Coluna do Alvaro Dias: Manifestações foram um “esquenta” impeachment

impeachment

Em sua coluna semanal. o senador Alvaro Dias (PSDB) defende a legitimidade das manifestações a favor do impeachment da presidenta Dilma Rousseff (PT). Para o senador, mesmo com baixa adesão, os protestos foram válidos e haverá outros momentos para o enfrentamento nas ruas na medida que o processo de impedimento avançar no Congresso Nacional. Leia, ouça, comente e compartilhe. 

Download áudio

Alvaro Dias*

Os brasileiros voltaram às ruas no último domingo para protestar contra o governo e exigir o impeachment da presidente da República. As manifestações devem ser valorizadas, independentemente do número de pessoas que participaram. Foi um protesto espontâneo, improvisado, uma espécie de “esquenta” impeachment.

É um equívoco desvalorizar os protestos usando o argumento de que o número de pessoas diminuiu em relação a manifestações passadas. O ato não contou com apoio dos governos federal, estaduais, e não teve o apoio de estruturas administrativas e entidades, como sindicatos, centrais sindicais e movimentos sociais. A voz das ruas foi genuína, espontânea e veio de uma parte lúcida da população que quer o impeachment imediato da presidente Dilma Rousseff.

A população brasileira é inteligente e tem muita noção de timing; por isso sabe exatamente qual é o momento para o enfrentamento nas ruas. E eu acredito que, assim que avançarmos no processo de impeachment — quando estivermos mais próximos da decisão — a manifestação será gigantesca nas ruas do País.

O governo tenta reduzir os protestos pró-impeachment a uma queda de braço entre o presidente da Câmara e a presidente da República, mas não é isso que movimenta a opinião pública brasileira. Apesar do desrespeito flagrante ao povo brasileiro com os procedimentos inusitados adotados na Câmara, o conjunto da obra é que leva a população a desejar o impeachment

Os brasileiros, na sua maioria como atestam as pesquisas de opinião, têm pressa em mudar. A paciência se esgotou, e a população não quer esperar 2018 para fazer as mudanças. Mais do que substituir quem preside o País, as ruas querem substituir esse modelo promíscuo, corrupto e incompetente de governança.

A redução do número de pessoas nas ruas não diminuiu o tamanho da indignação. O movimento pode ter sido menor, mas foi afirmativo, pacífico e importante para dar a largada a novas manifestações populares que ocorrerão no País.

*Alvaro Dias é senador pelo PSDB e líder da Oposição no Senado Federal. Ele escreve nas quartas-feiras para o Blog do Esmael sobre “Ética na Política”.

26 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. http://www.vermelho.org.br/noticia/272314-1 senador, eu sou adversario politico seu, e já o critiquei por nao ter dito nada sobre Eduardo Cunha, com esse link venho dizer que finalmente v. excia resolveu dizer algo sobre isso, antes tarde do que nunca!

  2. Senador , agradeça a este site e ao povo progressista e de centro-esquerda que permite você emitir suas opiniões. Nós damos valor a liberdade, algo que a tua corrente partidária quer acabar. Com certeza em blogs e sites de cunho conservador não passaríamos nem perto. Diga-se de passagem, não fazemos questão.

  3. senador, soube que o senhor fará a mais recente temporada do incrivel Hulk, pois ficou Verdinho, kkkkkkkk, dizem que o senhor será bruce banner. e que o alexandre frota será o hulk? é isso mesmo?

  4. Pois é, temos pressa em mudar; tipo ‘nunca-mais-usar-jatinho-de-doleiro-em-campanha-eleitoral-e-ter-conta-paga-por-prefeitura-corrupa’.

    Não sei como o Hugo aguenta esse falso moralista.

