Candidatos de Dilma vencem em São Paulo e Curitiba, diz Paraná Pesquisas

Pelo cenário das eleições paulistanas, Dilma emplacará o aliado Russomanno assim como poderá reeleger o prefeito curitibano Gustavo Fruet (PDT), que também lidera a disputa pela prefeitura da capital do Paraná.

Pelo cenário das eleições paulistanas, Dilma emplacará o aliado Russomanno assim como poderá reeleger o prefeito curitibano Gustavo Fruet (PDT), que também lidera a disputa pela prefeitura da capital do Paraná.

Passado o susto do impeachment, aos poucos, a presidente Dilma Rousseff (PT) vai reconstituindo e reagrupando suas forças políticas no Congresso e na política real visando às eleições municipais de 2016.

Segundo o instituto Paraná Pesquisas, candidatos aliados à petista poderão vencer as eleições do ano que vem nos importantes municípios de São Paulo e Curitiba. Embora o PT deva ter candidaturas próprias em ambas, Dilma constrói palanques duplos nessas cidades.

Na capital paulista, de acordo com sondagem realizada entre os dias 17 e 20 de dezembro, o deputado Celso Russomanno (PRB) lidera a corrida com 36,1% das intenções de voto. Em segundo lugar, vem a senadora Marta Suplicy (PMDB) com 14,1%.

O apresentador José Luiz Datena (PP), em terceiro, tem 13,7%. Na quarta posição, com 9,9%, de acordo com a Paraná Pesquisas, está o prefeito Fernando Haddad (PT).

O instituto Paraná Pesquisas entrevistou 1.040 eleitores paulistanos e a margem de erro é de 3%.

Pelo cenário das eleições paulistanas, Dilma emplacará o aliado Russomanno assim como poderá reeleger o prefeito curitibano Gustavo Fruet (PDT), que também lidera a disputa pela prefeitura da capital do Paraná.

A seguir, leia a íntegra do relatório da sondagem da Paraná Pesquisas:

http://www.esmaelmorais.com.br/wp-content/uploads/2015/12/SP_PRpesquisas_DEz2015.pdf

Comentários encerrados.