para manipular o governo e a oposição, desviando o foco das denúncias que pendem contra ele próprio. Leia, ouça, comente e compartilhe. 

Download

Jorge Bernardi*

A que ponto chegou a decadência ética e moral das instituições políticas brasileiras! A Câmara dos deputados está sendo presidida por Eduardo Cunha, um político imoral, que tem dinheiro sujo da corrupção, em contas secretas na Suíça, e que ameaça impunemente a República. E o que é pior, os poderes públicos acompanham estarrecidos e inertes as arbitrariedades deste homem, o terceiro na linha da sucessão presidencial.

De onde vem tanto poder de Eduardo Cunha? Certamente de um grupo de deputados de vários partidos, seus aliados, a maioria envolvidos em fraudes e atos de corrupção. Depois de aceitar o impeachment da presidenta Dilma, para tirar o foco dos crimes que responde na Justiça, Cunha deitou e rolou com manobras e medidas arbitrarias atentando contra o as instituições democráticas.

Já ter aceito o pedido de impeachment baseados nas supostas pedaladas fiscais praticadas pelo governo Dilma neste ano, foi um ato de vingança Cunha ao PT retirou o apoio julgamento no Conselho de Ética. Com a nova meta fiscal aprovada no Congresso, desapareceu o argumento das pedaladas fiscais. O impeachment baseado nestes argumentos soa como golpe.

Aliás o pedido de impeachment assinado por Hélio Bicudo, fundador do PT, e Miguel Reale Junior, ex-ministro da Justiça de Fernando Henrique Cardoso, mancharam irremediavelmente os currículos destes juristas. O pedido de impeachment deu a Cunha a arma para que ele precisava para chantagear situação e oposição, que ele usou com maestria como num jogo de baralho, ora trucando de um lado, ora de outro.

E se prosperar o impeachment quem vai governar é o temível Temer. Fala-se que, com ele, haverá um grande acordão, quem foi pego até agora na Lava Jato, vai para a cadeia, os demais estarão salvos. Será o fim deste processo de assepsia da política brasileira, e a profecia do procurador Delton Dallagnol, se concretizará. Tudo não terá passado de um sonho numa noite de verão.

Investigar se o dinheiro da corrupção da Petrobras, Caixa Econômica, usina nuclear, obras públicas e etc, foram usadas na campanha de Dilma e Temer, desequilibrando e fraudando a vontade popular, ali está o verdadeiro caminho. O papel cabe a Justiça Eleitoral apurar os fatos e punir os culpados e não ao Congresso, com muitos de seus membros enlameados até o pescoço.

O Brasil é grande demais para viver sob a chantagem e as falcatruas de Cunha e seus aliados. Já é hora de varrer da vida pública, todos os “petralhas” que infernizam este país.

*Jorge Bernardi, vereador de Curitiba (Rede), é advogado e jornalista. Mestre e doutorando em gestão urbana, ele escreve aos sábados no Blog do Esmael.

9 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Infelismente o Brasil; Digo os brasileiros estão tão obcecados pelo impeachment que não estão vendo os estrangeiros aproveitando a briga e comprando empresas no brasil que são verdadeiras minas de dinheiro, e com o dolar alto pagam micharias : ou vocês acharam que o tio são gostou de o brasil ter uma refinaria dentro de seu pais, se foi super faturada pior ainda, eles investigam a fifa, mais não investigaram a “passadina”
    — PENSEM NISSO ….

  2. Não demora e logo logo ele vai tomar na Cunha.

  3. Democracia dói. Creio que após mais este episódio, o eleitor saiba melhor escolher. A corja representa o que existe de mais condenável, a anti política.

  4. A única diferença entre Fernandinho Beira-Mar e o Eduardo Cunha é que o Cunha roubou mais dinheiro do que o Beira-Mar.

  5. Sob o comando do Cunha estamos vendo a pior face do congresso,sempre soubemos que uma grande parte nunca valeu nada .Mas o que estamos assistindo ao longo de 2015 é inaceitável.

  6. Até quando continuarem, os setores da ultra direita e os que considero golpistas, a martelarem a Cunha. Cunha tem uma finalidade, que é a de “peça de metal ou madeira dura cortada em ângulo agudo, us. para fender pedra ou madeira, bem como para calçar, nivelar ou ajustar objetos” – (conforme dicionário Houaiss). No exército, colocávamos os soldados em forma de cunha, uma das formas do pelotão de ataque. Parece-me que estão abrindo os olhos a tal criatura, os próprios golpistas já lhe abandonam no meio do caminho. Aguardemos pois as tornozeleiras que, contra petistas, vai numa velocidade da luz, contra bandidos da ultra direita, no botão “tartaruga” igual tem em tratores. José Dirceu, dois processos, duas prisões. José Cerra, 17 processos, nenhuma prisão. Tem coisa muito errada nessa “república” de bananas.

  7. Até quando tiver Dilma como refém.

  8. Até quando a justiça federal decidir decretar sua prisão conforme fez com o senador Delcídio do PT. Motivos tem de sobra para isso…