  5. Olha Ismael :pobre que apoia o PSDB,é a mesma coisa de barata apoiar inseticida!

  6. Parece piada essa coluna, quanta cara de pau numa pessoa só.

  7. meu deus..achava que não havia mais óleo de peroba á venda no Brasil..mas ainda restou um frasco e o Senador se encarregou de usá-lo todo de uma vez…kkkk.. PSDB(osta) nunca mais… o Paranaense com medo do PT se enterrou no PSDB…

  8. Prezado chefe do ataque da cavalaria de 88: só serve de esquenta esse ajuntamento de coxinhas, se eles sentarem no fogareiro aceso!!!

    ??????????

  9. Muito engraçado não? Quando as manifestações obtiveram grande adesão, a discussão se pautava no numero massivo de pessoas. Agora como o tiro saiu como um peido de véia, a quantidade já não importa mais. A esquerda golpista usa as palavras que lhe convêm para tentar acabar com a democracia, abre teu olho “ex-desgovernador” o povo não acredita mais nessa historia contada na cartilha dos tucanos.

  10. O famoso Catão dos Pinhais!

    Exemplo para o atual governador: Péssimo governador e depois um senador ainda pior!

    Nem para fazer o serviço de leva e trás da globo golpista serve mais!

  11. Senadorzinho, recolha-se em sua ignorância!

  12. “Esquenta” não é quando uma coisa vai ficando mais quente? O que aconteceu esse ano não foi justamente o contrário? O termo correto, nobre senador tucano que fretava avião do Youssef, claro, isso “não vem ao caso”, seria “esfria”.

  13. Continue falando quem sabe até o senhor vai acreditar nessa desculpa. Agora me diga, de que adianta dar o golpe e deixar esse bando de ladrões? E até quando PSDB vai ser protegido?

  14. O grande problema é que qualquer um que substitua será a mesma coisa. Todos os partidos políticos estão podres. Não temos de fato uma democracia. Partido político virou um negócio. Um negócio para morder um pedaço em corrupção, conseguir cargos comissionados, mordomias e benefícios. O Temer este junto com todos os podres do país nas últimas décadas. Não foi ainda envolvido em maracutaia, mas quem sabe.

  15. a populaçao branca que só le e ve a a mesma merda de midia que o senhor, o senhor assumiu o golpismo mesmo, senador.

  16. Caro($$$) Senador,
    Se me perguntassem como avalio o governo federal, a minha resposta seria ruim (precisa concertar muita coisa), mas NÃO SOU A FAVOR DO IMPEACHMENT, não quero que uma pessoa que até o momento não tem nada que desabone o seu caráter, para colocar no lugar os Cunhas, Temers, Paulinhos da Força, Aécios e dar-lhes a certeza de que eles são proprietários do País, que nessas terras eles são Reis e mandam e desmandam. Inclua-se na lista caro($$$) Senador.

  17. que tal falar do que esta acontecendo com o seu governador? impitiman para ele também? a desculpe senador, desculpe minha burrice, o governador é do PSDBosta e ai tem azinhas de anjo e não pode ser acusado de nada, francamente senador não encontro mais palavras para mostrar minha indignação com suas palavras.Por que não te calas?

  18. Mas , é o Álvaro Holiday ?

  19. Bom… o que falar de um dos piores governadores do Paraná, só não pior que o Beto Hitler (são ambos do PSDB). nunca mais ganhou para um cargo executivo e agora quer apoiar o golpe. vai “dormir” Alvaro Dias!

  20. Pelo jeitão o Alvaro vai trocar de sexo bem antes de trocar de partido.

  21. Esmael, faça um enquete sobre quem deve ser seus colaboradores. Acredito que o acima seria defenestrado, “impichetado” pelos seus leitores.

  22. Isso é o que não ter o que falar.
    E essa nulidade foi governador do estado.
    Realmente é um ser de todo desprezível.

  23. Nem sequer o nobre senador acredita nesse mantra: Manifestações foram um “esquenta” impeachment
    O povo acordou e não quer mais ser manipulado pelos golpistas.

    • O mais engraçado é que todo esse povo que apoia o impeachment e o cunha na presidência da câmara é em grande parte os que respondem pela maioria dos processos no supremo, tudo ladrão de marca maior querendo bancar de santinho.